???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11910
Tipo do documento: Dissertação
Título: Distúrbio de voz e capacidade para o trabalho em docentes: um estudo caso-controle
Título(s) alternativo(s): Voice disorder and work ability in teachers: a case-control study
Autor: Alves, Nassara Luiza Lanzoni 
Primeiro orientador: Ferreira, Léslie Piccolloto
Resumo: Introdução: grande ocorrência de distúrbios vocais é constatada em docentes, provavelmente pelo uso intenso da voz em condições desfavoráveis de trabalho, o que é determinante para a perda de capacidade para o trabalho. Objetivo: analisar a associação entre a presença de distúrbio de voz e capacidade para o trabalho em docentes do sexo feminino da rede municipal de ensino de São Paulo. Métodos: Estudo caso-controle em que os casos (167) foram representados por docentes com alteração de voz constatada em avaliação perceptivo-auditiva da voz realizada por fonoaudiólogo e perceptivo-visual de pregas vocais realizada por otorrinolaringologista. Os controles (105) foram selecionados nas mesmas escolas dos participantes do grupo de casos, sem constatação de alteração nas avaliações descritas anteriormente. Todas as docentes responderam dois questionários: Condição de Produção Vocal Professor (CPV-P) para caracterização da amostra, e Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT), para analisar as questões de capacidade para o trabalho. Na análise estatística foi verificada a confiabilidade do instrumento pelo coeficiente de alpha de Cronbach. Foi realizado teste qui-quadrado, com correção de Yates, para determinar a associação entre as variáveis de cada dimensão do ICT e a presença do distúrbio de voz e análise de regressão logística univariada e múltipla para estimar os fatores associados independentes para o distúrbio de voz. Resultados: A melhor capacidade atual para o trabalho com relação à de toda a vida foi encontrada no grupo controle (35,2%). A capacidade em relação às exigências para o trabalho apresentou a mais baixa pontuação (47,3%) no grupo caso. Tanto no grupo caso (44,9%), como no controle (42,9%) as docentes indicam presença de uma a três doenças. Parte do grupo caso (27,8%) relatou impedimento ou incapacidade para trabalhar. O número de faltas no trabalho por doenças de até nove dias foi constatado em maior porcentagem no grupo caso (43,6%). A maioria do grupo controle considerou ser provável a boa capacidade para trabalhar em dois anos (75,2%) e apresentou alta pontuação nos recursos mentais (49,4%). Conclusão: foi possível concluir que as docentes que apresentaram distúrbio de voz tinham maior chance de perder a capacidade para o trabalho. Houve associação estatisticamente significativa entre o distúrbio de voz relacionado ao trabalho nas dimensões: CAPACIDADE ATUAL PARA O TRABALHO COMPARADA COM A MELHOR DE TODA A VIDA e PERDA ESTIMADA PARA O TRABALHO POR CAUSA DE DOENÇAS. Acredita-se que novas informações poderão ser levantadas a respeito das condições de produção vocal do professor. Essas permitirão dar sequência às discussões sobre o Distúrbio de Voz Relacionado ao Trabalho (DVRT), além de conceder subsídios para a elaboração de ações de promoção à saúde e prevenção de distúrbios vocais junto a essa categoria profissional
Abstract: Introduction: high occurrence of voice disorders in teachers is observed, probably due to extensive use of speech in unfavorable working conditions, the determining factor for the work ability loss. Objective: Analyzing the association between the presence of voice disorder and work ability in female teachers of municipal schools in São Paulo. Methods: Case-control study in which the cases (167) were represented by teachers with voice changes observed in perceptual assessment of voice performed by a speech therapist and visual-perceptual assessment of voice performed by otolaryngologists. The control group (105) was selected in the same schools participating in the group of cases, finding no change in the assessments described above. All teachers answered two questionnaires: Condition of Vocal Production - Professor (CPV-P) to characterize the sample, and Work Ability Index (WAI - ICT), to examine the issues of capacity for work. The instrument liability was verified in the statistical analysis through the Cronbach's alpha coefficient. For the univariated analysis, chi-square test was performed with Yates correction to determine the association between the variables of each dimension of ICT and the presence of the voice disorder and univariated analysis and multiple logistic regression to estimate the factors independently associated with voice disorder. Results: The best current capacity for work in relation to all lifelong was found in the control group (35.2%). The ability in relation to the requirements for the work had the lowest score (47.3%) in the case group. Both the case group (44.9%) and control group (42.9%), teachers indicated the presence of one to three diseases. A great portion of the case group (27.8%) reported impairment or incapability to work. The number of work absences due to any disease up to nine days was found in higher percentage in the case group (43.6%). Most of the control group considered to be likely the good capability to work in two years (75.2%) showed high scores on mental resources (49.4%). Conclusion: therefore, teachers who had the voice disorder were more likely to lose the capability to work. There was a statistically significant association between the voice disorder related to work in the following dimensions: CURRENT ABILITY TO WORK AS COMPARED WITH THE BEST IN LIFELONG and ESTIMATED LOSS FOR THE WOR DUE TO ILLNESSES. New information can be raised about the conditions of the teacher's vocal production. It will give sequence to discussions on Voice Disorders Related to Work (DVRT), and also grant subsidy for the development of actions to promote health and prevention of voice disorders within this professional category
Palavras-chave: Distúrbio da vo
Docentes
Avaliação da capacidade de trabalho
Voice disorder
Teacher
Work Capacity evaluation
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Alves, Nassara Luiza Lanzoni. Voice disorder and work ability in teachers: a case-control study. 2011. 63 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11910
Data de defesa: 14-Dec-2011
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nassara Luiza Lanzoni Alves.pdf1,87 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.