???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14533
Tipo do documento: Dissertação
Título: Machado de Assis e a língua portuguesa no Brasil no fim do Império: aspectos da história do negro em crônicas da série Bons Dias!
Autor: Toscano, Diego Marsalla 
Primeiro orientador: Nascimento, Jarbas Vargas
Resumo: Esta Dissertação trata de crônicas da coleção Bons Dias!, de Machado de Assis e busca identificar no cenário histórico e intelectual em que esses documentos foram produzidos as influências contextuais expressas nelas e de verificar questões de ortografia e acentuação como marcas gramaticais do uso da língua portuguesa na segunda metade do século XIX. Diante disso, justifica-se este trabalho, na medida em que revela a importância social de refletir a crônica machadiana e o contexto lingüístico-cultural do final do século XIX. A crônica machadiana reflete marcas gramaticais que estão registradas nos compêndios da época, especificamente na Grammatica Portugueza, de Júlio Ribeiro, e que possibilitam perpetuar aspectos do homem negro brasileiro no contexto escravista no Brasil. A fundamentação teórica é da Historiografia Lingüística, trabalhada nas perspectivas apontadas por Konrad Koerner (1989, 1995, 1996), que considera as aproximações que a Lingüística estabelece com a História no processo de compreensão e interpretação dos fenômenos lingüísticos. Esta disciplina possibilita que o historiógrafo da língua encontre respostas para a compreensão da língua portuguesa em uso no Brasil no passado e sua relação com a atualidade, a partir da verificação do seu registro em dois tempos. Assim, nas crônicas selecionadas, identificam-se marcas da ortografia e acentuação da língua portuguesa e da crônica daquele período, a partir da aplicação do recurso da metalinguagem. Na perspectiva historiográfica, a metalinguagem promove observações acerca dos acontecimentos histórico-lingüísticos e evita distorções no processo de interpretação. Após a aplicação do recurso da metalinguagem, operacionalizamos os princípios da contextualização histórica e intelectual, da imanência e da adequação teórica que coopera para o exame de documentos antigos e de seus respectivos registros lingüísticos. Os resultados obtidos apontam a idéia de que as crônicas escritas por Machado de Assis no final do século XIX são documentos histórico-lingüísticos, permitem-nos identificar um diálogo entre a realidade e a ficção e materializam aspectos sociais, gramaticais e lingüísticos específicos do contexto em que foram produzidas
Abstract: This Dissertation works cronics of collection Bons Dias!, by Machado de Assis and it pretends to show in historic and intellectual context that these documents were produced the contextual influences express in theirs and to check questions of orthography and accentuation as grammatical marks of portuguese language s use in a second half from century XIX. In face of that, the justification of that study appears in the proportion to reveal the social importance to reflect the Machado de Assis s cronics and the context linguistic-cultural of final s century XIX. The Machado de Assis s cronics reflects grammatical marks is registered in the compendium of this epoch, specifically in a Grammatica Portugueza, by Julio Ribeiro, and it makes possible to perpetuate aspects of Brazilian s black people in the slave s times in the Brazil. The theory is Historiography Linguistics, worked in the perspectives pointed from Konrad Koerner (1989, 1995, 1996), and it considers the approximations of Linguistics and History in the process of comprehension and interpretation of linguistics phenomenon. This discipline makes possible that language s historiographer finds answers for portuguese language s comprehension in use in the Brazil in past and its relation with the present time by verification of its register in two times. Therefore, in the selected cronics, marks of orthography and accentuation of portuguese language and of cronic that time is checked by application of metalanguage recourse. In a historiography perspective, the metalanguage furthers observations about historic-linguistics and it avoids distortions in the process of interpretation. After that, we works the beginnings of contextualization historic and intellectual, immanence and adequacy theorist that works together for the exam of old documents and its respective registers linguistics. The results obtained shows the idea that these Machado de Assis s cronics are documents historic-linguistics and we can identify un dialogue between reality and fiction and it materialize social, grammatical and linguistics aspects from context specific in these documents were produced
Palavras-chave: Machado de Assis
Historiografia lingüística
Historiography linguistics
Portuguese language
Cronics
Assis, Machado de -- 1839-1908
Cronicas brasileiras
Linguistica historica
Negros na literatura brasileira
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Língua Portuguesa
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa
Citação: Toscano, Diego Marsalla. Machado de Assis e a língua portuguesa no Brasil no fim do Império: aspectos da história do negro em crônicas da série Bons Dias!. 2008. 125 f. Dissertação (Mestrado em Língua Portuguesa) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14533
Data de defesa: 26-Sep-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Língua Portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Diego Marsalla Toscano.pdf965,31 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.