REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/11145
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorLima, Rosana Nogueira de-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4796444J5por
dc.contributor.advisor1Ag Almouloud, Saddo-
dc.date.accessioned2016-04-27T16:57:56Z-
dc.date.available2007-11-07-
dc.date.issued1999-04-29-
dc.identifier.citationLima, Rosana Nogueira de. Resolução de equações de terceiro grau através de cônicas. 1999. 173 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1999.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/11145-
dc.description.resumoEste trabalho teve por objetivo estudar métodos geométricos e algébricos de resolução de equações de terceiro grau, observando as vantagens e desvantagens de cada um. Para isso, construímos uma seqüência didática, enfatizando o método geométrico de Omar Khayyam, matemático árabe do século XII. Foi feita uma pesquisa histórica, e este método foi escolhido por utilizar o quadro geométrico, quadro este pouco explorado em sala de aula. Utilizamos, também, na seqüência, a fórmula de Cardano e o dispositivo de Briot-Ruffini para resolver equações cúbicas. Aplicamos nossa seqüência a dois grupos. O primeiro, formado por quatro alunos do curso de Ciência da Computação da PUC-SP. O segundo, formado por alunos da terceira série do Ensino Médio, do Colégio Vera Cruz; no início, contávamos com 32 alunos, ao final, eles eram em número de 6. A abstenção, ao final da aplicação, se deve, principalmente, à época em que a seqüência foi aplicada. Com resultados obtidos, vemos que o quadro geométrico dificilmente é usado pelos alunos ao tentar resolver um problema. O método de Omar Khayyam foi considerado o mais prático deles, pois pode ser usado para qualquer equação cúbica. A fórmula de Cardano causa problemas aos alunos que não conhecem números complexos e o dispositivo de Briot-Ruffini só pode ser usado quando a equação que se quer resolver tem uma raiz inteira. Os alunos perceberam, também, que podem escolher que caminho seguir, para resolver uma equação de terceiro grau, dependendo de seus coeficientes. Além disso, o quadro geométrico, agora, é levado em consideraçãopor
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/24365/dissertacao_rosana_lima.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentEducaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemáticapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEquacoes cubicaspor
dc.subjectMetodo geometricopor
dc.subjectQuadro geometricopor
dc.subjectMatematica -- Estudo e ensinopor
dc.subjectEducacao matematicapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::MATEMATICApor
dc.titleResolução de equações de terceiro grau através de cônicaspor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dissertacao_rosana_lima.pdf726,18 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.