???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12101
Tipo do documento: Dissertação
Título: Emissões otoacústicas produto de distorção: estudo da função de crescimento em indivíduos com limiares audiométricos normais
Título(s) alternativo(s): Distortion Product Otoacoustic Emissions: Study of the Input/Output Function in normal hearing subjects
Autor: Buzo, Byanka Cagnacci
Primeiro orientador: Fiorini, Ana Claudia
Resumo: Introdução: O Estudo da Função de Crescimento das EOAPD têm se mostrado um instrumento muito favorável para o acesso e entendimento da fisiologia coclear, em especial ao mecanismo de compressão e à não-linearidade coclear além do funcionamento das células ciliadas externas. Desta forma, emerge a importância de estudos acerca das possíveis aplicações clínicas deste teste. Os mecanismos da fisiologia coclear ainda representam um importante objeto de estudo e, desta forma, pesquisas que tentem identificar possíveis aplicações clínicas com os diversos tipos de EOA trarão importantes avanços no campo da Fonoaudiologia. Objetivo: Descrever os resultados da Função de Crescimento das Emissões Otoacústicas - Produto de Distorção em indivíduos com limiares audiométricos normais. Método: Foram pesquisadas as FC-EOAPD nas freqüências de 1kHz, 1,5kHz, 2kHz, 3kHz, 4kHz, 5kHz e 6kHz, em 104 orelhas sendo 44 orelhas do sexo masculino e 60 do sexo feminino. O nível de L2 variou de 45 a 75dBNPS e L1= 0,4*L2+39dB e f1/f2 = 1,22. Foi utilizado o equipamento ILO 292 USB II com software ILO V6 Otodynamics. Resultados: Os resultados encontrados demonstraram diferenças estatisticamente significativas entre as FC-EOAPD dos sexos nas freqüências de 5kHz e 6kHz e entre orelhas nas freqüências de 3kHz, 4kHz e 6kHz. Também foram observadas diferenças estatisticamente significativas entre a médias do slopes em relação ao sexo nas freqüências de 5kHz e 6kHz. Não foram encontradas diferenças no que se refere à idade da população. Conclusões: As respostas da FC-EOAPD e os valores dos slopes do sexo feminino se apresentaram maiores que no sexo masculino nas freqüências de 5kHz e 6kHz em ambas orelhas. Nas FC-EOAPD de 3kHz, 4kHz e 6kHz houve uma tendência das respostas da orelha direita se apresentarem maiores que na orelha esquerda. A maior ocorrência de respostas ausentes nas FC-EOAPD foi na freqüência de 6kHz e no nível de L2 = 45dB. Não foram observadas diferenças em relação à faixa etária da população
Abstract: Introduction: The study of Distortion Product Otoacoustic Emission Input/Output Function (DPOAE I/O) is a very useful instrument to access and to understand the cochlear physiology, specially the mechanism of compression, the cochlear non-linearity and the function of outer hair cells. Therefore, the importance of studies about the possible clinic applications of this test arises. The mechanisms of cochlear physiology still represent an important object of study; consequently, the researches that try to identify the possible clinic applications with the varied kinds of Otoacoustic Emissions (OAE) will result in a relevant development of the audiology area. Objective: To describe the results of the Distortion Product Otoacoustic Emission Input/Output Function (DPOAE I/O) of individuals with regular audiometric thresholds. Method: The DPOAE I/O were researched in the frequencies of 1kHz, 1,5kHz, 2kHz, 3kHz, 4kHz, 5kHz and 6kHz in 104 ears; it should be considered that 44 of these ears were male and 60 of them were female. The level of L2 varied from 45 to 75dBSPL, L1= 0,4*L2 + 39dB, and f1/f2 = 1,22. The equipment used was the ILO 292 USB II with software ILO V6 Otodynamics. Results: The results demonstrated meaningful statistic differences between the DPOAE I/O of the gender in the frequencies of 5kHz and 6kHz, and between the right and the left ears in the frequencies of 3kHz, 4kHz and 6kHz. It is important to note that meaningful statistic differences were also observed between the averages of slopes related to the gender in the frequencies of 5kHz and 6kHz. However, differences related to the age group of the population were not observed. Conclusions: The outcomes of DPOAE I/O and the values of female slopes were higher than the male slopes in the frequencies of 5kHz and 6kHz in both ears. While in the DPOAE I/O of 3kHz, 4kHz and 6kHz there was a tendency of higher outcomes from the right ear than from the left ear. The higher occurrence of absent outcomes in the DPOAE I/O was in the frequency of 6kHz and at the level of L2=45dB. Differences related to the age group of the population were not observed
Palavras-chave: Emissões Otoacústicas Produto de Distorção
Função de Crescimento das Emissões Otoacústicas Produto de Distorção
Gênero
Growth Rate
Audiometria
Coclea
Emissoes atoacusticas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Buzo, Byanka Cagnacci. Distortion Product Otoacoustic Emissions: Study of the Input/Output Function in normal hearing subjects. 2007. 127 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12101
Data de defesa: 16-May-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Byanka.pdf761,26 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.