???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12009
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo da audição e incômodo auditivo em trabalhadores do setor canavieiro expostos a ruído e produtos químicos
Título(s) alternativo(s): Study of hearing and auditory nuisance in sugarcane industry workers exposed to noise and chemicals
Autor: Nelli, Maíra Pietraroia 
Primeiro orientador: Fiorini, Ana Claudia
Resumo: A exposição continuada a ruído pode gerar tanto efeitos auditivos, quanto não auditivos, a saber: incômodo, irritabilidade, estresse, cansaço, dores de cabeça e falta de atenção, dentre outros. Além do ruído, diversos produtos químicos presentes nos ambientes de trabalho podem provocar efeitos deletérios à saúde dos trabalhadores. Objetivo: Estudar os efeitos auditivos e o incômodo em trabalhadores do setor canavieiro, expostos à ruído e produtos químicos. Método: A amostra foi constituída por 120 trabalhadores do setor canavieiro, todos do sexo masculino. A amostra foi dividida em quatro grupos: Grupo Controle (C),30 trabalhadores sem exposição a ruído e produtos químicos; Grupo Químico (Q) , 30 trabalhadores expostos à herbicida e não a ruído; Grupo Ruído (R) , 30 trabalhadores expostos à ruído mas não a produtos químicos e Grupo Ruído e Químico (RQ), 30 trabalhadores expostos a ruído e produtos químicos. Os procedimentos incluíram a audiometria tonal, anamnese e aplicação de um questionário de incômodo decorrente da exposição a ruído (baseado em Ferreira, 2013). A análise estatística foi realizada em várias etapas, com o objetivo de comparar os resultados entre os quatro grupos. Para as variáveis selecionadas, foi aplicada o teste qui-quadrado de homogeneidade e nível de significância adotado em cada teste foi de 5%. No final, foi realizada a análise da consistência interna (confiabilidade) do questionário, por meio do teste Alpha de Cronbach. Resultados: A ocorrência de perdas auditivas foi significantemente maior nos grupos R e RQ (33,33% respectivamente). Os mesmos grupos foram os que consideraram seu ambiente de trabalho ruidoso (mais de 50% dos indivíduos escolheram a categoria de resposta repetidamente/sempre). A queixa de incômodo ao ruído foi relata em maior porcentagem pelo grupo RQ (73.33%). Irritação, Dor de Cabeça e Cansaço foram os sintomas decorrentes da exposição ao ruído mais relatados nos grupos C (13,34%, 23,33% e 6,66%), R (16,67%, 6,67% e 13,33%) , RQ (36,67%, 23,66% e 43,33%). Os quatro grupos reconheceram, com significância estatística, os seguintes efeitos que o ruído pode ocasionar à saúde: alteração auditiva, estresse, irritabilidade, dor de cabeça e cansaço. Com exceção do grupo C, 70% dos sujeitos dos sujeitos dos outros três grupos acreditam que com ações educativas e troca ou manutenção dos equipamentos podem melhorar as condições do ruído do ambiente de trabalho. Conclusões: A ocorrência de perda auditiva foi estatisticamente significante nos grupos R e RQ. A maioria do grupo R e RQ acha seu local de trabalho ruidoso, porem apenas o grupo RQ queixa-se do incomodo decorrente do ruído. Ficou evidente que as maiores ocorrências de queixas auditivas e não auditivas foram no grupo R e RQ. A consistência interna do questionário (confiabilidade) utilizado na presente pesquisa foi excelente
Abstract: Continuous noise exposure can cause auditory and non-auditory effects, such as: annoyance, irritability, stress, fatigue, headaches, and lack of attention, among others. Besides noise, several chemicals in the workplace may cause deleterious health effects. Objective: Study auditory effects and noise annoyance among sugarcane industry workers exposed to noise and chemicals. Method: The sample consisted of 120 male workers of sugarcane industry divided into four groups: Control Group (C), 30 workers non exposed; Chemical Group (Q), 30 workers exposed to herbicide, but not to noise; Noise Group (R ), 30 workers exposed to noise, but not to chemicals, and Noise and Chemical Group (RQ), 30 workers exposed to noise and chemicals. The procedures included pure tone audiometry, interview and a questionnaire (based on Ferreira, 2013). The statistical analysis was performed in several steps. For selected variable, the chi-square test of homogeneity was applied and the level of significance adopted was 5% in each test. In the end, the internal consistency analysis (reliability) of the questionnaire was performed through Cronbach´s (alpha). Results: The occurrence of hearing loss was significantly higher in the R and RQ groups (33,33% respectively). These same groups were those who considered their workplace noisy (over 50% of individuals chose response category repeatedly / always). The RQ group reported noise annoyance complaint in higher percentage (73.33%). Irritation, headache and fatigue were the symptoms of noise exposure, with greater significance in the C group (13,34%, 23,33% and 6,66%), R (16,67%, 6,67% e 13,33%), RQ (36,67%, 23,66% and 43,33%). In the four groups, the effects such as: hearing loss, stress, irritability, headache and fatigue were statistically significant in recognition of what noise may cause. With the exception of the C group, 70% of individuals of the other three groups believe that educational actions and exchange or maintenance of the equipment can improve the noise conditions in the workplace. Conclusion: Hearing loss was statistically significant in the R and the RQ groups. Most of the R and the RQ group think that their workplace is noisy, however only the RQ group complains of noise annoyance. It was evident that the most significant auditory and non-auditory complaints are from the R and the RQ groups. Internal consistency (reliability) of the questionnaire used in this study was excellent
Palavras-chave: Ruído
Audição
Perda auditiva provocada por ruído
Produtos químicos
Noise
Hearing
Noise-Induced
Chemicals
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Nelli, Maíra Pietraroia. Study of hearing and auditory nuisance in sugarcane industry workers exposed to noise and chemicals. 2015. 103 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12009
Data de defesa: 25-Feb-2015
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maira Pietraroia Nelli.pdf1,76 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.