???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12031
Tipo do documento: Dissertação
Título: O método clínico na medicina antroposófica e a clínica foniática: o homem em sua complexidade
Autor: Fernandes, Mauro Domingues
Primeiro orientador: Novaes, Beatriz Cavalcanti de Albuquerque Caiuby
Resumo: O trabalho tem por objetivo investigar o método clínico na medicina antroposófica, identificar contribuições de sua abordagem para uma compreensão dos fenômenos da audição e linguagem na clínica foniátrica e identificar possíveis desdobramentos na construção de caminhos terapêuticos nos distúrbios da linguagem. O desenho da investigação é o de um estudo de caso, na medida em que se configura pela análise de um conjunto delimitado de situações-em suas várias relações-relativas a um processo específico: um caso em que o método clínico na medicina antroposófica foi utilizado, tendo demandas relativas aos distúrbios de audição e linguagem, gerando a possibilidade de compreensão dos passos diagnósticos inerentes a essa metodologia, suas diferentes perspectivas qualitativas integradas, em diálogo com os dados quantitativos, e as estratégias terapêuticas em diversos âmbitos que surgem na condução dos processos em questão, constituindo- se um planejamento clínico. Esse é um dos desafios que a medicina antroposófica procura enfrentar em sua clínica, a partir de suas bases epistemológicas, buscando-se abarcar o homem em sua complexidade, em uma perspectiva física, anímica e espiritual, em sua realidade sensível e supra-sensível, portanto em uma abordagem quali- quantitativa. Foi introduzida no Brasil na década de 1960, tendo sido reconhecida como prática médica pelo Conselho Federal de Medicina em 1993. Tem como bases epistemológicas a Antroposofia, que é um movimento científico-filosófico iniciado nas primeiras décadas do século XX, na Suíça e Alemanha, pelo filósofo, epistemólogo e educador austríaco Rudolf Steiner (1861-1925). No mundo, a medicina antroposófica teve seu início a partir da médica holandesa Ita Wegman, entre 1920-1924, na Suíça, com a expansão progressiva, inicialmente para a Europa, e posteriormente, durante o século XX, para os demais continentes. Os desdobramentos do método clínico são observados na clínica foniátrica, aprofundando as possibilidades diagnósticas com a ampliação das estratégias terapêuticas, centrada a partir de um binômio foniatria-fonoaudiologia, incluindo-se os demais profissionais da Saúde e Educação, formando-se uma comunidade. Observam-se contribuições para as ciências da saúde na atualidade, diante de seus dilemas e perspectivas, incluindo as reflexões epistemológicas, a humanização do atendimento, as pesquisas e o aprofundamento no uso de terapêuticas naturais, incluindo-se as medicamentosas e uma ênfase salutogênica em sua prática clínica
Abstract: This work aims at investigating the clinic method in anthroposophic medicine, identifying the contributions of its approach for the comprehension oh hearing and language in phoniatric practice, and identifying possible outcomes in the construction of therapeutic paths on language disorders. The investigation presents a case study design as it is configured by the analysis of a limited set of situations in their several relationships relative to a specific process: a case in which the clinic method in anthroposophic medicine has been applied, having relative requirements for hearing and language disorders, creating the possibility of understanding the diagnostic steps inherent to this methodology, its different integrated qualitative perspectives in dialogue with the quantitative data, and the therapeutic strategies in varied scopes which arise during the conduction of such process, making up a clinic planning. This is one of the challenges that anthroposophic medicine must face in this practice from its epistemologic bases, trying to clasp the mankind in its complexity in physical, animical and spiritual perspective in their sensitivy and super-sensitivy reality, thus, in qualitative-quantitative approach. It was introduced in Brazil in the 1960s, having been reckoned as a medical practice by the Conselho Federal de Medicina in 1993. It has its epistemological foundations in the Anthroposophy, which is a scientic-philosophical movement begun in the early 20th century in Switzerland and Germany by the Austrian epistemological philosopher and educator Rudolf Steiner (1861 1925). Worldwidely, the anthroposophic medicine was begun by the Dutch doctor Ita Wegman in Switzerland between 1920 and 1924, having a progressive spread, initially in Europe, and afterwards, during the 20th century, towards the other continents. The unfoldings of this clinic method have been observed in the phonological practice, deepening the diagnostical possibilities with the enhancement of the therapeutical strategies focused on a binomial phoniatry-phonoaudiology, including other health and education professionals to form a community. The contributions for the health sciences in the present times, before their dilemmas and perspectives, have been observed, including epistemological reflexions, the humanization of procedures, researches, and the deepening in the use of natural therapeutics, including medicinal ones and salutogenical emphasis in its practice
Palavras-chave: Medicina antroposófica
Rudolf Steiner
Anthroposophic medicine
Antroposofia
Foniatria
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Fernandes, Mauro Domingues. O método clínico na medicina antroposófica e a clínica foniática: o homem em sua complexidade. 2006. 253 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12031
Data de defesa: 31-Mar-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao Mauro Domingues Fernandes.pdf2,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.