???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12087
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ruído e incômodo em uma população de bombeiros do município de Santo André-SP
Autor: Guzman, Michelle Barna
Primeiro orientador: Fiorini, Ana Claudia
Resumo: Objetivo: Identificar queixas relacionadas à saúde auditiva e incômodo para o ruído ocupacional e urbano, em uma corporação de bombeiros do município Santo André-SP e mapeamento sonoro do entorno. Método: Tratou-se de um estudo epidemiológico transversal de inquérito na população de 72 bombeiros do 8° Grupamento sendo 28 do setor administrativo, 20 do centro de ocorrência e 24 do atendimento operacional, por meio da aplicação de um protocolo composto por 57 questões referentes a dados pessoais, queixas auditivas, não auditivas e incômodo. Foi realizado, também, o mapeamento sonoro do local. Resultados: Os níveis de pressão sonora no local da corporação ultrapassaram 67 dB (A), chegando a níveis maiores de 82 dB (A) na avenida. Dos 72 sujeitos, 95,8% são do sexo masculino. Mais da metade (59,7%) apresentou como nível de escolaridade o ensino médio. A maioria (83,3%) dos sujeitos relatou o cotidiano ruidoso no trabalho, sendo o ruído urbano citado como maior fonte. Quando vistos separadamente por área de atuação, a maior ocorrência é para ruído urbano (73,9%), ruído da viatura (68,0%) e ruído do telefone (38,2%) para o setor administrativo, divisão operacional e atendimento de ocorrências respectivamente. O período mais crítico foi manhã e tarde (45,5%), interferindo as atividades no trabalho para 65% dos sujeitos. As alterações mais citadas foram concentração (43,4%) e ouvir (26,4%). Sobre a percepção da audição, a maior parte (55,6%) referiu audição boa. Em relação à exposição a produtos químicos, 55,6% relatou exposição durante o trabalho. Conclusões: Os bombeiros analisados, além da exposição a ruídos provenientes da ocupação no ambiente de trabalho como viaturas, rádios de comunicação e telefones, também sofrem as conseqüências do ruído urbano, que altera atividades no trabalho e provoca distúrbios que foram percebidos também na saúde
Abstract: Objective: Identify complaints related to the auditory health and annoyance caused by occupational and urban noises, in a firefighters corporation from Santo André county, and carry out a sound mapping from the surrounding area. Methods: A cross-sectional study was concerned in a population of 72 firefighters from the 8th brigade, being 28 from the administrative section, 20 from the occurrence center and 24 from the operational call center, using a protocol which consisted of 57 questions about personal data, auditory complaints, non-auditory complaints and annoyance. A sound mapping from the surrounding area was performed. Results: The sound pressure levels in the firefighter corporation area exceeded 67 dB (A), reaching more than 82 dB (A) in the avenue. Evaluating 72 firefighters, 95,8% are male. More than half (59,7%) have high school level. Most of them (83,3%) reported noisy work in their everyday life, being the urban noise reported as the major problem. When evaluated separately by performance section, the highest occurrence is urban noise (73,9%), firefighter vehicle noise (68,0%) and telephone noise (38,2%), in the administrative section, operational call center and occurrence center, respectively. The noisiest periods were in the morning and afternoon (45,5%), interfering in work activities for 65% of the interviewed. The most mentioned alterations were concentration (43,4%) and hearing (26,4%). Related to the hearing perception, most of them (55,6%) reported good hearing. When it comes to chemical exposure products, 55,6% reported exposure during work activities. Conclusions: Interviewed firefighters, besides noisy exposure deriving from work activities, like vehicles, walk-talk radios and telephones, are liable to consequences from the urban noise, which disturbs work activities and also causes health problems
Palavras-chave: Saúde auditiva
Ruído ocupacional e urbano
Auditory health
Occupational and urban noises
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Guzman, Michelle Barna. Ruído e incômodo em uma população de bombeiros do município de Santo André-SP. 2007. 80 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12087
Data de defesa: 27-Feb-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Michelle Barna Guzman.pdf1,66 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.