???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11605
Tipo do documento: Dissertação
Título: Reificação e totalidade à luz de história e consciência de classe (1923) de György Lukács
Autor: Almeida, Roberto Ribeiro de 
Primeiro orientador: Valverde, Antonio Jose Romera
Resumo: A presente dissertação pretende aprofundar os estudos do fenômeno da Reificação e sua relação com a categoria Totalidade, delimitando a abordagem à luz das concepções esboçadas em História e Consciência de Classe (1923) de György Lukács, elaborada mediante coletânea de pesquisa bibliográfica, arquitetada para apontar os efeitos decorrentes do fetichismo da mercadoria como mediadora das relações sociais (coisificação), constitui uma realidade específica e aparentemente intransponível para quem vive sob capitalismo moderno. Com a homogeneização do modo de produção capitalista, sob a égide da crescente especialização e da racionalização mecanizada do processo de trabalho, a humanidade foi organizada para produzir e satisfazer suas necessidades mediante o intercâmbio de mercadorias, colocando os indivíduos, que passaram a se relacionar como coisas, numa condição de enfrentamento e contemplação de suas atividades. A presente pesquisa traz as concepções e vicissitudes de uma obra em contexto, cujo cerne era mostrar que o desvelamento das formas fetichistas da estrutura da mercadoria, causaria ao proletário, a consciência de sua condição de classe, a partir da qual poderia apreender a totalidade histórica da realidade social, a questão do partido como mediador dessa consciência ativa, e com isso estabelecer referenciais legítimos de uma ação revolucionária, para além das concepções reificadas de transformação social, e com isso, como diz Lukács, conduzir a humanidade a uma etapa mais elevada do seu desenvolvimento, com a apropriação e controle consciente da produção, que somente será possível com a abolição do modo de produção capitalista
Abstract: This dissertation intends to further study the phenomenon of reification and its relation to the category Totality, outlining the approach in the light of the concepts outlined in History and Class Consciousness (1923) by György Lukács, prepared by collection of literature, architected to point the effects of commodity fetishism as a mediator of social relations (reification), constitutes a specific reality and seemingly insurmountable to those who live under modern capitalism. With the homogenization of the capitalist mode of production, under the aegis of increasing specialization and rationalization of the mechanized work process, mankind has been organized to produce and meet their needs through the exchange of goods, placing individuals, who have to relate to things, a state of confrontation and contemplation of its activities. This research presents the views and vicissitudes of a work in context, the heart of which was to show that the unveiling of the ways the structure of the commodity fetish, the proletarian cause, the consciousness of their class condition, from which it could grasp the whole historical of social reality, the question of the party as mediator of active consciousness, and thereby establish benchmarks legitimate revolutionary action, beyond the reified conceptions of social transformation, and thus, says Lukacs, lead humanity to a higher step of its development, with ownership and conscious control of production, which is possible only with the abolition of the capitalist mode of production
Palavras-chave: Divisão do trabalho
Racionalismo
Reificação
Totalidade
Capitalismo
Division of labor
Rationalism
Reification
Totality
Capitalism
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Filosofia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Almeida, Roberto Ribeiro de. Reificação e totalidade à luz de história e consciência de classe (1923) de György Lukács. 2012. 111 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11605
Data de defesa: 18-May-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Roberto Ribeiro de Almeida.pdf766,12 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.