???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12223
Tipo do documento: Dissertação
Título: Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico por Frequência Específica em lactentes do nascimento aos três meses de idade
Autor: Almeida, Mabel Gonçalves 
Primeiro orientador: Lewis, Doris Ruthy
Resumo: Resumo. O Potencial Evocado Auditivo por Freqüência Especifica (PEATEFE) pode auxiliar no diagnóstico auditivo de lactentes quando não é possível a avaliação comportamental, possibilitando estimar a sensibilidade auditiva para as diversas freqüências do audiograma e, portanto orientar o processo de adaptação do aparelho de amplificação sonora individual (AASI). Objetivo. Descrever os achados do Potencial Evocado Auditivo do Tronco Encefálico por Freqüência Específica em lactentes ouvintes, do nascimento aos três meses de idade. Método. Foram avaliados 23 lactentes sem indicadores de risco para deficiência auditiva segundo o JCIH (2007) com idade cronológica média de 2 meses e 10 dias. Os lactentes apresentavam emissões otoacústicas por estímulo transiente e potencial evocado auditivo de tronco encefálico automático presentes bilateralmente; e timpanometria tipo A bilateralmente. A análise dos resultados comparou os níveis mínimos de respostas (NMR) e o tempo de latência da onda V segundo a variável sexo para as quatro freqüências estudadas. Resultados. Não foram observadas diferenças significantes nas latências e nos NMR quanto ao sexo. Obtiveram-se NMR de 34.2 dB NA (+_ 11.0) para o estímulo toneburst na freqüência de 500 Hz, de 25.4 dB NA (+_ 8,3) para a freqüência de 1000 Hz, e NMR para a freqüência de 2000 e 4000 Hz de 19 dB NA (+_ 5,5) e 17.5 dB NA (+_ 6,4) respectivamente. Os tempos de latência da onda V para a intensidade de 70 dB NA e 20 dB NA, respectivamente, na freqüência de 500 Hz foi de 10.75 ms e 15.2 ms, para a freqüência de 1000 Hz foi de 8.9 ms e 13.4 ms; já para a freqüência de 2000 Hz foi de 7.7 ms e 10.2 ms e para a freqüência de 4000 Hz foi de 7.3 ms e 9.4 ms. Conclusão. Concluiu-se que o PEATE-FE auxilia no diagnóstico audiológico ao estimar a sensibilidade auditiva nas freqüências de 500 Hz, 1000 Hz, 2000 Hz e 4000 Hz, podendo ser usado na prática clínica para a avaliação auditiva de crianças que não respondem de forma fidedigna a avaliação comportamental
Abstract: The frequency specific auditory evoked potential can give contribuitions in the diagnosis of hearing infants when it is not possible to assess the hearing levels thraugh behavioral and conditioned tests.allowing the estimation of hearing sensitivity to different frequencies of the audiogram and therefore guide the pracess of hearing aids selection and following contrais. Purpose. To describe the findings for the frequency specific auditory brainstem response in hearing infants. from birth to three months. Method. We evaluated 23 infants without risk indicators for hearing loss according to the JCIH (2007) with average chranological age of 2 months and 10 days. The infants had a TEOAE and AABR present in both ears and type A tympanometry. The analysis compared the minimal levei response and absolute latencies for wave V, according to sex, and for the four frequencies studied. Results.There was no significant differences in latencies for the minimal levei response according to to the sexo The FE- ABR thresholds were 34.2 dB HL (+_ 11.0) for the stimulus toneburst in the frequency of 500 Hz, 25.4 dB HL (+_ 8, 3) for the frequency of 1000 Hz, and for 2000 and 4000 Hz were of 19 dB HL (+_ 5.5) and 17.5 dB HL (+_ 6.4) respectively. The absolute latencies for wave V for 70 dB and 20 dB HL,: respectively, in response to 500 Hz was 10.75 ms and 15.2 ms; in response to 1000 Hz was 8.9 ms and 13.4 ms; for the frequency of 2000 Hz was 7.7 ms and 10.2 ms; ànd for the frequency of 4000 Hz was 7.3 ms and 9.4 ms. Contlusion. It was concluded that the tone-burst ABR assists in the diagnosis of audiological estimate the hearing sensitivity at frequencies of 500 Hz, 1000 Hz, 2000 Hz and 4000 Hz, can be used in clinical practice for hearing evaluation of children who do not respond in a reliable manner to behavioral assessment
Palavras-chave: Potencial evocado auditivo
Diagnóstico auditivo
Lactente
Auditory evoked potentials
Diagnosis
Infant
Audiometria de resposta evocada
Disturbios da audicao nos lactentes
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FONOAUDIOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Fonoaudiologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia
Citação: Almeida, Mabel Gonçalves. Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico por Frequência Específica em lactentes do nascimento aos três meses de idade. 2009. 113 f. Dissertação (Mestrado em Fonoaudiologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12223
Data de defesa: 18-Feb-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Mabel Goncalves Almeida.pdf1,45 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.