???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14820
Tipo do documento: Dissertação
Título: Rubem Braga: uma poética do cotidiano
Título(s) alternativo(s): Rubem Braga: a poetical one of the daily one
Autor: Cunha, Edanne Madza de Almeida 
Primeiro orientador: Bastazin, Vera Lúcia
Resumo: A presente pesquisa objetivou realizar um estudo da crônica de Rubem Braga, traçando as marcas poéticas recorrentes em sua escritura. Para atingirmos tal objetivo, levantamos a hipótese de que o autor, ao utilizar-se do elemento singularização, presente na crítica formalista russa, elabora textos que provocam um estranhamento no leitor, a partir da singularidade de um olhar focado nos temas desenvolvidos (objetos, seres e experiências humanas). Em conseqüência, seus escritos apresentam traços de poeticidade, culminando numa crônica poema-em-prosa. O corpus do trabalho Ao Respeitável Público (1934), Coisas Antigas (1957), A Minha Glória Literária (1960), Mestre Aurélio Entre as Palavras (1966), Ela tem Alma de Pomba (1977), e Os Sons de Antigamente (1977) foi selecionado a partir da obra 200 Crônicas Escolhidas . O procedimento metodológico para a abordagem dos textos selecionados é o analítico-comparativo. O trabalho está dividido em quatro capítulos. No primeiro, são abordados os diferentes conceitos da crônica, assim como sua origem e características. No segundo, apresentamos o cronista Rubem Braga, dando destaque a fatos relevantes de sua vida e de seu envolvimento com o universo jornalístico, além de retomarmos o conceito de crônica, focando, agora, as manifestações do próprio autor sobre a questão. Reflexões de escritores brasileiros sobre o gênero também compõem o quadro de referências apresentado. Na seqüência, realizamos, no terceiro capítulo, algumas reflexões teóricas que auxiliam na abordagem dos traços poéticos imanentes dos textos. Para testarmos a hipótese levantada, analisamos, no quarto capítulo, as crônicas selecionadas e identificamos as marcas poéticas que, presentes nos textos, tornam-se responsáveis pelo trânsito que, em nossa interpretação, as crônicas de Rubem Braga realizam, deslocando-se do jornalístico para o literário. Enfim, nas considerações finais, registramos nossas conclusões, chegando à comprovação de que o elemento chave e revelador dos traços poéticos desta escritura é a singularização
Abstract: The present research objectified to carry through a study of the Rubem Braga chronicle, being traced the recurrent poetical marks in his writing. To reach such objective, we raise the hypothesis of that the author, when using the singular mode element, gift in the Russian formalist critical, elaborates texts that provoke a estrangement in the reader, from the singularity of a focus look in the developed subjects (objects, beings and human beings experiences). In consequence, his writings present poetical traces, culminating in a chronicle poem-in-chat. The corpus of the work - "To the Respectable Public" (1934), "Old Things" (1957), "My Literary Glory" (1960), "Master Aurélio Between the Words" (1966), "It has Dove Soul" (1977), and "The Old Time Sounds " (1977) - was selected from the workmanship "200 Chosen Chronicles". The methodological procedure for the boarding of the selected texts is the analytical-comparative degree. The work is divided in four chapters. In the first one, the different concepts of the chronicle are boarded, as well as its origin and characteristics. In the second, we present Rubem Braga, giving has detached the excellent facts of his life and his involvement with the journalistic universe, besides retaking the chronicle concept, focus, now, the manifestations of the proper author on the question. Reflections of Brazilian writers on the sort also compose the picture of references presented. In the sequence, we carry through, in the third chapter, some theoretical reflections that assist in the boarding of the poetical traces presents in the texts. To test the hypothesis raised, we analyze, in the room chapter, the selected chronicles and identify the poetical marks that, gifts in the texts, become responsible for the transit that, in our interpretation, the chronicles of Rubem Braga carry through, dislocating itself from the journalistic one for the literary one. At last, in the final considerations, we register our conclusions, arriving at the evidence of that the key and revealer element of the poetical traces of this writing is the singular mode
Palavras-chave: BRAZILIAN LITERATURE
JOURNALISTIC CHRONIC
DOMINANT AND CHRONIC POETICAL
CHRONIC AND SINGULAR MODE
RUBEM BRAGA.
Braga, Rubem, 1913-1990 - Crítica e interpretação
Crônicas brasileiras - Século 20
singularização
crônica jornalística
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA BRASILEIRA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Cunha, Edanne Madza de Almeida. Rubem Braga: uma poética do cotidiano. 2005. 118 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14820
Data de defesa: 27-Apr-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RubemBraga.pdf841,96 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.