???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13658
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ameaça em O Ateneu, de Raul Pompéia: um enfoque da gramática sistêmico-funcional
Título(s) alternativo(s): The threat in O Ateneu, by Raul Pompéia a standpoint of the systemic functional grammatic
Autor: Vallezi, Nanci de Souza 
Primeiro orientador: Ikeda, Sumiko Nishitani
Resumo: O objetivo desta pesquisa é examinar a linguagem da ameaça, na obra O Ateneu, de Raul Pompéia, sob o enfoque da Gramática Sistêmico-Funcional e suas ramificações, que abrangem a Linguística Crítica e a Avaliatividade. A obra enfoca a relação de poder de Aristarco, representando a escola, em relação ao aluno novato, Sérgio. Ao entrar em contato com algumas propostas teórico-metodológicas da Gramática Sistêmico-Funcional, surgiu-me a curiosidade de examinar na obra - que já analisara do ponto de vista da literatura no meu trabalho de Conclusão de Curso - as escolhas léxico-gramaticais feitas pelo autor para imprimir o cunho da ameaça que envolve o ambiente de O Ateneu. A ameaça, sociamente definida como tendo fortes elos ideológicos com avaliações de violência e controle por parte do ameaçador, têm, até recentemente, recebido pouca atenção nos meios acadêmicos. A teoria afirma que, enquanto se têm ligado formas violentas de comando a altos níveis de ameaça, as formas mitigadoras e implícitas são disfarçadas ou completamente mascaradas, criando uma compreensão incompleta do gênero. A análise de cunho crítico, apoia-se na Gramática Sistêmico-Funcional, enfocando o sistema da Transitividade e da Avaliatividade. A pesquisa visa a responder às perguntas: (a) Que escolhas léxico-gramaticais são feitas em O Ateneu, para expressar uma ameaça? (b) De que modo pode a Transitividade contribuir nessa expressão? (c) De que modo pode a Avaliatividade contribuir nessa expressão? Os resultados mostram que a ameaça em O Ateneu acontece, em geral, de maneira implícita, ou seja, por tokens de Atitude, e são perceptíveis ao leitor devido ao seu enquadre, que atribui coerência ao texto, e por meio da realização prosódica construída ao longo da narrativa. Nesse processo, Pompéia recorre à ironia, que, segundo a análise do discurso crítica, encoraja os leitores a se conscientizarem e avaliarem o que seria, de outro modo, aceito sem questionamento
Abstract: The objective of this research is to evaluate the language of threat in the O Ateneu, by Raul Pompéia , from the standpoint of the Systemic Functional Grammar and its ramifications, covering Linguistics Criticism and Appraisal . The title focuses on the power relationship of Aristarco, representing the school, concerning the new student Sérgio. As I started studying some theoretical-methodology proposals of Systemic Functional Grammar, arose the curiosity to examine in the title which I already had examined from the literature point of view in my Coursework lexico-grammatical choices made by the author to emphasize the threat that involves the environment of the O Ateneu. The threat, socially defined as having strong ideological links with assessments of violence and control by the threatening, have, until recently, received little attention in academic circles. The theory states that, while there are violent ways of command linked to high levels of threat, mitigation and implicit forms are disguised or masked completely, creating an incomplete understanding of the genre. The critical analysis, relies on Systemic Functional Grammar, focusing on the system of Transitivity and Appraisal. The research aims to answer the questions: (a) which lexical- grammatical choices are made at the O Ateneu, to express a threat? (b) How can the Transitivity contribute to this expression? (c) How can the Appraisal contribute to this expression? The results show that the threat in O Ateneu, in general, happens implicitly, it means by attitude tokens, and they are perceptible to the reader due to its fit, which gives coherence to the text, and by performing the prosody throughout the narrative. In this process, Pompéia resorts to irony, that, according to critical discourse analysis, encourages readers to become aware and evaluate what would otherwise be accepted without question
Palavras-chave: Ameaça
Avaliatividade
Gramática sistêmico-funcional
Transitividade
Threat
Appraisal, Systemic functional grammar
Transitivity
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Vallezi, Nanci de Souza. The threat in O Ateneu, by Raul Pompéia a standpoint of the systemic functional grammatic. 2014. 80 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13658
Data de defesa: 20-Jan-2014
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nanci de Souza Vallezi.pdf801,69 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.