???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12616
Tipo do documento: Tese
Título: Teias de tempos e sentidos: os textos da legenda anglo-normanda de Tristan no século XII
Autor: Carvalho, Yone de 
Primeiro orientador: Ferreira, Jerusa Pires
Resumo: Esta tese analisa os textos anglo-normandos do ciclo medieval de Tristan como documentos ou registros históricos. À luz da perspectiva dos trabalhos de Paul Zumthor, identifica as marcas da presença de escritores, ouvintes e leitores que participaram de seus primeiros movimentos de elaboração, elementos do contexto cultural amplo no qual foram gerados, e que representam de forma específica. Os romans en vers de Béroul e Thomas, os poemas designados por Folie de Berne e Folie d Oxford, e o lai Chevrefoil de Marie de France, são considerados como teias, tecidas na segunda metade do século XII, por escritores e seus públicos de ouvintes e leitores, nas cortes e outros espaços culturais medievais. O objetivo inicial é o de identificar, na perspectiva de Paul Ricoeur, a presença de rastros temporais e significativos dos processos culturais característicos do período e da região, e observar as dinâmicas que presidiram a configuração assumida por cada um dos textos e pelo conjunto. O segundo objetivo é proceder à interpretação das ambiguidades constitutivas das narrativas, considerando como chaves de leitura Memória, Dissimulação e Mascaramento, Hierarquias e Perspectivas, sobretudo em relação aos temas do amor e do poder e seu entrelaçamento. As obras testemunham vivências e concepções aristocráticas, que funcionaram como um espelho construído não apenas para refletir a imagem das práticas cortesãs, mas para permitir a reflexão sobre temas caros a esse mundo em transformação. A tese, por fim, visa contribuir para uma melhor compreensão da complexa construção das civilidades ocidentais
Abstract: This doctoral thesis deals with historical and literary Anglo-Norman sources of the medieval legend of Tristan. Elaborating on the perspective of Paul Zumthor, we identified some of the singularities of writers, readers and listeners, who were involved in the initial making of such texts. They both display aspects of the larger cultural context of the second half of the 12th century and more specific peculiarities of social life in the Anglo-Norman courts as displayed in romans en vers of Béroul and Thomas, the poems known as Folie de Berne and Folie d Oxford, and the lai Chevrefoil of Marie de France, which we see as webs woven by writers and their audiences of listeners and readers. We also worked from Paul Ricoeur s perspective, the temporal horizons and significant signs of the cultural processes that were characteristic of this period and places. We interpreted the particular forms and meanings gradually acquired by each one of the texts in the dynamics between their parts and their whole. A second point at issue is to interpret the essential ambiguities of the narratives, taking into consideration key words such as Memory, Dissimulation and Masking, Hierarchies and Perspectives, referring mainly to the themes of love and power and their interrelations. This literary works witness as if in a mirror the aristocratic ways of thinking and living. We dwell on their interrelations not only as images but also as practices of social life in Anglo-Norman courts in order to achieve a broader understanding of the cherished themes of this transforming world. This thesis aims to be a contribution to a better comprehension of courtly manners and of the complex nature of the history of Anglo- Norman culture and its roles in the construction of European Western civilization
Palavras-chave: Tristão e Isolda
Textos anglo-normandos
Cortesia
Amor
Poder
Civilidades
Tristan and Isolt
Anglo-Norman texts
Courtly love
Power
European Western civilization
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: História
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Carvalho, Yone de. Teias de tempos e sentidos: os textos da legenda anglo-normanda de Tristan no século XII. 2010. 255 f. Tese (Doutorado em História) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/12616
Data de defesa: 30-Jun-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Yone de Carvalho.pdf2,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.