???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14148
Tipo do documento: Tese
Título: A monitoria na escola pública: sentidos e significados de professores e monitores
Título(s) alternativo(s): The monitorship model in public schools: sense and meanings of teachers and monitors
Autor: Faria, Joelma Pereira de 
Primeiro orientador: Magalhães, Maria Cecilia Camargo
Resumo: Este trabalho tem como objetivo compreender, de forma crítica, a discussão sobre monitoria e formação de monitores em uma escola da rede pública de ensino médio, de uma cidade do sul de Minas Gerais, na criação de contexto para um trabalho com formação docente e discente, a partir da compreensão dos sentidos e significados compartilhados por professores, monitores e pesquisadores. Foi desenvolvido em uma Escola Municipal de Ensino Médio da Cidade de Cachoeira de Minas, sul de Minas Gerais, está fundado na Pesquisa Crítica de Colaboração - PCCol (MAGALHÃES2002, 2004 e 2007,). Considerando que este tipo de metodologia propõe a aprendizagem e o desenvolvimento para todos os envolvidos, o quadro teórico centra-se na Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural (TASHC) considerando as discussões de Vygotsky, (1930/1978, 1934/2000, 1982/1999, 1935/2002), Leontiev (1959, 1978, 2004, 2005), Daniels (2003), Newman & Holzman (2002) e Engeström (1987, 1999, 2002), sobre atividade e consciência, mediação, ZDP e sentido e significado. Discute a linguagem na colaboração e na reflexão crítica, partindo dos pressupostos de Bakhtin (1929/2002), Magalhães (1990, 1992, 1994, 1996,1998a, 2000, 2009p), Van Manen (1977), Schön (1992/1995) e Garcia (1992/1995). O objeto da atividade focalizada neste trabalho é a Monitoria. A discussão dos resultados foi realizada com base em recortes selecionados de interações entre a pesquisadora, os professores e os monitores ao longo de onze encontros. Centra-se em categorias desenvolvidas por Bronckart (1999/2007). Os resultados revelam que: (i) professores e monitores reconstruíram seus sentidos iniciais sobre monitoria; (ii) os papéis de professores e monitores foram ressignificados; e (iii) as ações desenvolvidas na escola apontam para uma nova de organização do contexto de sala de aula. Mostram também a importância da criação de espaços colaborativos no contexto da pesquisa e na escola pública, principalmente na pesquisa de intervenção
Abstract: This paper aims at comprehending, in a critical way, the discussion about monitorship and the monitor formation in a High School in a public school in a city in the south of Minas Gerais State, in the creation of a context for a teacher and student formation research, through the comprehension of sense and meanings shared by teachers, monitors and researchers. It was developed in a High School Public school, in Cachoeira de Minas, south of Minas Gerais State and it is founded on Critical Research of Collaboration (MAGALHÃES2002, 2004 e 2007). Once this kind of methodology proposes learning and development for all of them involved in the research, the theorical frame is based on Socio-Historical-Cultural Activity Theory (TASHC) considering the discussions of Vygotsky, (1930/1978, 1934/2000, 1982/1999, 1935/2002), Leontiev (1959, 1978, 2004, 2005), Daniels (2003), Newman & Holzman (2002) e Engeström (1987, 1999, 2002), on activity and consciousness, mediation, ZPD and sense and meaning. It discusses language on collaboration and critical reflection, on the basis of (1929/2002), Magalhães (1990, 1992, 1994, 1996, 1998a, 2000, 2009p), Van Manen (1977), Schön (1992/1995) and Garcia (1992/1995). The activity object in this research is the monitorship. The discussion result was performed on the basis of excerpts taken from interactions among the researcher, the teachers and the monitors along 11 meetings that took place in the project. It centers in categories developed by (1999/2007). The results show that: (i) teachers and monitors reconstructed their initial sense about monitorship; (ii) the roles of teachers and monitors got a new meaning; and (iii) the actions developed at school point to a new organization of the classroom context. They also show the importance of creating collaborative spaces in the research and the public school context, mainly when the focus is on intervention research
Palavras-chave: Monitoria
Escola pública
Pesquisa crítica de colaboração
Sentidos e significados
Monitorship
Public school
Critical research of collaboration
Sense and meanings
Escolas publicas -- Minas Gerais, MG -- Organizacao e administracao
Professores -- Formacao profissional
Sistema Monitorial de educacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Faria, Joelma Pereira de. The monitorship model in public schools: sense and meanings of teachers and monitors. 2010. 197 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14148
Data de defesa: 2-Jun-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Joelma Pereira de Faria.pdf1,18 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.