???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11907
Tipo do documento: Dissertação
Título: Dislexia: inconsistências e incongruências sob o olhar da literatura específica
Autor: Felix, Tatiana Emanuela Rangel 
Primeiro orientador: Freire, Regina Maria Ayres de Carvalho
Resumo: A dislexia nomeia uma entidade bastante comentada e, ao mesmo tempo, cheia de controvérsias, entre os profissionais que lidam com crianças com dificuldades na aprendizagem da leitura e escrita. Fonoaudiólogos e psicopedagogos apresentam concepções diferenciadas quando se deparam com crianças que não aprendem a ler e escrever. Para alguns, não há patologia mas, para outros, a criança disléxica está impedida, pela doença, de aprender como as outras. Objetivo: Verificar as inconsistências e incongruências presentes no conceito/definição, na avaliação/diagnóstico e no tratamento/intervenção da dislexia, presentes na literatura específica de duas áreas clínicas particulares, a Fonoaudiologia e a Psicopedagogia. Método: Levantamento e resenha da literatura específica sobre a dislexia, em artigos publicados nos anos de 2001 até 2011, em periódicos brasileiros indexados nas bases de dados SciELO e LILACS. Para a busca foram utilizados os descritores: dislexia, aprendizagem, distúrbio de leitura e escrita e disgrafia. O corpus final foi composto por 44 artigos, 30 dos quais escritos por profissionais da área da Fonoaudiologia e 14 por profissionais da área da Psicopedagogia. Resultados: Foi observado que dos 30 artigos publicados na Fonoaudiologia, 25 autores abordaram o conceito da dislexia, 30 abordaram o diagnóstico e apenas 12 abordaram sobre tratamento. Na Psicopedagogia foi observado que dos 14 artigos publicados 11 autores abordaram sobre o conceito da dislexia, 12 abordaram o diagnóstico e 2 sobre o tratamento. Conclusão: Sugere-se que tal cenário seja devido à hegemonia de uma linha de argumentação que tende a apagar as vozes dissonantes e que uma escuta para essas vozes poderia levar a mudanças importantes para ambas as áreas, de forma a esclarecer e instrumentar adequadamente os professores em relação à Dislexia, desfazendo, efetivamente, as inconsistências e incongruências identificadas
Abstract: The dyslexia entity is a well commented issue, and at the same time full of controversies, among the health professionals who deal with children with reading and learning difficulties. Speech therapists and educational psychologists have different points of view while facing the dyslexia theme and students who cannot read and learn the same way others do. For some professionals, there is no pathology, but for others, the dyslexic children are prevented, by the illness, to learn like the others do. Objective: To investigate the inconsistencies and incongruities in the specific literature about the concept/definition, evaluation/diagnosis and the treatment involving Speech Therapy and Educational Psychology private clinics while dealing with dyslexia. Method: Research and literature review about dyslexia using articles published from 2001 to 2011 in Brazilian journals indexed in the databases LILACS and SciELO. The keywords used were dyslexia, learning, reading and writing disorder. The final corpus was composed by 44 articles 30 written by speech therapists and 14 by educational psychologists. Results: 25 out of the 30 articles written by speech therapists presented the concept of the dyslexia, 30 offered the diagnosis and only 12 mentioned the treatment. 11 out of the 14 articles written by educational psychologists mentioned the concept of the dyslexia, 12 the diagnosis and 2 presented the treatment. Conclusion: It is suggested that such a scenario is due to the hegemony of a line of argument that tends to overwhelm the voices of dissent and that listens to these voices could lead to important changes in both areas, in order to clarify and tools and teachers in relation to dyslexia, undoing, effectively, the inconsistencies and discrepancies identified
Palavras-chave: Dislexia
Distúrbio de leitura e escrita e aprendizagem
Dyslexia
Association learning
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Felix, Tatiana Emanuela Rangel. Dislexia: inconsistências e incongruências sob o olhar da literatura específica. 2011. 86 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11907
Data de defesa: 28-Oct-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tatiana Emanuela Rangel Felix.pdf655,09 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.