Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11634
Tipo do documento: Dissertação
Título: Educação e teoria dos afectos de Spinoza à luz da leitura de Gilles Deleuze: da consciência moral à existência ética
Autor: Iafelice, Henrique 
Primeiro orientador: Ferrari, Sônia Campaner Miguel
Resumo: Este trabalho procura investigar a teoria dos afectos de Baruch Spinoza à luz da leitura de Gilles Deleuze. O encontro com estes dois filósofos abre novas e diferentes perspectivas para se pensar a Educação, e também a cultura, que estejam menos submetidas com as forças majoritárias do poder. A moral baseada na impotência do homem, ou seja, na produção e no investimento de afectos passivos, reativos e tristes impõe valores e comportamentos que, em última instância, funcionam muito bem para a formação de subjetividades alinhadas à obediência e ao controle. Denunciando toda ordem moral, Gilles Deleuze nos fala da Filosofia (ou da ética) como um exercício de pensamento cuja função é traçar uma linha de fuga. Ele nos apresenta Spinoza como o príncipe dos filósofos, criador da ética da potência que vai de encontro com todas as diferentes formas de filosofia moral, baseadas na obrigação, no dever e na culpa
Abstract: This work investigates the theory of affects presented by Baruch Spinoza in the light of the reading of Gilles Deleuze. The meeting with these two philosophers opens new and different perspectives to think about education and culture as well, which are less subject to the major power forces. The morality based on the man s impotence, in other words, in the production and investment of passive affects sad and reactives - imposes values and behaviors that ultimately work very well for the subjectivities formations aligned to obedience and control. Denouncing every moral structure, Gilles Deleuze speaks of philosophy (or ethics) as an exercise of thought whose function is to drawn a line to flight. He presents Spinoza as the prince of philosophers, ethics of potency s creator that goes against the different forms of moral philosophy, based on the obligation, the duty and guilt
Palavras-chave: Afecto
Ética
Moral
Educação
Poder
Potência
Affection
Ethics
Moral
Education
Power
Potency
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Filosofia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Iafelice, Henrique. Educação e teoria dos afectos de Spinoza à luz da leitura de Gilles Deleuze: da consciência moral à existência ética. 2013. 93 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11634
Data de defesa: 30-Set-2013
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Henrique Iafelice.pdf1,04 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.