Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11635
Tipo do documento: Dissertação
Título: Misticismo e apofaticidade em A Nuvem do Não-Saber de um escritor anônimo do século XIV
Autor: Chadan, José Paulo Coelho Faradji 
Primeiro orientador: Nascimento, Carlos Arthur Ribeiro do
Resumo: O trabalho que o leitor tem em mãos, trata da minha dissertação de mestrado acerca do tema da contemplação na Nuvem do Não-Saber. A Nuvem do Não-Saber é uma obra que data do medievo tardio (séc. XIV), tendo sido escrita provavelmente por um monge cartuxo, como modo de ensinar a um jovem em torno de vinte e quatro anos, acerca da vida contemplativa. Na obra, o autor compara a vida contemplativa a duas importantes personagens bíblicas: em primeiro lugar, compara-a a Maria, que tendo recebido Jesus em sua casa, senta-se a fim de, paciente e atenciosamente, ouvi-lo, diferentemente de Marta (sua irmã), que se apressa em preparar-lhe a refeição. Em segundo lugar, mas tão importante quanto, compara a vida contemplativa a Moisés que, com muito esforço, sobe ao cume do monte e vê ali, uma grande nuvem. A passagem de Maria reporta-se ao Evangelho de S. Lucas, no capitulo 10, versos 38- 42, já a passagem de Moisés reporta-se ao livro do Êxodo, no capítulo 24. Maria é contraposta a sua irmã Marta. Esta, representando a vida ativa, e aquela, a vida contemplativa. Já Moisés é contraposto a Aarão. Este, representando a pessoa que, sem muitos esforços e por divina graça, chega à perfeita contemplação assim que o quer, e aquele, só o consegue depois de muitos esforços. Abordamos então, os três graus de ascensão à vida contemplativa: a via purgativa, a via progressiva e a via contemplativa ou apofática. O primeiro grau, respectivo à vida ativa, e o terceiro grau, respectivo à vida contemplativa, sendo o segundo grau, intermediário (partícipe) tanto da vida ativa quanto da vida contemplativa. A vida ativa, sendo a vida vivida segundo as obras corporais de misericórdia e caridade e a vida contemplativa, sendo a busca do espírito em unir-se a Deus, por meio do silêncio, da solidão e do desejo amoroso
Abstract: The dissertation wich the reader has in its hands concerns my master dissertation about the contemplation in the Cloud of Unknowing. The Cloud of Unknowing belongs to the late medieval period (XIV century), and was probably written by a cartusian monk, as a method of teaching a young man, probably around twenty-four years old, about the contemplative life. In his writing, the author compares the contemplative life to two important biblical figures. First he compares it to Mary, that having received Jesus in her house, listens to him patiently, unlike Martha, her sister, that goes about preparing his supper. Next the author compares contemplative life, to Moses, wich with a lot of effort, climbs to the top of the mountain and sees a great cloud. Mary´s passage reports to the gospel according to Luque chapter 10, verse 38-42. Moses passage belongs to the book of Exodus, chapter 24. Mary is compared to her sister Martha. The first one represents the contemplative life, while the second one represents an active life. Moses is compared to Aaron, the last one representing a person wich with little effort and by divine grace contemplates the lord, while the first one is only capable of the same with a lot of effort. We approach the degrees of ascension to the contemplative life: the purgative path; the progressive and the contemplative one. The first degree refers to the active life while the second one refers to the active and contemplative lifes. In its turn the third level relates only to the contemplative life. The active life, being the path lived according the works of mercy and charity, as well as contemplation. Is the search of the spirit becoming closer to God through silence, solitude and loving desire
Palavras-chave: Marta
Maria
Vida ativa
Vida contemplativa
Contemplação
Nuvem do não-saber
Martha
Mary
Active life
Contemplative life
Contemplation
Cloud of unknowing
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Filosofia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Chadan, José Paulo Coelho Faradji. Misticismo e apofaticidade em A Nuvem do Não-Saber de um escritor anônimo do século XIV. 2013. 94 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11635
Data de defesa: 27-Set-2013
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Jose Paulo Coelho Faradji Chadan.pdf366,74 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.