Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11688
Tipo do documento: Tese
Título: A ordem da participação: Eric Voegelin e a ontologia do ser finito
Título(s) alternativo(s): The order of participation: Eric Voegelin and the ontology of the finite being
Autor: Cleto, Marcelo de Souza 
Primeiro orientador: Perine, Marcelo
Resumo: A teoria da participação elaborada pela ciência dialética, pressupõe o sentido ontológico do intermediário, conceitualmente chamado pela tradição antiga da filosofia de metaxy. Na contemporaneidade o debate sobre as propriedades do conceito adquiriu relevo epistemológico em função das reflexões efetuadas pelo filósofo e cientista político Eric Voegelin. A exegese da obra do autor dimensionou sua ontologia primada pela substância política do humano, que encontra no intermediário o nexo causal de sua participação nas demais dimensões do ser (daimon, cosmos e sociedade). Após o exame da participação mútua no interior da comunidade do ser a tese apresenta a problemática da modernidade da metaxy, que realçada no contraste com a gnose, coloca a termo via historiogênese a tensão entre verdades. A vitória de uma representação da verdade culminou numa história da ordem, explanada desde as experiências representativas da tradição grega arcaica como os mitos (Hesíodo) e os ritos (Dionísio). O trajeto da investigação valoriza a história, a crítica ao positivismo e as diferenciações vindas à luz através do desenvolvimento da arqueologia, fato que tornou possível o tratamento específico de experiências que retroagem ao período noético. A hipótese da superabundância ontológica do ser finito foi confirmada segundo a lógica do idêntico e do diferente, desdobrada em suas continuidades e descontinuidades que vão desde o caráter evocativo e transcendente dos símbolos até a intencionalidade presente nas filosofias de Anaximandro e Heráclito
Abstract: The theory of participation developed by the dialectical science assumes the ontological meaning of the intermediate conceptually called by the ancient tradition of metaxy philosophy. In contemporary times the debate on the concept of property got an epistemological relief according to the reflections made by the philosopher and political scientist Eric Voegelin. The author s interpretation of the work scaled its ontology prioritized by the political substance of the human, which finds in the intermediate causal nexus of its participation in the other dimensions of the being (daimon, cosmos and society). After examining the mutual participation within the community of the being the thesis presents the problems of the modernity of metaxy, which highlighted in contrast with the gnosis, puts the term via historiogenesis the tension between truths. The victory of a representation of the truth culminated in a history of order, explained since the representative experiences of archaic Greek tradition as myths (Hesiod) and rites (Dionysus). The route of the investigation enhances the history, the criticism of positivism and the differences brought to light through the development of archeology, a fact that made possible the specific treatment of experiences that are retroactive to the noetic period. The hypothesis of ontological plethora of finite being is confirmed following the logic of the identical and different, unfolded into its continuities and discontinuities ranging from the evocative and transcendent character of symbols to the present intentionality in the philosophies of Anaximander and Heraclitus
Palavras-chave: Eric Voegelin
Teoria da participação
Intermediário
Metaxy
Política
Theory of participation
Intermediate
Policy
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Filosofia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Cleto, Marcelo de Souza. The order of participation: Eric Voegelin and the ontology of the finite being. 2015. 165 f. Tese (Doutorado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11688
Data de defesa: 3-Set-2015
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcelo de Souza Cleto.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.