???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12204
Tipo do documento: Dissertação
Título: O papel do fonoaudiólogo na rede de relações sociais de uma criança com Transtorno Global do Desenvolvimento: estudo de caso
Autor: Gertel, Marta Cecília Rabinovitsch 
Primeiro orientador: Maia, Suzana Magalhães
Resumo: Introdução: No campo fonoaudiológico é possível encontrar questionamentos quanto a forma como nossa intervenção clínica pode favorecer a inserção do indivíduo na sociedade, principalmente nos pacientes com necessidades especiais. Nesse sentido, o contexto da clínica fonoaudiológica pode ser direcionado para auxiliar o paciente a encontrar um lugar próprio e pessoal, aspecto fundamental para que lhe seja possível alcançar o sentido de pertencer a sua família e à escola. O referencial teórico de Winnicott embasa esta pesquisa e vem sendo legitimado em vários estudos da área fonoaudiológica, no sentido de desvendar maneiras de acolher o paciente, a queixa e a demanda, compreendendo, assim, por meio da relação terapêutica, necessidades e questionamentos que atravessam a vida da pessoa que chega para atendimento. Cabe ressaltar que faz parte desta perspectiva clínica a extensão dos cuidados ao ambiente, neste caso família e escola, sempre que se fizer necessário. Objetivo do trabalho: refletir e discutir sobre o papel do fonoaudiólogo na condução das estratégias terapêuticas durante o atendimento de uma criança com Transtorno Global do Desenvolvimento, principalmente no que se refere à família e à escola. Método: Esta pesquisa é de natureza clínico-qualitativa e foi desenvolvida por meio de um estudo de caso clínico, de uma criança com Transtorno Global do Desenvolvimento. O material utilizado foi elaborado a partir de registros em forma de relatórios e abrangem o material clínico obtido nos atendimentos à família e à escola, de julho/ 2002 a novembro/2004. Os recortes no material obtido retratam o percurso seguido ao longo do eixo da história do paciente enfatizando os momentos significativos que geraram desenvolvimento do processo terapêutico fonoaudiológico no que se refere à comunicação oral, integração social no ambiente familiar e escolar. Resultados: O paciente envolvido neste estudo freqüenta classe de ensino regular e, a partir dos atendimentos fonoaudiológicos, apresentou desenvolvimento significativo em seu comportamento social e em família, além de efetivo avanço em sua comunicação oral. Conclusões: Ao assumir uma perspectiva que direciona o atendimento para a criança de maneira singular, o enfoque terapêutico coloca-se para além das manifestações clínicas. Procura-se propiciar um ambiente físico e emocional capaz de promover experiências constitutivas que respeitem a singularidade de cada paciente levando em conta a realidade da família e da comunidade onde se encontra inserido aquele núcleo social. Como conseqüência a etnia, a cultura e a ética passam a ser compreendidas como fundantes do ser humano e, portanto, como lugar de enraizamento e existência. Portanto, em nosso entender, a atuação fonoaudiológica pode ser direcionada para a criação de situações que favoreçam o processo [de cada paciente] de inclusão na vida, com o respeito que todas as pessoas merecem
Abstract: Introduction: In the field of Speech Therapy it is possible to find questionings on how our clinical intervention could facilitate the insertion of the individual, mainly patients with special needs. This way the context of speech therapy clinic could be directed to help the patient finding his own personal place, a fundamental aspect that will give him the sense of belonging both to his family and to school. The theoretical referential from Winnicott is the base of this research and it has been legitimated in various other researches from the speech therapy area in the sense of revealing ways to welcoming the patient, the complaint and the demand, understating through the therapeutic relation the needs and queries in the life of the individual who comes for treatment. It is important to stress that it is part of the clinic perspective the extension of care to the environment, in this case family and school, whenever necessary. Objective of this work: reflect and discuss the role of the speech therapist in conducting these therapeutic strategies during treatment of a child with Pervasive Developmental Disorder, mainly related to family and school. Methodology: This research is from a clinic-qualitative nature and was developed through a clinic case study of a child suffering from Pervasive Developmental Disorder. The material used was prepared from recorded reports and comprises the clinical material obtained on the family counseling from July 2002 to November 2004. The material cuts obtained portray the route followed through the patient story main point, stressing out significant moments that originated the development of the speech therapy therapeutic process regarding speech communication, social integration in the school and family environment. Results: The patient involved in this study attends normal classes and since speech therapy treatments, presented significant development in both social and family behavior, apart from showing an effective advance in oral communication. Conclusions: Assuming a perspective that leads the treatment to a child in a unique way, the therapeutic focus goes beyond clinic manifestations. To favor a physical and emotional environment able to promote constitutive experiences that respect the singularity of each patient taking into consideration the reality of the family and the community where the social nucleus is inserted. As a consequence ethnic identity, culture and ethics are better understood as fundaments of the human being and therefore as place of rooting and existence. In our understanding therefore the role of Phonoaudiology (speech therapy) could be directed to the creation of situations that will favor each patient process of inclusion in life, with all the respect that every one deserves
Palavras-chave: Transtorno Global do Desenvolvimento
Família
Escola
Winnicott
Speech therapy
Pervasive Developmental Disorder
Family
School
Winnicott, Donald Woods -- 1896-1971
Criancas com desvios do desenvolvimento
Criancas -- Relacoes com a familia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Gertel, Marta Cecília Rabinovitsch. O papel do fonoaudiólogo na rede de relações sociais de uma criança com Transtorno Global do Desenvolvimento: estudo de caso. 2008. 98 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12204
Data de defesa: 29-Jul-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marta Cecilia Rabinovitsch Gertel.pdf282,65 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.