Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13750
Tipo do documento: Tese
Título: O artigo de opinião na atividade social Produzir um Jornal : o ensino-aprendizagem de capacidades de linguagem a partir de uma abordagem colaborativa
Autor: Santos, Juliana Ormastroni de Carvalho 
Primeiro orientador: Magalhães, Maria Cecilia Camargo
Resumo: Esta tese está voltada à compreensão e à produção de contextos em que os alunos de uma turma do 7º ano do Ensino Fundamental, de uma escola pública do interior do Estado de São Paulo, pudessem apropriar-se do processo de escrita do gênero artigo de opinião. Tem como objetivo geral analisar o processo de produção escrita desse gênero, desenvolvido na proposta da Atividade Social Produzir um jornal . Os objetivos específicos focalizam, principalmente, a transformação dos modos de trabalhar com os processos de escrita voltados a identificar: (a) as características da interação entre os participantes na produção do artigo de opinião e (b) os modos de apropriação das capacidades de linguagem, pelos alunos, ao longo da produção do artigo de opinião. Justifica-se a escolha do tema deste estudo por relacionar-se à importância da argumentação, que, na pesquisa, esteve presente em debates sobre questões sociais polêmicas e sobre a negociação de temas, regras, divisão de trabalho na organização dos contextos, e em relações que possibilitassem escolhas conscientes e intencionais na construção do artigo de opinião, e também nas ações com colegas e professora que contribuíssem para uma participação cidadã. Esta pesquisa procurou, dessa forma, organizar interações mais horizontais entre professoras e alunos, nas quais os estudantes fossem protagonistas no processo de ensino-aprendizagem e não apenas participantes passivos. O embasamento teórico foi construído a partir da Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural (TASHC), considerando as concepções de Vygotsky (1934/1991, 1934/2001), Vygotsky, Leontiev e Luria (1934/2001) e Engeström (1999, 2002, 2011), e da Atividade Social (LIBERALI, 2009) como desdobramento da TASHC. Os pressupostos teóricos sobre a linguagem alicerçaram-se na teoria dos gêneros de Bakhtin/Volochinov (1929/1992) e Bakhtin (1979/2011), bem como nos estudos sobre as capacidades de linguagem, desenvolvidos por Dolz e Schneuwly (2010), que focalizam o gênero de discurso como um artefato cultural para o desenvolvimento da escrita. Metodologicamente, este estudo está apoiado na Pesquisa Crítica de Colaboração (PCCol) (MAGALHÃES, 2009, 2010, 2011), metodologia que embasa a escolha e a organização de ações em pesquisas conduzidas em contextos escolares. O objetivo é possibilitar que compreensões e transformações sejam inseridas por meio da criação de instrumentos que permitem aos sujeitos participantes olharem e compreenderem os sentidos e significados das próprias ações, bem como as de outros, e relacioná-las ao contexto histórico-cultural e político em que agem. Foram analisadas interações entre alunos e professoras e as produções escritas dos alunos, com base em categorias (a) enunciativas - plano geral do texto e conteúdo temático (BRONCKART, 1999), (b) discursivas - tipos de perguntas (RYCKEBUSCH, 2011; BROOKFILED e PRESKILL, 2005 e NININ, 2013), turnos conversacionais (PONTECORVO, 2005), categorias de articulação e argumentação do discurso (LIBERALI, 2013), e (c) linguísticodiscursivas - aspectos linguísticos (LIBERALI, 2013). Os resultados obtidos revelaram transformações quanto aos modos de agir dos participantes e apropriações referentes ao gênero artigo de opinião
Abstract: This thesis is focused on understanding and on production contexts in which students of a 7th grade class of elementary school from a public school in the state of São Paulo could take ownership of the process of writing the genre opinion piece. It has as main goal the analyses of the writing production process of this genre, developed during the proposal activity of the Social Activity "Producing a Newspaper". The specific goals focus mainly the transformation of ways of working with the writing processes intended to identify: (a) the characteristics of the interaction among the participants in producing the opinion piece and (b) the ways of appropriation of language skills by students throughout the production of the opinion piece. The choice of subject for this study is justified because it is related to the importance of the argument that, in this research, was found in debates on controversial social issues and in the negotiation of topics, rules, division of labor in the organization of contexts, and in relations that would enable conscious and intentional choices when building the opinion piece, and also in actions with classmates and teacher which contribute to a citizen participation. This research sought, thus, to organize more horizontal interactions among teachers and students, in which students were protagonists in the teaching-learning process and not just passive participants. The theoretical basis was built from the Theory of Socio-Historical-Cultural Activity (TASHC), considering the views of Vygotsky (1934/1991, 1934/2001), Vygotsky, Leontiev e Luria (1934/2001) and Engeström (1999, 2002, 2011) and the Social Activity (Liberali, 2009) as unfolding TASHC. The theoretical assumptions about language are based on the genre theory of Bakhtin / Voloshinov (1929/1992) and Bakhtin (1979/2011) as well as on studies of language skills, developed by Dolz and Schneuwly (2010), which focus the discourse of gender as a cultural artifact to the development of writing. Methodologically, this study is supported by the Critical Research Collaboration (PCCol) (Magalhães, 2009, 2010, 2011), a methodology that underlies the choice and the organization of actions on research conducted in school settings. The goal is to enable understandings and changes that can be inserted through the creation of tools that allow active participants to look and understand the meanings of one's actions and those of others, and relate them to the historical-cultural and political context from where they act. Interactions among students and teachers and the students' written productions were analyzed based on categories (a) enunciative - general plan text and thematic content (Bronckart, 1999), (b) discursive - types of questions (RYCKEBUSCH, 2011; BROOKFILED and Preskill, 2005 and Ninin, 2013), conversational turns (PONTECORVO, 2005), categories of articulation and argumentation speech (LIBERALI, 2013), and (c) linguistic-discursive - linguistic aspects (LIBERALI, 2013). The results found show changes on the modes of action of the participants and appropriations related to the genre opinion piece
Palavras-chave: Teoria da atividade sócio-histórico-cultural
Colaboração crítica
Artigo de opinião
Atividade social
Capacidades de linguagem
Theory of socio-historical-cultural activity
Critical collaboration
Opinion article
Social activity
Language capabilities
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Santos, Juliana Ormastroni de Carvalho. O artigo de opinião na atividade social Produzir um Jornal : o ensino-aprendizagem de capacidades de linguagem a partir de uma abordagem colaborativa. 2015. 326 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/13750
Data de defesa: 29-Jul-2015
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Juliana Ormastroni de Carvalho Santos.pdf2 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.