REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/14688
Tipo: Dissertação
Título: O desafio biográfico ou como se escrever uma vida: a (des)construção da figura heroica de Santos-Dumont a partir de O brasileiro voador
Autor(es): Dungue, Cléber Luís
Primeiro Orientador: Junqueira, Maria Aparecida
Resumo: Este trabalho procura questionar se uma história contada tantas vezes Santos-Dumont, herói nacional, inventor do avião e ―pai da aviação‖ ainda pode trazer algo novo, singular, capaz de romper o horizonte de expectativa do leitor. A vida e a história de Santos-Dumont já foi tema de mais de uma centena de biografias, muitas delas ordenadas segundo um modelo tradicional que procura enformar, engrandecer e perpetuar a figura heroica do aviador. Isso se dá, principalmente, pela aproximação do aviador a mitos clássicos e pelo uso de determinados vocábulos encomiásticos. O herói que se configura a partir desse olhar é unidimensional e infalível. Caminha junto, portanto, com o próprio formato do discurso que o enuncia, baseado em uma verdade monológica, absoluta, que se pretende incontestável. Em meio a tantas biografias que tentam reconstruir a vida de Santos-Dumont, justamente no ponto em que elas fracassam, sobressai como contrapartida o romance paródico-biográfico O brasileiro voador, de Márcio Souza. Diante da impossibilidade de distinguir, dentro dos domínios movediços do relato biográfico, o factual do inventado, o autor amazonense redistribui os elementos de origem documental sobre Santos-Dumont dentro de um contexto fictício. Sem despojar-se da pesquisa de dados, o texto é construído a partir do desdobramento, deslocamento e condensação de fatos que realmente aconteceram, explorados segundo as possibilidades do espaço literário. Ao reorganizar dados das biografias convencionais por meio de uma enunciação paródico-ficcional, o ato de criação de Márcio Souza altera, rasura e transforma a história oficial sobre Santos-Dumont. Assim, tanto o mito quanto a estrutura do próprio discurso biográfico tradicional são desconstruídos pelo autor amazonense, evidenciando-se o traçado ficcional que sustenta toda biografia. Nesse processo, a paródia é justamente a estratégia mais eficaz para romper a tradição sedimentada e retirar dela não o herói, mas o homem com seus conflitos e contradições
Abstract: The present research tries to question if a story that has been told so many times Santos-Dumont, a national hero, the airplane inventor and father of aviation can still bring something new, singular, able to break the expectancy of the reader. The life and history of Santos-Dumont have already been the theme of hundreds of biographies, many of them written using a traditional model that tries to develop, enhance and perpetuate the heroic image of the aviator. This happens, mainly, because of the proximity of the aviator to the classical myths and of the use of particular laudatory words. The image of the hero is made up from this vision that is one-dimensional and infallible. Walk together, therefore, with the very shape of the speech that the states it, based on a monological truth, absolute, which is intended indisputable. Among so many biographies that try to rebuild the life of Santos-Dumont, and fail precisely at this point, there is one that stands out as a parodic-novel O Brasileiro Voador by Márcio Souza. Facing the impossibility to distinguish the factual from the invention, among the shifts terrains of biographies, this Amazonian author sorts out the elements from original documents about Santos-Dumont in a fictional context. Without giving away the data research, the text is built from the unfolding, moving and condensing the facts that really happened, and they are explored according to the existing, possibilities in the literary environment. When re-organizing the conventional biographies data using parody and fiction, the act of creation of Márcio Souza, alters, erasures and transforms the official history of Santos-Dumont. Thereby, both the myth and the structure of the traditional biographical speech itself are deconstructed by the Amazonian author, showing up the fictional line that holds every biography. Through this process, the parody is precisely the most efficient strategy to break up the sedimented tradition and extract from it, not the hero, but the man with his conflicts and contradictions
Palavras-chave: Santos-Dumont
Desconstrução
Romance paródico-biográfico
Márcio Souza
Deconstruction
Parodic-biography novel
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Literatura
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Dungue, Cléber Luís. O desafio biográfico ou como se escrever uma vida: a (des)construção da figura heroica de Santos-Dumont a partir de O brasileiro voador. 2011. 122 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14688
Data do documento: 28-Nov-2011
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Cleber Luis Dungue.pdf2,08 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.