???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14157
Tipo do documento: Tese
Título: Retratos dialógicos da clínica: um olhar discursivo sobre relatórios de atendimento psicopedagógico
Autor: Silva, Adriana Pucci Penteado de Faria e 
Primeiro orientador: Brait, Elisabeth
Resumo: Nesta tese, discutimos a complexidade discursiva dos relatórios de atendimento clínico elaborados por estudantes de Psicopedagogia em estágio supervisionado e demonstramos os embates inerentes ao trabalho do psicopedagogo em formação, que envolve a interação entre os seguintes parceiros discursivos: paciente, estagiário/psicopedagogo, professor/supervisor. Para tanto, buscamos esclarecimentos sobre regulamentação do campo da Psicopedagogia no Brasil, em que atuam profissionais com formações diversas e que se constitui como esfera de circulação dos relatórios. Em seguida, refletimos sobre procedimentos relativos à atividade da escrita da clínica, articulando a escassa prescrição sobre o tema com o que se pode inferir de alguns casos publicados. Efetuamos, por fim, a análise de relatórios de atendimento clínico produzidos na esfera acadêmica. Considerando que a Psicopedagogia trata do sujeito nas suas dimensões histórica, social, desejante e relacional, entendemos que esse sujeito é uma das vozes presentes nos relatórios inserida pela escrita do estagiário/psicopedagogo, enunciador que deixa nesses documentos as marcas de seu centro emocional volitivo, a partir do qual a escrita se organiza. As aparentes tensões discursivas constitutivas dos relatórios apontaram para a adequação da teoria dialógica de perspectiva bakhtiniana como fundamentação teórica capaz de embasar a identificação das formas de presença das diferentes vozes discursivas e de sua organização em uma forma arquitetônica a partir da qual o tema do enunciado se constitui. O corpus de análise foi organizado a partir de: a) excertos de relatórios referentes a um atendimento feito por estagiários do curso de Especialização em Psicopedagogia da COGEAE/PUC-SP, entre março de 2004 e fevereiro de 2005 e b) excertos de relatórios provenientes de dois atendimentos realizados no segundo semestre de 2007 por estudantes da disciplina Diagnóstico Psicopedagógico, do mesmo curso de especialização. Os relatórios, sendo enunciados concretos, únicos e irrepetíveis, têm seu tema estabelecido a partir da posição discursiva de seu enunciador/autor. Assim sendo, são premissas desta pesquisa: a) a relação do paciente com o conhecimento é estudada a partir do modelo das suas primeiras relações vinculares e b) a investigação da relação do paciente com as figuras que exercem a função paterna e materna resulta na presença dos discursos parentais nas sessões. A partir dessas premissas, trabalhamos com a seguinte hipótese norteadora: se a análise dialógica dos relatórios escritos por estagiários a partir da atividade clínica psicopedagógica é reveladora de tensões discursivas entre as vozes presentes nesses documentos, então a percepção dessas tensões pode contribuir para o estudo clínico dos casos e para a reflexão sobre a atividade do estagiário/psicopedagogo. As análises demonstram que o relatório traz uma descrição da clínica e evidencia a leitura que seu autor faz desse evento, apontando para ângulos diferentes sob os quais o discurso do paciente o os discursos por ele citados se relacionam. Além disso, a leitura dialógica dos relatórios mostra que as instabilidades de legitimação do campo marcam a constituição desses enunciados. Portanto, esperamos que este estudo contribua para: 1) o entendimento da natureza discursiva dos relatórios e sua função no trabalho do psicopedagogo; 2) a compreensão dos casos atendidos, o que mostra a pertinência da interface Linguística Aplicada/Psicopedagogia, e 3) a reflexão sobre a constituição da Psicopedagogia como atividade clínica
Abstract: In this thesis we discuss the discursive complexity of session reports written by Psychopedagogy students under supervised training and demonstrate the conflicts inherent in the work of a pre-service psychopedagogue, which involves the interaction between discursive partners: patients, student/psychopedagogue, and teacher/supervisor. With this aim, we searched for guidelines on Psychopedagogy regulations in Brazil, a field comprising professionals from various backgrounds and constituting the sphere of circulation of the reports. We then reflect on the procedures involved in the activity of writing at the clinical session, articulating scarce prescription on the theme with what can be inferred from a few published cases. Finally, we carry out an analysis of the session reports produced in the academic sphere. Considering that Psychopedagogy approaches the subject in its historical, social, desiring and relational dimension, we understand this subject as one of the voices present in the reports, being introduced in the writings of the student/psychopedagogue, the enunciator who leaves in those documents the marks of their emotional volitive center, around which the writing is organized. The apparent discursive tensions constituting the reports point to the appropriateness of Bakhtin-based dialogical theory as theoretical grounding for the identification of the forms of presence of different discursive voices and their architectonical forms upon which the theme of the utterance is constituted. The analytical corpus has been composed of: a) excerpts from reports corresponding to a clinical case conducted by pre-service students in the advanced diploma in Psychopedagogy at COGEAE/PUC-SP between March 2004 and February 2005; and b) excerpts from reports corresponding to two cases conducted in the second semester of 2007 by students in the Psychopedagogical Diagnosis class of the same program. The reports, being unique and unrepeatable concrete utterances, have their theme established from the discursive position of their author/enunciator. Thus, we take as premises to our research that: a) the connection between patient and knowledge is studied on the basis of the model of their first binding relationships; and b) the investigation of the relation between patient and the figures that take on the paternal and maternal roles results in the presence of the parental discourse in the sessions. From those premises, we propose the following hypothesis: if the dialogical analysis of the reports written by pre-service students on the basis of the psychopedagogical clinical activity reveals the discursive tensions between the voices present in such documents, then the perception of those tensions may contribute to the clinical study of the cases and to a reflection on the pre-service student/psychopedagogue s activity. The analyses show that the report brings a description of the clinic and makes apparent the reading which its author makes of the event, pointing to various angles from which the patient s discourse and those cited by them are interrelated. Besides, the dialogical reading of the reports shows that the instabilities concerning the legitimacy of the field mark the constitution of those utterances. Therefore, we hope this study will contribute to: 1) the understanding of the discursive nature of the reports and their role in the psychopedagogue s work; 2) the comprehension of the supervised cases, showing the pertinence of the Applied Linguistics/Psychopedagogy interface; and 3) a reflection on the establishment of Psychopedagogy as a clinical activity
Palavras-chave: Psicopedagogia
Relatórios de atendimento
Gêneros do discurso
Dialogismo
Psychopedagogy
Session reports
Discursive genres
Dialogism
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Lingüística
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem
Citação: Silva, Adriana Pucci Penteado de Faria e. Retratos dialógicos da clínica: um olhar discursivo sobre relatórios de atendimento psicopedagógico. 2010. 208 f. Tese (Doutorado em Lingüística) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14157
Data de defesa: 27-May-2010
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriana Pucci Penteado de Faria e Silva.pdf4,96 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.