???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11917
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo das emissões otoacústicas em trabalhadores metalúrgicos expostos a ruído e solventes
Autor: Martins, Vanessa Valeria 
Primeiro orientador: Fiorini, Ana Claudia
Resumo: Introdução: O ruído ocupacional sempre representou um risco frequente à saúde dos trabalhadores e, portanto, merece uma atenção especial por parte dos profissionais das áreas de saúde e segurança no trabalho. Além do ruído, existem outros riscos nos ambientes de trabalho (químicos, pressão, vibração, temperatura e outros) que podem ocasionar efeitos deletérios à saúde. Objetivo: investigar os resultados e as contribuições dos registros de emissões otoacústicas em trabalhadores metalúrgicos com exposição simultânea a ruído e solventes. Método: Foram avaliados 69 trabalhadores de uma indústria metalúrgica, com audição normal, por meio da aplicação de um questionário e realização dos exames de EOAT e EOAPD. Esses sujeitos foram comparados em três grupos: G1, exposto a apenas ruído; G2, exposto a ruído e solventes e G3, grupo controle sem exposição a nenhum dos agentes. Resultados: A ocorrência de respostas ausentes no teste de EOAT foi de 39,1% (OD) e 47,8% (OE) no G1; 65,2% (OD) e 73,9% (OE) no G2 e 26,1% (OD) e 30,4% (OE) no G3. A proporção de ausência nas EOAT foi maior no G2, tanto na OD (p= 0,024), quanto na OE (p= 0,012). A ausência nas respostas das EOAPD foi de 73,9% (OD) e 78,3% (OE) no G1; 87,0% (OD) e 95,7% (OE) no G2 e 39,1% (OD) e 47,8% (OE) no G3. A proporção de ausência nas EOPD foi maior no G2, tanto na OD (p= 0,002), quanto na OE (p= 0,001). As piores respostas foram no f2= 6 kHz na EOAPD da OD e nas f2= 4 kHz e f2= 6 kHz na OE. As respostas das EOAT e EOAPD da OD indicaram associação estatisticamente significante nos três grupos (p < 0,049). Na OE foi detectada associação apenas para os grupos G1 e G3 (p < 0,038). Não houve diferença entre as médias da variável idade sob a presença e ausência nas respostas das EOA. Conclusão: As respostas dos testes de EOAT e EOAPD foram piores no grupo com exposição simultânea a ruído e solventes. As emissões otoacústicas representam um importante aliado na identificação precoce dos efeitos nocivos causados pela combinação entre solventes e ruído
Abstract: Introduction: Occupational noise has always been a common risk to the workers' health, therefore deserves special attention by professionals of occupational health and safety. In addition to the noise, there are other risks in the working environment (chemical, pressure, vibration, temperature and others) that may cause detrimental health effects. Objective: To investigate the results and contributions of the responses of otoacoustic emissions in metalworkers with simultaneous exposure to noise and solvents. Method: A total of 69 workers of a metallurgical industry, with normal hearing, through the application of a questionnaire and the examinations of TEOAE and DPOAE. These subjects were compared in three groups: G1, only noise exposed; G2, noise and solvents exposed; and G3, the control group non exposed to any of the agents. Results: The occurrence of absent responses in TEOAE test was 39.1% (RE) and 47.8% (LE) in G1, 65.2% (RE) and 73.9% (LE) in G2 and 26 1% (RE) and 30.4% (LE) in G3. The proportion of TEOAE absence in G2 was higher in both the RE (p = 0.024), and in LE (p = 0.012). The absent response in DPOAE was 73.9% (RE) and 78.3% (LE) in G1, 87.0% (RE) and 95.7% (LE) in G2 and 39.1% (RE) and 47.8% (LE) in G3. The proportion of absence in EOPD was higher in G2, both in RE (p = 0.002), and in LE (p = 0.001). The worst responses were in f2 = 6 kHz in the DPOAEs of RE and in the f2 = 4 kHz and f2 =6 kHz for the left ear. The TEOAE and DPOAE responses of RE indicated a statistically significant association in the three groups (p <0.049). In LE has been detected association only for the G1 and G3 (p <0.038). There was no difference between the means of the variable age in the presence and absence of OAE responses. Conclusion: The responses of TEOAE and DPOAE tests were worse in the group with simultaneous exposure to noise and solvents. Otoacoustic emissions are an important tool in the early identification of adverse effects caused by the combination of solvents and noise
Palavras-chave: Audição
Ruído
Saúde do trabalhador
Emissões otoacústicas
Hearing
Noise
Occupational health
Otoacoustic emissions
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Martins, Vanessa Valeria. Estudo das emissões otoacústicas em trabalhadores metalúrgicos expostos a ruído e solventes. 2012. 80 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11917
Data de defesa: 31-Jan-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vanessa Valeria Martins.pdf546,68 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.