???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12356
Tipo do documento: Dissertação
Título: Percursos da geografia escolar, de sua gênese às propostas curriculares organizadas por competências: em questão, a análise do Referencial Curricular de Geografia para o ensino fundamental (2ª fase) do estado do Tocantins
Autor: Gonçalves, Juliano Rosa 
Primeiro orientador: Buitoni, Marisia Margarida Santiago
Resumo: Esse trabalho tem por objeto de análise um documento curricular elaborado e implementado pelo Estado do Tocantins para a rede pública estadual de ensino (Referencial Curricular). Para tanto, a pesquisa levou em consideração a situação histórica de criação e manutenção de um saber geográfico na escola, bem como da contextualização das novidades pedagógicas que têm aparecido recentemente no bojo das reformas curriculares. Assim procedendo, pressupôs-se que haveria um painel razoavelmente desenhado para abalizar a análise do documento. O Referencial Curricular refletiu as transformações que vêm ocorrendo em cenários mundial e nacional. As reformas educacionais que eclodiram pelo mundo na transição do século XX/XXI tiveram centralidade no currículo. Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), no Brasil, corresponderam a esse movimento de reordenamento da função da escola. Os PCN, por sua vez, influenciaram a elaboração das propostas estaduais e municipais. No Tocantins não foi diferente. Replicando as mesmas dificuldades teórico-operacionais dos Parâmetros, o documento regional pouco auxiliou na articulação de uma narrativa geográfica coerente, do ponto de epistemológico. Nesse sentido, não houve nenhuma opção declarada: não se admitiu como inscrita na vertente tradicional, nem crítica, nem humanista, nem qualquer outra embora, no conjunto, o documento apresentou mais características da primeira. A proposta de renovar a prática pedagógica via competências e habilidades se manteve meramente no nível da intenção; isso porque houve pouca clareza na distinção entre o que seriam as competências e as habilidades, de um lado, e procedimentos de ensino, de outro. Um reflexo, portanto, da inconsistência teórica, no documento, da aplicação da pedagogia das competências no ensino de Geografia. Competências que, em função de sua plasticidade conceitual, deveriam ser tomadas com cuidado e clareza, no sentido de apresentar os potenciais e os riscos envolvidos ao adotá-las em um currículo. Como balanço geral, os resultados não são animadores, uma vez que as confusões de ordem epistemológica e didática são flagrantes em todo o documento
Abstract: This work is an object of curriculum analysis prepared and implemented by the State of Tocantins to the state public education (Referencial Curricular). Therefore, the research considered the historical situation of creation and maintenance of a geographical knowledge in school, and the contextualization the new ideas that have appeared recently in the curriculum reforms. Thus, it is assumed that a panel designed to document analysis. The Referencial Curricular reflected the changes that are occurring in global and national contexts. Education reforms that broke the world at the transition of XX / XXI centuries had centrality in the curriculum. The Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) in Brazil corresponded with the movement of the reorganization of school function. The PCN influenced the development of state and local proposals. In Tocantins wasn t different. Replicating the same difficulties of theoretical and operational Parameters, the regional document just helped in the articulation of a geographical coherent narrative. By the way, there wasn t option declared: it was not admitted as entered in the traditional geography, or critical, or humanist or any other - although, overall, the document presented more characteristics of the first. The proposal to renew the teaching practice through competencies and abilities remained merely at the level of intention, because there wasn t distinction between what would be the competencies and abilities, and teaching procedures. This is a reflection the theoretical inconsistency in the document, and the application of teaching competencies in the Geography Education. Competencies that, due to its plasticity conceptual should be taken with care and clarity, to present the potential and the risks involved in adopting them on a curriculum. As balance, the results are not encouraging, since the confusion of epistemological and teaching are striking throughout the document
Palavras-chave: Ensino
Geography
Teaching
Curriculum
Geografia (Ensino fundamental) -- Estudo e ensino -- Tocantins, TO
Curriculos
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Geografia
Programa: Geografia
Citação: Gonçalves, Juliano Rosa. Percursos da geografia escolar, de sua gênese às propostas curriculares organizadas por competências: em questão, a análise do Referencial Curricular de Geografia para o ensino fundamental (2ª fase) do estado do Tocantins. 2010. 203 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12356
Data de defesa: 28-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Juliano Rosa Goncalves.pdf1,68 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.