???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14794
Tipo do documento: Dissertação
Título: A poetização do espaço nos Sertões de Euclides e Rosa
Autor: Santos, Celina Leal dos
Primeiro orientador: Junqueira, Maria Aparecida
Resumo: O objetivo desta pesquisa é mostrar como se constrói o espaço nas narrativas: Os Sertões, de Euclides da Cunha e Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa. Intenta-se refletir sobre os seguintes problemas: Que elementos compõem o espaço em Os Sertões e Grande Sertão: Veredas? Como os múltiplos espaços influenciam nos elementos componenciais da narrativa e vice-versa? De que forma o SERTÃO pode se tornar o elemento aglutinante da espacialidade em Os Sertões e Grande Sertão: Veredas? Consideram-se basilares para esta pesquisa o estudo de Gaston Bachelard, o de Antonio Dimas e, o de um terceiro, Milton Santos, tomado de empréstimo à Geografia. Do último, serão extraídos conceitos-chave como a concepção de espaço, lugar e paisagem. O capítulo I trata dos elementos espaciais que compõem Os Sertões; o capítulo II aborda os elementos espaciais relativos à Grande Sertão: Veredas e, em seguida, no capítulo III, propõe-se uma avaliação dos elementos espaciais comuns a ambas as narrativas, também busca-se apreender como o SERTÃO se torna o elemento aglutinante dessas espacialidades. O sertão é destacado, nesse trabalho, como macro-espaço, dividido em micro-espaços representados por elementos naturais formados pelo aquático, pela flora e pela fauna. Quanto aos espaços artificiais, salientam-se as construções que envolvem a fazenda, o sítio, a casa, o sobrado, a choupana, a igreja, o cemitério, a cadeia, seja do ponto-de-vista interior, seja do exterior. Assim, procurou-se resgatar traços da criação espacial, envoltos em um discurso híbrido de jornalismo, geologia, ciências, história, sociologia e literatura, em Os Sertões, assim como manifestações latentes da criação espacial em Grande Sertão: Veredas
Abstract: The objective of this survey is to demonstrate the construction of setting in the narratives: Os Sertões, by Euclides da Cunha and Grande Sertão: Veredas, by João Guimarães Rosa. The intention is to elaborate on the following problems: What elements make up the setting in Os Sertões and Grande Sertão: Veredas? How do the multiple settings influence the basic elements of the narrative and vice-versa? In what way could the BACKLANDS take on the grouping effect in Os Sertões and Grande Sertão: Veredas. The studies of Gaston Bachelard, of Antonio Dimas and, thirdly, of Milton Santos will be considered basic to this survey, as well as borrowing from geography. Finally, key-concepts will be extracted, such as the concept of setting, place and landscape. Chapter I deals with the elements of setting that make up Os Sertões; chapter II covers the elements of setting relative to Grande Sertão: Veredas and, following these, chapter III proposes an evaluation of the elements of setting common to both narrative. It also seeks to learn how the BACKLANDS becomes a grouping element of these settings. The backlands is distinguished in this work, as a macro-setting, divided into micro-settings represented by natural elements formed by water, by flora and by fauna. The artificial settings are distinguished by the constructions that revolve around the plantation, the farm, the house, the two-story house, the cabin, the church, the cemetary, and the jail. The point of view of these elements can be either exterior or interior. Thus, this work seeks to rescue aspects of the creation of setting, surrounded in a hybrid discussion of journalism, geology, science, history, sociology and literatura in Os Sertões, as well as latent manifestations of the creation of setting in Grande Sertão: Veredas
Palavras-chave: sertão
sertanejo
espaço
lugar
construção
natureza
backlands
backwoodsman
setting
place
construction
nature
Cunha, Euclides da -- 1866-1909 -- Os sertoes -- Critica e interpretacao
Rosa, Joao Guimaraes -- 1908-1967 -- Grande sertao : veredas -- Critica e interpretacao
Espaco e tempo na literatura
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Santos, Celina Leal dos. A poetização do espaço nos Sertões de Euclides e Rosa. 2006. 184 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14794
Data de defesa: 23-Oct-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LCL - Celina Leal dos Santos.pdf1,75 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.