???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12191
Tipo do documento: Dissertação
Título: O pai na clínica fonoaudiológica: ausente ou excluido
Autor: Coelho, Elisabeth Cavalcanti
Primeiro orientador: Passos, Maria Consuelo
Resumo: Esta pesquisa parte da grande queixa trazida pelo fonoaudiólogo em relação à ausência do pai no processo terapêutico em Fonoaudiologia. Nesta perspectiva, visa identificar o lugar que o fonoaudiólogo lhe atribui quando atende crianças em sua prática clínica, refletindo acerca das implicações que, neste contexto, geram a inclusão ou a exclusão do pai. Circunscreve o silêncio sobre o pai na literatura da área de Fonoaudiologia e procede a uma discussão a partir do que dizem três fonoaudiólogos quando discorrem em relação à inserção da família em suas atividades clínicas. Explicita-se conceito de família, articulando configurações de clínica e estabelecendo-se, então, a sua função do pai na clínica fonoaudiológica. Os resultados revelam dados que desmistificam o pai como ausente, ratificando a sua condição de excluído pelo próprio fonoaudiólogo. Apontam também, para o fato de sua inclusão se dar, muitas vezes por uma questão intuitiva do profissional, uma vez que o mesmo não revela posições consistentes acerca da participação do pai na clínica
Abstract: This research begins from the biggest complaint brought from the speech therapist about the father s absence in the treatment in speech therapy. In this perspective, aim to identificate the space that the speech therapist attribuites to the children s father who attend in your practical clinic, refleting about the involvement, in this context, producing their inclusion or their exclusion. Restrict the silence about the father in the speech therapy literature and proceed the discussion about what three speech therapists say when they talk about the inserting of the families at their clinic activities. Explicit the family concept, outling the paternal function in the structuring of the person, setting up their function in the speech therapy clinic. The result points out to facts that don t present the father as an absent. Ratifing his condition of excluded by the speech therapy. He also points to the fact that his inclusion exist because of the professional intuition, and because this one doesn t reveal more consistency position about the father s participation in the clinic
Palavras-chave: clínica fonoaudiológica
fonoaudiólogos
participação do pai
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Coelho, Elisabeth Cavalcanti. O pai na clínica fonoaudiológica: ausente ou excluido. 2000. 248 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12191
Data de defesa: 30-Mar-2000
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
tese_65155.pdf555,88 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.