???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12189
Tipo do documento: Dissertação
Título: Incômodo decorrente do ruído na escola em professores com e sem distúrbios vocais
Autor: Matos, Elaine Cristina Gemaque de 
Primeiro orientador: Fiorini, Ana Claudia
Resumo: Existem diversas vertentes que permeiam a área da saúde do trabalhador, porém, não há dúvida de que as condições de trabalho, incluindo os riscos ambientais e organizacionais. Os distúrbios da voz podem estar relacionadas à inadequada competição sonora nas salas de aulas, decorrente dos elevados níveis de pressão sonora. Pesquisas que possam reconhecer e avaliar o ruído nas escolas, relacionados aos distúrbios vocais, bem como seus possíveis efeitos na saúde representam importante subsídio para o planejamento das ações do fonoaudiólogo. O objetivo deste estudo foi avaliar o incômodo decorrente do ruído na escola em professores com e sem distúrbios de voz de duas escolas da rede municipal de Sorocaba e analisar as possíveis associações entre as queixas dos professores e os distúrbios de voz avaliados no exame de nasovideolaringoscopia. Esta pesquisa foi um estudo epidemiológico do tipo transversal de inquérito em que foram selecionadas 2 escolas em localidades distintas no município de Sorocaba-SP e categorizadas em E1 (27 professores) e E2 (26 professores). Foram realizados exames de nasovideolaringoscopia nos 53 professores do quadro ativo das escolas e após os exames os professores responderam 2 questionários referentes as queixas de saúde e incômodo do ruído. Os resultados apontaram que os professores da E2 apresentam mais distúrbios de voz do que os professores da E1; Os professores da E1 apresentam mais queixas de saúde geral e coceira no ouvido, para E2 o sintoma mais freqüente foi o de infecções auditivas; a queixa de alergia foi a mais relatada em ambas as escolas; os sintomas de stress e dor de cabeça foi o mais freqüente em professores com distúrbio de voz; já os sintomas de azia e enjôo obtiveram co-relação estatística com os professores com distúrbio de voz; o ruído interno foi a principal fonte de incômodo relatada pelos professores com distúrbio de voz da E1, já na E2 foi o ruído externo; os professores da E1 apresentaram maior reconhecimento dos efeitos do ruído na saúde; os testes estatísticos comprovaram que os sintomas de Stress/irritação estão co-relacionados com os professores sem distúrbios de voz
Abstract: There are several aspects that permeate the area of health of the worker, but there is no doubt that working conditions, including environmental risks and organizational. The voice disorders may be related to inadequate competition noise in classes, resulting from the high levels of sound pressure. Polls that can recognize and measure the noise in schools, related to disturbances vocal, and its possible effects on health represent important grant for the planning of the shares of Speech Therapist. The purpose of this study was to evaluate the noise nuisance arising from the school, teachers with and without disturbances voice of two schools in the city of Sorocaba network and examine the possible association between the complaints of teachers and disturbances voice evaluated in the examination of nasovideolaringoscopy. This research was an epidemiological study of the type of investigation where cross were selected 2 schools in different locations in the city of Sorocaba-SP and categorized in E1 (27 teachers) and E2 (26 teachers). Nasovideolaringoscopy of examinations were performed in 53 of the framework active teachers of the schools and after the examinations teachers responded 2 questionnaires regarding complaints of health and nuisance of noise. The results showed that teachers have more of E2 disturbances voice than the teachers of E1; Teachers of E1 have more complaints of general health and itch in the ear, for the E2 is the most frequent symptom of infection hearing, the complaint of allergy was the most reported in both schools; symptoms of stress and headache was the most frequent in teachers with a voice disorder, while the symptoms of heartburn and sick obtained co-statistical with teachers with a voice disorder, the Internal noise was the main source of discomfort reported by teachers with a voice disorder of E1, the E2 has been the external noise; teachers from E1 showed greater recognition of the effects of noise on health; statistical tests have shown that the symptoms of Stress / irritation are co-related disorders teachers without a voice
Palavras-chave: Distúrbios vocais
Ruído na escola
Disturbios da voz
Ruido -- Efeito fisiologico
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Matos, Elaine Cristina Gemaque de. Incômodo decorrente do ruído na escola em professores com e sem distúrbios vocais. 2008. 143 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12189
Data de defesa: 15-May-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Elaine Cristina Gemaque de Matos.pdf1,88 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.