???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11932
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações entre modalidades de alimentação e hábitos orais de sucção não nutritiva em lactentes atendidos em uma unidade básica de saúde: abordagem fonoaudiológica
Autor: Granja, Denise Maria Alves 
Primeiro orientador: Cunha, Maria Claudia
Resumo: Introdução: No início da década de 90, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas (UNICEF) elaboraram a Declaração de Innocenti , contendo uma série de medidas para promover o aleitamento materno (AM). Pesquisas assinalam que o desmame precoce está associado, entre outros fatores, à presença de hábitos orais de sucção (HOS) nutritiva (mamadeira) e não nutritiva (chupeta, dedo) (LAMOUNIER, 2003; CHAVES, 2007). Objetivo: descrever e relacionar modalidades de alimentação e HOS em lactentes de 01 a 06 meses, que participaram de um programa de intervenção fonoaudiológica em uma unidade básica de saúde do município de Itapecerica da Serra/ SP. Método: 1. Casuística: 19 díades de lactantes e seus lactentes atendidos entre janeiro de 2005 a dezembro de 2010. 2. Procedimento: Seleção dos sujeitos a partir de prontuários. Categorização dos dados de acordo com: tipo de alimentação do lactente e presença/ausência de HOS do início das intervenções, 1mês, até os 6 meses e 29 dias de vida. Os resultados foram submetidos a análise estatística. Resultados: No final das intervenções a maioria dos bebês (89,5%) estava em AM. E todos (100%) dos que não apresentavam HOS estavam em AM. Conclusão: houve associação estatisticamente significante entre presença de AM e ausência de HOS (p=0,012) na população estudada. Tais resultados sugerem que as intervenções fonoaudiológicas numa abordagem biopsíquica - influenciaram a prevalência do AM em relação ao aleitamento artificial, além da redução dos HOS não nutritiva no período
Abstract: Introduction: In the beginning of the nineties, the World Health Organization (WHO) and the United Nations Children s Fund (UNICEF) established the Declaration of Innocent, instituting many measures to promote breastfeeding . Researchers indicate that prematurely stopping breastfeeding is connected to the presence of oral habits such as sucking a pacifier or finger. (Lamounier 2003, Chaves2007). Objective: Describe and relate ways of feeding and oral habits in babies of one to six months who participate in a program of speech pathologic intervention in a basic unit of health in the County of Itapecerica da Serra-SP. 1.Method:Casuistic 19 mothers and their babies were attendant between January 2005 to December 2010. 2.Procedure: The study was done using medical records that had been in systematized forms. The information contained the type of food the infant had and the presence or absence of oral suction in early intervention up to 6 months and 29 days of life. The results were submitted using statistical analysis. Results: In the end of intervention, the majority of babies (89.5%) were breastfeeding. And all (100%) don´t show any who were demonstrating proper oral habits were breastfeeding. Conclusion: There was a significant statistical association between breastfeeding and the lack of habits of oral suction (P=0,012) in the population studied. These results suggest that speech pathologic intervention in approach biopsychic influence the prevalence of breastfeeding in comparison with artificial breastfeeding and the reduction of oral habits of nutritive suction not nutritive in the period
Palavras-chave: Aleitamento materno
Hábitos orais de sucção
Aleitamento artificial
Breastfeeding
Oral habits suction
Artificial breastfeeding
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Granja, Denise Maria Alves. Relações entre modalidades de alimentação e hábitos orais de sucção não nutritiva em lactentes atendidos em uma unidade básica de saúde: abordagem fonoaudiológica. 2012. 55 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11932
Data de defesa: 30-Jul-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Denise Maria Alves Granja.pdf699,68 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.