???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12071
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações das condições de trabalho, qualidade de vida e percepção da voz em professores do ensino médio da rede municipal de Belo Horizonte
Título(s) alternativo(s): Relations of the Working Conditions, Quality of Life and Voice Perception in Municipal High School Teachers of the City of Belo Horizonte.
Autor: Oliveira, Teresa Cristina Moura de 
Primeiro orientador: Fiorini, Ana Claudia
Resumo: Pensar nos distúrbios vocais como doença relacionada ao trabalho é uma tarefa de grande complexidade Requer analisar as condições ambientais de trabalho conhecer o histórico profissional e pessoal averiguar os possíveis hábitos vocais inadequados e os fatores extrínsecos à ocupação que compreende a saúde incluindo a qualidade de vida determinada por meio de fatores físicos biológicos psicossociais e do ambiente O objetivo desta pesquisa foi estudar as relações entre a qualidade de vida as condições no trabalho e a percepção da voz nos professores e assim especificamente identificar presença de queixa vocal, relacionar a queixa vocal com gênero associar queixa vocal com condições de saúde e trabalho e avaliar o impacto da voz na qualidade de vida Metodologia: participaram desta pesquisa 319 professores sendo 199 do gênero feminino e 120 no gênero masculino, em atividade laborativa no Ensino Médio da rede municipal da cidade de Belo Horizonte. Os professores preencheram 3 protocolos auto-explicativos e de auto-resposta que respectivamente contemplaram as seguintes etapas: o levantamento profissional e pessoal; levantamento dos indicadores da qualidade de vida; e avaliação da percepção da qualidade de vida e voz. Os resultados indicaram que 155 (48,9%) da amostra apresentaram queixa correspondendo a 106 (33,4%) do gênero feminino e 49 (15,4%) do gênero masculino. A variável gênero não se mostrou significativa na situação de queixa vocal. Foram identificadas associações estatisticamente significantes entre queixa vocal e distúrbios digestivo emocional intolerância a sons intensos rinite sinusite amigdalite faringite laringite bronquite alergia e exposições à poeira e ao ruído. A média dos escores nos domínios do WHOQOL-Bref foi de 63. O escore global do QVV resultou em 84,4. Conclusão: Foi significativo o número de professores em atividade profissional que apresenta queixa vocal; não existe relação entre queixa vocal e sexo; existem indicadores de condições de saúde e de ambiente desfavoráveis para trabalho; o impacto negativo da voz na qualidade de vida foi considerado baixo; a qualidade de vida dos professores foi considerada regular
Abstract: It is a very complex task to see vocal disorders as an illness associated with working activities. It requires leads us to investigate working environmental conditions, be familiar with employee's professional and personal history, and analyze inappropriate vocal habits. Other factors, we must investigate include factors outside of work concerned with health, including the quality of life, which is determined by physical, biological, social, psychosocial and environmental factors. The objective of this research was to study the connections among working conditions, quality of life and voice perception in the teachers and, specifically, to identify the presence of vocal complaints, to relate vocal complaints with gender, and to associate vocal complaints with health and working conditions, as well as to evaluate the impact of voice on these teachers' quality of life. Methodology:Subjects of this study were 319 teachers, 199 female and 120 male, who are presently working in city schools of Belo Horizonte. Ali of them answered three self-explanatory and self-answered protocols according to the following stages: professional and personal history, quality of life indicators and evaluation of the perception of quality of life and voice. The results indicated that 155 (48.9%) of the sample presented complaints, 106 (33.4%) of the females and 49 (15.4%) of the males. However, in vocal complaint factors, gender was not considered to be a significant variable. Considered to be a significant statistically correlations between vocal complaint and gastric problems, psychiatric problems, emotional problems, high sound intolerance, rhinitis, sinusitis, tonsillitis, pharyngitis, laryngitis, bronchitis, allergy, exposure to dust and to noise were found. The global score of WHOQOL-Bref was 63. The global score of QVV was 82.8, which is considered a good score because it is close to 100. Conclusion: The number of working school teachers who present vocal complaints is significant; there is no relation between vocal complaint and gender; there are indicators of health conditions and environmental factors that are unfavorable for work; the negative impact of the voice on the quality of life was considered to be low
Palavras-chave: docente, condiçoes de trabalho, qualidade de vida, voz
teacher, working conditions, quality of life, voice
Professores
Disturbios da voz
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Oliveira, Teresa Cristina Moura de. Relações das condições de trabalho, qualidade de vida e percepção da voz em professores do ensino médio da rede municipal de Belo Horizonte. 2005. 112 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Belo Horizonte, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12071
Data de defesa: 29-Mar-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Teresa Moura.pdf346,04 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.