???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11965
Tipo do documento: Dissertação
Título: A posição do aprendiz no discurso dos professores
Autor: Gonçalves, Cinthia Ferreira 
Primeiro orientador: Freire, Regina Maria Ayres de Carvalho
Resumo: Desde a década de 1990, a Educação tem sido tema de relevância no Brasil e o fonoaudiólogo passa a fazer parte de discussões para enfrentar as questões relacionadas ao fracasso escolar e à inclusão. OBJETIVO: Partindo do pressuposto de que a posição do aprendiz no discurso dos professores gera efeitos na alfabetização, este estudo se propôs a analisar a posição que o aprendiz ocupa no discurso dos professores e seus desdobramentos. MÉTODO: trata-se de uma pesquisa qualitativa. A coleta de dados foi feita com um grupo de professores de uma escola estadual, durante a atividade de Formação Continuada. Os dados discursivos coletados por gravação e transcritos, foram analisados à luz da teoria da Análise de Discurso de linha francesa. ANÁLISE DOS DADOS: A análise permitiu identificar: a) o assujeitamento do professor à ideologia dominante do discurso pedagógico caracterizado por um discurso autoritário, institucionalizado, não havendo um posicionamento singular do professor; b) a ideologia dos professores sobre o que seja a linguagem, a aquisição da fala e da escrita; c) a posição de aprendiz ocupada pelo professor. RESULTADOS: Deparamo-nos com um professor desvalorizado e desamparado, que se considera incapaz como consequência de sua posição discursiva de não saber decorrente: da entrada de diversos profissionais na escola que ocuparam o espaço do professor para instrumentalizá-lo; do estabelecimento de aulas para que o professor assista (ATPC); do Curso de Formação Continuada que identifica o professor como alguém que deve permanecer em formação ; do binômio fracasso social/ fracasso escolar que equipara qualquer aluno a um fracasso social. CONCLUSÃO: Levar o professor a duvidar do que ele diz e do que é dito sobre si é o ponto de partida para uma ação fonoaudiológica com o professor. A possibilidade de seus dizeres ganharem outros sentidos levaria o professor a ocupar outras posições na estrutura dialógica, abrindo espaço para o abandono da posição de aprendiz, ressignificando a posição do professor e combatendo o fracasso escolar
Abstract: Since the 1990 s, Education has been a relevant theme in Brazil, and the Speech-Language Therapist takes part in the discussions to face the issues related to school failure and inclusion of students with special needs. AIM: With the theory that the position of apprentice in the discourse of teachers generates effects in literacy, this study aims to analyze the position that the apprentice occupies in the speech of teachers and it s unfolding. METHOD: this is a qualitative study. Data collection was conducted with a group of teachers from a state-run school, during the Continued Education activity. The discursive data were collected by recording and then transcribed, and were analyzed using the theory of French Discourse Analysis. DATA ANALYSIS: The analysis enabled the identification of: a) the teachers partaking in the dominant ideology of the educational discourse, characterized by an institutionalized, authoritarian speech, where the teacher does not assume a singular position; b) the teachers ideology about what is language, speech and writing acquisition; c) the position of apprentice occupied by the teacher. RESULTS: We were faced with a teacher who was abandoned and devalued, who considers himself incapable as a consequence of his discursive position of not knowing . This is derived from the entrance of several professional in school who occupy the teacher s space in order to educate him; of the establishment of classes for the teacher to attend (ATPC); of the Continued Education Course that identifies the teacher as someone who must remain in education ; of the binomial social failure/school failure that compares any student to a social failure. CONCLUSION: Leading the teacher to doubt what he says and what is said about him is the starting point for a speech-language therapy action with teachers. The possibility of their speeches gaining other meanings would lead the teacher to occupy other positions in the dialogic structure, making room for abandoning the position of apprentice and fighting school failure
Palavras-chave: Fonoaudiologia
Educação
Análise de discurso
Docentes
Speech-Language Pathology
Education
Discourse analysis
Faculty
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Gonçalves, Cinthia Ferreira. A posição do aprendiz no discurso dos professores. 2013. 215 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/11965
Data de defesa: 31-Jul-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Cinthia Ferreira Goncalves.pdf1,31 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.