???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13579
Tipo do documento: Tese
Título: Transformações e conflitos no processo de elaboração, de difusão e de utilização de instruções oficiais de educação infantil: um estudo genealógico
Autor: Barricelli, Ermelinda 
Primeiro orientador: Machado, Anna Rachel
Resumo: O objetivo desta tese é investigar de que forma os textos-entrevistas de uma Prescritora, de uma Formadora e de uma Professora representam os processos de elaboração, de difusão e de utilização de um documento oficial do Município de São Paulo voltado para Educação Infantil - Orientações Curriculares Expectativas de Aprendizagens e Orientações Didáticas OCs (2007). O levantamento de parte da história da Educação Infantil nos mostrou a fragilidade desse segmento, especialmente no Brasil, já que nele se considera a) uma visão de criança marcada pela crença da sua fragilidade física e intelectual; e b) a consequente transposição dessas crenças para os contextos educacionais que culminam em um atendimento dicotomizado entre o cuidar e o educar. Essas contradições, por sua vez, nos levaram à hipótese de que esses conflitos históricos se manifestariam, de alguma forma, nos processos de elaboração, de difusão e de utilização do documento municipal. Para a verificação dessa hipótese propomo-nos a analisar três entrevistas: a) com a coordenadora do grupo de elaboradores do documento oficial do Município de São Paulo, a Prescritora; b) com uma Formadora da Diretoria de Orientações Técnicas da Secretaria de Educação de São Paulo; c) com uma Professora da Rede Municipal de São Paulo. As entrevistas foram realizadas, respectivamente, em dezembro de 2008, em junho de 2010 e em agosto de 2010. Desse modo, pudemos verificar o andamento do processo, desde a sua idealização até a sua chegada à escola de Educação Infantil. Tomamos como base teórica central os estudos realizados por pesquisadores da Clínica da Atividade do CNAM (Conservatoire National des Arts et Métiers), do grupo ERGAPE (Ergonomie de l Activité des Professionnels de l Éducation), do grupo LAF (Langage, Action, Formation) e do grupo ALTER CNPq (Análise de Linguagem, Trabalho Educacional e suas Relações) sediado no LAEL da PUC-SP. Os dados foram analisados de acordo com os procedimentos propostos pelo Interacionismo Sociodiscursivo (BRONCKART, 1997/2003) no tocante à análise de alguns elementos do folhado textual: 1) a infraestrutura geral do texto (plano global, conteúdos temáticos, sequências e tipos de discurso); 2) os mecanismos de textualização (conexão nominal) e 3) os mecanismos enunciativos (vozes). Utilizamos, ainda, como categoria de análise as figuras de ação, desse mesmo aporte teórico (BULEA, 2007, 2010). Assim, esta tese demonstra que os processos de elaboração, de difusão e de utilização de uma nova prescrição se constituem por conflitos relacionados com as dimensões do trabalho (CLOT, 2008) e que esses conflitos, por sua vez, podem ser identificados linguístico e discursivamente. A relevância desta pesquisa deve-se, principalmente, ao fato de termos levantado as marcas linguísticas que nos indicam conflitos verificando de que forma esses conflitos incidem sobre os processos mencionados anteriormente, foco desta pesquisa. Assim, pudemos conhecer os desdobramentos da implantação de uma Política Pública Educacional e, finalmente, a pesquisa contribui também para o segmento de Educação Infantil, já que ainda são escassas as pesquisas voltadas para o trabalho docente nessa área
Abstract: This thesis is aimed at investigating how the interviews of a prescriber, a trainer and a teacher represent in the processes of creating, spreading and using the official document called Orientações Curriculares Expectativas de Aprendizagens e Orientações Didáticas OCs (2007), developed by the City of São Paulo with focus at Pre-school Education. Studying the Pre-school Education history has shown us how fragile this segment is, particularly in Brazil, due to the fact that a) the child is perceived as physically as well as intellectually fragile; and b) thus the transposition of such beliefs to the educational contexts culminates in a split service: taking care and educating. Such contradictions have taken us to consider the hypothesis that historical conflicts would appear somehow in the processes of creating, spreading and using the official document. In order to check this hypothesis the following interviews were analyzed: a) one conducted with the coordinator of the group responsible for elaborating the official document, the prescriber; b) another with a trainer from Diretoria de Orientações Técnicas da Secretaria de Educação de São Paulo; c) and the other interview was performed with a teacher from the public school system run by the City of São Paulo. The interviews were carried out in December, 2008, June 2010 and August 2010, respectively. In this way, we were able to monitor the process since its conception up to the implementation at the Pre-school facilities. It was taken into consideration as our theoretical framework the studies conducted by researchers from CNAM (Conservatoire National des Arts et Métiers), ERGAPE (Ergonomie de l Activité des Professionnels de l Éducation), LAF (Langage, Action, Formation) and ALTER CNPq (Analysis of Language, Educational Work and their Connections) based at LAEL, PUC-SP. The data was analyzed according to the procedures proposed by the Socio-discursive Interactionism (BRONCKART, 1997/2003) in relation to the analysis of some elements of the feuilleté textuel: 1) the general infrastructure of the text (general text plan, thematic content, sequences and types of discourses); 2) mechanisms of textualization (nominal connection) and 3) the enunciative mechanisms (voices). It was also was employed as a category for analysis the action figures from the same theoretical framework (BULEA, 2007, 2010). Therefore, this thesis shows that, on one hand, the processes of creating, spreading and using of a new prescription are made by conflicts related to the dimensions of the job (CLOT, 2008) and, on the other, such conflicts can be linguistically and discursively identified. The relevance of this research lies on to the fact that it was possible to identify linguistic features, which point to conflicts. These linguistic features have enabled us to check how these conflicts have an effect on the above-mentioned processes which is the aim of this research. Consequently, it was possible to acknowledge the outcome when implementing an Educational Public Policy, as well as to conduct a research that also contributes for the Pre-school segment, as there are few studies aimed at the teachers work in this area
Palavras-chave: Trabalho educacional
Prescrição
Educação infantil
Educational work
Prescription
Pre-school education
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Barricelli, Ermelinda. Transformações e conflitos no processo de elaboração, de difusão e de utilização de instruções oficiais de educação infantil: um estudo genealógico. 2012. 222 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13579
Data de defesa: 20-Jun-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ermelinda Barricelli.pdf2,35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.