???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11876
Tipo do documento: Dissertação
Título: O discurso de cuidadoras sobre o paralisado cerebral institucionalizado: reflexões sobre identidade
Autor: Amorim, Adrijane Alves de
Primeiro orientador: Friedman, Silvia
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo conhecer a concepção que cuidadoras de uma Instituição (as responsáveis pelos cuidados diários de crianças e adolescentes institucionalizados com paralisia cerebral de grau severo) têm dessas pessoas e da paralisia cerebral, para refletir sobre a possível implicação dessa concepção na formação da identidade desses paralisados cerebrais. Com este intuito, foram entrevistadas nove cuidadoras de uma Instituição. As entrevistas foram transcritas e analisadas, a partir do procedimento de categorização de conteúdos, de acordo com BARDIN (1994). Os resultados, de forma sintética, revelam que os paralisados cerebrais são concebidos como seres aprisionados e estáticos, sem liberdade de movimento, totalmente dependentes, eternamente crianças que se comunicam, embora com dificuldade, e podem compreender parcialmente o outro. Por um lado, são vistos como seres aparentemente neutros e inertes, por outro, como seres possuidores de subjetividade e sentimentos como o de birra, de amor, de raiva, de revolta, apresentando potencial de desenvolvimento variável. As imagens que as cuidadoras têm deles são tanto mais favoráveis quanto maior é o seu potencial de comunicação. As cuidadoras revelam que uma imagem inicial dos paralisados cerebrais como seres inertes, sem mentalidade, transforma-se, com o convívio, para o de seres cheios de subjetividade, afetividade e algum potencial de desenvolvimento
Abstract: This research has the aim to know the conception that diligents of an Institution (the answerable for the daily care of children and teenagers who are in the institutions with cerebral paralysis in a severe degree) has of these people and of the cerebral paralysis, to think the possible consequence of this conception over the constitution of these people s identity. Nine diligents of an Institution were interviewed with this purpose. The interviews were reproduced and analysed, from the contents of classification proceeding. According to BARDIN (1994). The results, in a summarized way, reveal that people with cerebral paralysis are understood as imprisioned and motionless beings, without movement liberty, completely dependents, forever children, that can communicate however with some difficulties, and are able to partialy understand the others. On the one hand, they are seen as indifferent and inactive beings, on the other hand, they are seen as people who have subjectivity and feelings like wilfulness, love, angry, indignation, showing a varied development potential. The more they are able to communicate the more the diligents think about them in a fortunate way. The diligents tell that the first image they have about people with cerebral paralysis as inactive, lacking of mind, after some time living together, changes to an image of people full of subjectivity, emotionality and the diligents can see they also have some development potential
Palavras-chave: cuidadores
identidade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Amorim, Adrijane Alves de. O discurso de cuidadoras sobre o paralisado cerebral institucionalizado: reflexões sobre identidade. 2000. 209 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11876
Data de defesa: 30-Mar-2000
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adrijane Alves de Amorim.pdf904,63 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.