???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13609
Tipo do documento: Tese
Título: A avaliatividade em pareceres de revista científica de linguística: uma perspectiva sistêmico-funcional
Título(s) alternativo(s): Appraisal in peer reviews of a Linguistics scientific journal: a systemic functional perspective
Autor: Cruz, Osilene Maria de Sá e Silva da 
Primeiro orientador: Ramos, Rosinda de Castro Guerra
Resumo: Esta pesquisa, inserida no grupo de pesquisa GEALIN, tem por objetivo analisar pareceres de artigos de uma revista científica de Linguística, tendo como embasamento teórico a perspectiva da Linguística Sistêmico-Funcional (HALLIDAY, 1994; HALLIDAY e MATTHIESSEN, 2004; EGGINS, 1994; THOMPSON, 1996; MARTIN, MATTHIESSEN e PAINTER, 1997), sobretudo a metafunção interpessoal, e o Sistema de Avaliatividade (MARTIN e WHITE, 2005). O corpus é constituído por 67 pareceres de artigos, organizados em três grupos: aprovados sem restrições (A), aprovados com restrições (AR) e reprovados (R). Por meio de uma abordagem de pesquisa qualitativa, cujos procedimentos metodológicos foram adaptados de Martin e White (2005), a investigação identificou treze tópicos (aboutness) abordados pelos pareceristas: Análise, Argumentação, Bibliografia, Contribuição, Forma, Língua, Metodologia, Objetivo, Resultado, Resumo, Tema, Teoria e Título, os quais foram analisados na perspectiva dos Subsistemas de Avaliatividade: Atitude, Engajamento e Gradação. No Subsistema Atitude, identificou-se considerável ocorrência da categoria Apreciação, com avaliações predominantemente positivas para o grupo de pareceres A e negativas para os grupos de pareceres AR e R. Instanciações típicas do Subsistema Engajamento revelam predomínio de posicionamentos heteroglóssicos nos três grupos de pareceres, embora se tenha observado um índice maior de posicionamentos monoglóssicos no grupo de pareceres A. O grupo de pareceres AR apresenta mais ocorrências de Expansão Dialógica, sobretudo por significados típicos da categoria Acolhimento. O grupo de pareceres R apresenta maior frequência de Contração Dialógica, predominantemente por recursos da categoria Negação. A análise do Subsistema Gradação mostra predomínio de ocorrências do tipo Força, com destaque para recursos de Intensificação, demonstrando aspectos positivos nos pareceres A e negativos nos pareceres AR e R. Recursos de Quantificação foram utilizados com maior incidência em avaliações negativas, sinalizando generalização na avaliação. Os resultados desta pesquisa trazem contribuições para estudos sobre Avaliatividade e o gênero parecer de revista científica, contribuindo também com a revista RL1, por meio de subsídios para melhorar ainda mais sua qualidade e prestígio
Abstract: This study is part of GEALIN research group. It aims at analysing peer reviews from one Linguistics scientific journal and is based on the Systemic Functional Linguistics approach (HALLIDAY, 1994; HALLIDAY & MATTHIESSEN, 2004; EGGINS, 1994; THOMPSON, 1996; MARTIN, MATTHIESSEN & PAINTER, 1997), especially on the interpersonal metafunction, and Appraisal System (MARTIN & WHITE, 2005). The corpus consists of 67 peer reviews, organized in three groups: approved articles without restrictions (A), approved articles with restrictions (AR) and rejected articles (R). Using the paradigm of qualitative research approach, with methodological proceedings adapted from Martin & White (2005), the study identified thirteen topics (aboutness) discussed by referees: Abstract, Analysis, Argumentation, Bibliography, Contribution, Form, Language, Methodology, Objective, Result, Theme, Theory and Title. These topics were analysed under the perspective of Appraisal Subsystems: Attitude, Engagement and Graduation. Under Attitude, considerable occurrences of Appreciation were identified, with evaluations predominantly positive for group A and evaluations predominantly negative in groups AR and R. Instantiations of Engagement reveal a predominance of heteroglossia in all the three groups, although it was observed more instantiations of monoglossic positionings in group A. Group AR presents frequent occurrences of Dialogic Expansion through meanings of Entertain. Group R presents more frequency of Dialogic Contraction, predominantly through resources of Negation. Analysis related to Graduation reveals a predominance of Force, with more evidence to Intensification resources, demonstrating positive aspects in group A and negative significances in groups AR and R. Quantification instantiations were used more effectively in negative evaluations, indicating generalization in evaluation. This research can contribute to Appraisal studies and to the approach of scientific journals. It may also contribute to Journal RL1, providing information to improve its prestige
Palavras-chave: Linguística sistêmico-funcional
Avaliatividade
Pareceres
Gêneros textuais
Systemic functional linguistics
Appraisal
Peer reviews
Textual genres
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Cruz, Osilene Maria de Sá e Silva da. Appraisal in peer reviews of a Linguistics scientific journal: a systemic functional perspective. 2012. 221 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13609
Data de defesa: 4-Dec-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Osilene Maria de Sa e Silva da Cruz.pdf2,12 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.