???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11920
Tipo do documento: Dissertação
Título: Cartografia de um processo de coterapia sob um olhar fonoaudiológico
Autor: Ferraz, Silvia Daniella Guedes 
Primeiro orientador: Souza, Luiz Augusto de Paula
Resumo: O avanço das experiências e pesquisas clínicas no atendimento a crianças com deficiências aponta para necessidade de construção de projetos terapêuticos que favoreçam a integração de diferentes olhares profissionais. A partir de experiências e reflexões clínicas, a coterapia foi pensada, na presente pesquisa, como dispositivo de atendimento a essa população, por meio da ação conjunta da fonoaudiologia, fisioterapia e terapia ocupacional. O objetivo da investigação foi cartografar tais experiências em coterapia, de modo a analisar potencialidades e limites desse dispositivo clínico. Para tanto, realizou-se o mapeamento e a análise dos arranjos clínico-terapêuticos propostos em dois casos: uma menina de 7 anos de idade, com Síndrome de Down, e outra de 4 anos, com paralisia cerebral. A cartografia foi construída a partir de situações vividas com os pacientes; de pontuações realizadas por seus pais; e por registros das percepções dos profissionais envolvidos na experiência. Esses processos de coterapia foram bem avaliadas pelas famílias e também pelas pacientes. Neles se destacaram algumas condições de possibilidade: atenção e cuidado com o setting que este tipo de encontro exige e produz; composição singular e múltipla das relações terapêuticas; e articulação entre os terapeutas. Considerando a necessidade de preparação dos profissionais e os cuidados no manejo dos processos de trabalho, a coterapia se mostrou dispositivo efetivo na terapia de crianças com deficiências, favorecendo visão integrada; construção de escuta clínica mais abrangente; e elaboração de projetos terapêuticos singulares interdisciplinares. Colaborou também com a ampliação da capacidade de responder às necessidades específicas de cada caso pesquisado. Foi possível verificar ainda que a formação disciplinar dos profissionais precisou se abrir à reinvenção de posições e valores, a partir dos modos como saberes de uma disciplina afetaram e foram afetados pelos das outras. Esta prática clínica, ao considerar e se dispor a tais intersecções, pode ser considerada inventiva, criativa
Abstract: The advance of clinical researches and experiences in treating children with disabilities points to the need of development of therapeutic projects which promote the integration of different professional views on the cases. From clinical experiences and reflections the cotherapy was thought, in the present research, as a device to serve this population through the joint action of speech therapy, physiotherapy and occupational therapy. The purpose of this investigation was to map such cotherapy experiences in order to analyze potential and limits of this device. To this end, we carried out the mapping and analysis of the clinical trials proposed in two cases: a seven-year-old with Down syndrome, and another four-year old one with cerebral palsy. The cartography was constructed from actual experiences with patients, scores made by their parents, and perceptions recorded by the professionals involved in the experiment. These processes of cotherapy have been well evaluated by the families as well as the patients. Some conditions of possibility were highlighted on them: the care and attention to the setting which this type of meeting requires and produce; multiple and singular composition of the therapeutic relationships, and articulation among the therapists. Considering the need for training of professionals and the care in the management of the work processes, the cotherapy proved to be an effective tool in the treatment of disabled children, promoting integrated vision, construction of more comprehensive clinical listening, and the elaboration of interdisciplinary singular therapeutic projects. It also collaborated with the expansion of capacity to meet the specific needs of each case investigated. It was also possible to note that the disciplinary backgrounds of the professionals had to be open to the reinvention of values and positions, based on how the knowledge of a discipline affected and was affected by the others. Taking into account and being submitted to such intersections this clinical practice can be considered inventive, creative
Palavras-chave: Coterapia
Interdisciplinaridade
Speech therapy
Cotherapy
Interdisciplinarity
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Ferraz, Silvia Daniella Guedes. Cartografia de um processo de coterapia sob um olhar fonoaudiológico. 2012. 88 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11920
Data de defesa: 27-Jan-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Silvia Daniella Guedes Ferraz.pdf407,28 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.