???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13656
Tipo do documento: Dissertação
Título: A gestão pedagógica no horário coletivo e os desdobramentos na sala de aula
Autor: Gomes, Maria do Socorro Ferreira 
Primeiro orientador: Liberali, Fernanda Coelho
Resumo: Esta pesquisa investiga como ocorre a gestão da formação contínua dos professores para o ensino da leitura em uma Escola de Ensino Fundamental do Município de São Paulo. A investigação focaliza discursos que se organizam no Horário Coletivo, por meio dos quais se analisa a complexidade das demandas que permeiam as ações de uma coordenadora pedagógica. As interações que ocorrem entre a coordenadora pedagógica e os professores no Horário Coletivo da escola compõem o corpus deste trabalho e servirão de base para para compreender criticamente essa ação de gestão e seus desdobramentos na sala de aula do Ensino Fundamental. O modelo de gestão que orienta este trabalho está ancorado em princípios democráticos e de autonomia construída individual e coletivamente, com base em valores como: criticidade, criatividade e colaboração. Considerando que o modo de gerir a formação contínua de professores tem o potencial de influir nas práticas de ensino desenvolvidas na escola, o ensino de leitura foi objeto de análise nas atividades da sala de aula. Esta pesquisa fundamenta-se em uma concepção de leitura fluente, na qual o aluno lê atribuindo sentido ao discurso materializado na forma de enunciados concretas. Pressupõe-se um sujeito capaz de interagir com os textos que circulam nas situações sociais mediadas pela linguagem. Espera-se contribuir com propostas de gestão para formação contínua de professores, tendo em vista a superação de problemas que surgem no processo de ensino e aprendizagem da leitura na sala de aula. Para isso, foram formuladas duas questões orientadoras: (1) que modo de gestão da formação contínua de professores, no HC, pode contribuir para a transformação do significado da leitura na sala de aula? (2) Que sentidos e significados são atribuídos ao ensino de leitura no HC da escola e na sala de aula? Trata-se de uma pesquisa crítica colaborativa, que analisa a atividade Horário Coletivo do ponto de vista da Teoria da atividade Sócio-Histórico-Cultural. Os discursos presentes, nesse contexto, são analisados na perspectiva da Linguística Aplicada para compreender os pressupostos teóricos que fundamentam as ações dos sujeitos, tendo a colaboração crítica e a argumentação como base de produção e análise das interações nas atividades da escola. Os resultados indicam que as concepções individuais de leitura da coordenação pedagógica e dos professores tiveram implicações no tratamento didático da leitura na sala de aula. O modo de gerir a formação contínua dos professores, para o ensino de leitura na escola, inicialmente de forma transmissiva, corroborou uma concepção de leitura estruturalista e decodificadora. Na decorrer desta investigação, a gestão da formação contínua dos professores se torna mais dialógica, assim como a concepção de leitura se aproxima de uma perspectiva sócio-histórico-cultural
Abstract: This research investigates how the management of the training of teachers for the teaching of reading in a Primary School in São Paulo occurs. The research focuses on discourses that organize the Collective Time, through which we analyze the complexity of the demands that permeate the actions of a pedagogical coordinator. The interactions that occur between the educational coordinator and" teachers in school Collective Time make up the corpus of this work and provide a basis for understanding this critical management action and its consequences in the class room of elementary school. The management model that guides this work is based on democratic principles and individual autonomy and collectively constructed, based on values such as criticism, creativity and collaboration. Whereas the method of managing the training of teachers has the potential to influence teaching practices developed at school, teaching reading has been the subject of analysis in the activities of the classroom. This research is based on a conception of fluent reading, in which the student reads assigning meaning to the discourse materialized in the form of concrete utterances. Assumes a subject capable of interacting with texts circulating in social -situations mediated by language. Expected to contribute to proposals for management training of teachers in order to overcome problems that arise in the teaching and learning process of reading in the classroom. For this, two guiding questions were formulated: (1) What mode of management training of teachers, the Collective Time may contribute to the transformation of the meaning of reading in the classroom? (2) What meanings and meanings are assigned to teach reading in school and Collective Time in the classroom? This is a collaborative critical research, which analyzes the Collective Time Seen from the point of view of Activity Theory Socio-Historical-Cultural. The discourses present in this context are analyzed from the perspective of applied linguistics to understand the theoretical assumptions that underlie the actions of individuals, and the collaboration and critical reasoning as a basis for production and analysis of interactions in school activities. The results indicate that individual conceptions of reading teaching coordination and teachers have implications for treatment- of teaching reading in the classroom. The way to manage the training of teachers for teaching reading in school, initially transmissive form, confirmed the conception of structuralist reading and decoding. In the course of this research, management training of teachers becomes more dialogic, as well as the conception of reading approaches a socio-cultural-historical perspective
Palavras-chave: Gestão pedagógica
Atividades da escola
Discurso
Leitura
Educational management
Activity
Speech
Reading
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Gomes, Maria do Socorro Ferreira. A gestão pedagógica no horário coletivo e os desdobramentos na sala de aula. 2014. 200 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13656
Data de defesa: 27-Jan-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria do Socorro Ferreira Gomes.pdf1,84 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.