???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11747
Tipo do documento: Dissertação
Título: "A nostalgia do impossível: realidade humana e falta ontológica em L'être et le néant": (um estudo sobre a ontologia-fenomenológica de Jean-Paul Sartre)
Autor: Yazbek, André Constantino 
Primeiro orientador: Muchail, Salma Tannus
Resumo: À luz do arcabouço teórico existencial de L'être et le néant: essai d'ontologie phénoménologique - obra magna de J.P. Sartre -, pretende-se abordar a gênese ontológica da realidade humana enquanto "nulificação" e falta ontológica, assim como as manifestações e as conseqüências oriundas da paixão humana fundamental em se metamorfosear em transcendência hipostasiada, isto é, em tomar-se Ser Em-si-Para-si: querer-se Ser consciência e, ao mesmo tempo, projetar-se Ser pleno e acabado, de densidade infinita e sem fissuras. Donde se inscreve aquilo que Sartre qualifica como "falsificação existencial", a saber, a Má-fé, uma vez que tal desejo revela-se ontologicamente irrealizável. Desse modo, o trabalho pretende reproduzir criticamente a questão da ininterrupta busca do Ser que anima a dimensão do humano no universo filosófico de Sartre. Para tanto, a partir de uma leitura centrada em L 'être et le néant, mas também calibrada por diversos textos do autor - inclusive os que pertencem à sua obra literária -, há que se promover uma reconstituição do itinerário filosófico do autor, que será devidamente acompanhada de cuidadosa interpretação e confrontos diversos. Como parte desta tarefa, faz-se primeiro uma retomada das fontes filosóficas do pensamento sartreano - neste sentido, procura-se expor os matizes correspondentes em especial às filosofias de Hegel, de Husserl e de Heidegger, e que se encontram subjacentes às linhas de seu ensaio de ontologia-fenomenológica. Posteriormente, devemos nos deter sobretudo nas páginas de L 'être et le néant em que o filósofo investiga as dimensões essências do Ser e do Nada, do Ser "substancial" e do Ser da consciência, bem como às passagens que se referem à Má-fé, para que, ao final, se possa articular a questão da alteridade entre o Ser Em-si e o Ser Para-si com a busca desenfreada da realidade humana pelo fundamento de seu próprio Ser- dessa feita, espera-se desvelar o ponto nevrálgico do edifício ontológico de Sartre, que não é senão a consideração da irremediável falta de Ser enquanto o signo da realidade humana, bem
Palavras-chave: Consciencia
Dualismo e existencia
Ontologia
Fenomenologia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Filosofia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia
Citação: Yazbek, André Constantino. "A nostalgia do impossível: realidade humana e falta ontológica em L'être et le néant": (um estudo sobre a ontologia-fenomenológica de Jean-Paul Sartre). 2003. 351 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2003.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11747
Data de defesa: 1-Dec-2003
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andre Constantino Yazbek.pdf15,12 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.