???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14208
Tipo do documento: Tese
Título: Texto e contexto o código de ética bancário
Autor: Pantaleoni, Nilvia Terezinha da Silva 
Primeiro orientador: Cintra, Anna Maria Marques
Resumo: O tema da pesquisa é a constituição do gênero código de ética bancário. Dois problemas são discutidos. O primeiro, relativo ao contexto amplo e ao próprio conceito de ética, diz respeito à subsistência nos códigos de ética das normas dos códigos antigos e dos valores e princípios discutidos por Aristóteles e Kant. O segundo, relativo aos textos dos códigos, diz respeito à homogeneidade mínima que os mesmos devem apresentar para que se enquadrem como exemplares do gênero código de ética profissional. A partir da problemática apresentada, são objetivos: apresentar o contexto em que se circunscrevem os códigos de ética, estabelecer parâmetros para o reconhecimento do estatuto genérico dos códigos de ética profissionais e analisar as redes de significados nos níveis da mensagem, da interação e da representação dos textos de cinco códigos de ética de instituições financeiras. A primeira hipótese é a de que os códigos de ética das instituições financeiras, elevadas à categoria de instituições sociais com esfera de legitimidade, apresentam princípios e valores menos voltados para a conduta do usuário para promover uma imagem ética positiva perante os diversos segmentos da sociedade ligados a elas. A segunda é a de que a heterogeneidade dos códigos de ética bancários, quanto ao modo de editar princípios, valores e normas, levanta dúvida, apenas aparente, sobre sua pertença a um mesmo gênero. Duas correntes lingüísticas fundamentam a pesquisa: a gramática sistêmico-funcional e a lingüística da enunciação. Os autores da primeira corrente são Halliday, Eggins e Neves. Da segunda, Benveniste e Charaudeau. Os resultados obtidos confirmam as hipóteses. Os códigos analisados promovem uma imagem positiva da instituição e essa promoção é realizada por meio de procedimentos lingüísticos aqui analisados
Abstract: The subject of the research is the constitution of the genre ethic s code in banking. Two problems are focused. The first, related to the ample context and the concept of ethics itself, concerns the persistence in the ethic s codes of the rules of the ancient codes and the values and principles reasoned by Aristotle and Kant. The second, related to the texts of the codes, concerns to the minimum homogeneity they must present to fit as examples of the genre professional ethics code. Starting from the problematic above, the objectives are: to expose the context in which the ethics codes are settled, to establish parameters for the recognition of the generic statute of the professional ethic s code and to study the networks of meanings in the levels of message, the interaction and representation of the texts of five ethics codes of financial institutions. The first hypothesis is that the ethics codes of the financial institutions, raised to the condition of social institutions with legal status, present principles and values not highly directed toward the behaviour of the user and aiming more the promotion of a positive ethical image before the parts of society that interact with them. The second hypothesis is that the dissimilarity of the ethic s codes in banking, in reference to the way of editing principles, values and norms, raises a doubt, only seeming, about the pertinence to the same genre. Two linguistic currents base the research: the systemic-functional grammar and the enunciation linguistic. The authors of the first current are Halliday, Eggins and Neves. In the second we have, Benveniste and Charaudeau. The results confirm the hypotheses. The codes promote a positive image of the institution and this promotion is carried by means of linguistic procedures here analyzed
Palavras-chave: Gramática sistêmico-funcional
Lingüística da enunciação
Modalização
Bancos - Aspectos morais e éticos
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Língua Portuguesa
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Pantaleoni, Nilvia Terezinha da Silva. Texto e contexto o código de ética bancário. 2005. 370 f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14208
Data de defesa: 26-Oct-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nilvia Terezinha.pdf2,46 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.