???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12197
Tipo do documento: Dissertação
Título: Análise do desempenho de crianças de 7 a 11 anos nos testes de localização da fonte sonora, organização acústico motora e discriminação auditiva
Título(s) alternativo(s): Sound localization, motor-acoustic organization and auditory discrimination performance in 7 to 11 year-old children
Autor: Geribola, Fernanda Camargo 
Primeiro orientador: Lewis, Doris Ruthy
Resumo: Objetivo: O objetivo deste trabalho foi investigar o desempenho de crianças entre 7 e 11 anos para os testes de localização da fonte sonora, organização acústico motor e discriminação auditiva, descrevendo os resultados do desempenho das crianças nos diferentes testes em função do sexo e das respostas dos pais ao questionário. Método: Foram avaliadas 60 crianças, sendo 30 matriculadas na 2 ªou 3 ª e 30 na 4 ª ou 5 ª série, distribuídas segundo a faixa etária em : 7 anos (26,7%), 8 anos (21,7%), 9 anos (15%), 10 anos (35%) e 11 anos (1.6%). As crianças foram submetidas a inspeção visual do meato acústico externo, audiometria tonal liminar, timpanometria (como critério de inclusão). A coleta foi realizada em três fases: questionário de triagem auditiva com os pais, questionário com os professores sobre a presença de dificuldade de aprendizagem e desempenho das crianças nos testes: Teste de Localização da Fonte Sonora, de Teste de Organização Acústico-Motora e Teste de Discriminação Auditiva com as crianças. Resultados: a análise da relação entre nível de escolaridade e desempenho nos testes de não mostrou diferença estatisticamente significante. Para a questão desempenho das crianças nos diferentes testes segundo a resposta do professor para a questão ter ou não queixa de dificuldade de aprendizagem, os resultados não foram estatisticamente significantes. A análise descritiva em valores de porcentagem do desempenho das crianças nos testes aplicados em relação com às respostas dos pais ao questionário aplicado e a análise por agrupamento, mostraram que as crianças que não apresentaram desempenho adequado eram as que os pais informaram que: eram respiradores bucais, tiveram muitos episódios de dor de ouvido e infecção de garganta , falam muito Hãm e o quê; fala muito alto e devagar e que tem antecedentes familiares de perda auditiva. Conclusões: os dados obtidos nessa pesquisa permitem concluir: 1. que não foi possível estabelecer relação entre faixa etária e desempenho nos testes; 2. que a pergunta sobre dificuldade de aprendizagem feita ao professor não permite detectar crianças que necessitariam de avaliação diagnóstica de transtorno de processamento auditivo; 3. que o questionário aplicado aos pais permitiu identificar os riscos para bom desempenho nos testes de habilidades auditivas aplicados
Abstract: Objective: to investigate sound localization, motor-acoustic organization and auditory discrimination performance in 7 to 11 year-old children and to describe results according to gender and to answers of teachers and parents to a questionnaire. Method: 60 children were evaluated: 30 2nd or 3rd grade students and 30 4th or 5th grade. The distribution of the students according to age was: 26,7% were 7, 21,7% were 8, 15% were 9, 35% were 10 and 1,6% were 11 years old. They were submitted to visual inspection of external acoustic meatus, pure tone audiometry, timpanometry (as an inclusion criteria). The study had three phases: screening questionnaire answered by parents, learning difficulties questionnaire answered by teachers and sound localization, motor-acoustic organization and auditory discrimination performance. Results: there was no statistically significant difference between level of scholarship and tests performance; teachers answers for the learning difficulties questionnaire and tests performance. Students who performed poorly in the tests were oral respirators, presented more ear ache and throat infection episodes, frequently asked repetition of what was said, loud speakers and had familiar history of hearing loss, according to the comparison of parents answers to a questionnaire and tests performance. Conclusions: 1. it was not possible to establish a relationship between age and tests performance; 2. learning difficulties questions for the teachers did not allow detecting students who needed auditory processing evaluation; 3. the questionnaire answered by parents allowed identifying students at risk for poor performance in the applied auditory abilities tests
Palavras-chave: Teste de localização da fonte sonora
Teste de organização acústico-motora
Teste de discriminação auditiva
Central auditory processing disorders
Auditory discrimination
Auditory perception
Auditory localization
Criancas com dificuldades de aprendizagem
Audicao
Percepcao auditiva
Percepcao da fala
Testes de audicao
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Geribola, Fernanda Camargo. Sound localization, motor-acoustic organization and auditory discrimination performance in 7 to 11 year-old children. 2008. 122 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12197
Data de defesa: 30-Apr-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernanda Camargo Geribola.pdf1,51 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.