???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14863
Tipo do documento: Dissertação
Título: Exercícios de ser poeta: Manuel de Barros e José Saramago na literatura infantil
Autor: Jesus, Ana Paula da Costa Carvalho de 
Primeiro orientador: Bastazin, Vera Lúcia
Resumo: A modernidade implica valores que nos desafiam. O novo aparece e começa a fazer parte de nossas vidas, tão marcadamente, que torna impossível qualquer atitude de passividade. Assim é com a pintura, com a música e com a literatura - expressões de linguagens que propõem novidades a cada uma de suas novas manifestações. O que fazer frente às novidades que nos afrontam e inquietam? Alguns estranham, outros resistem, recusam, e outros, ainda, simplesmente aceitam. A modernidade, porém, implica algo mais do que simples aceitação. Ela constitui a expressão de novas formas e de novos valores que se impõem como desafiadores, seja para o universo sensível, seja cognitivo. Neste sentido, é possível convergir para a literatura infantil - área de construção e expressão de conhecimento que ganha destaque por suas construções de linguagem marcadas pela especificidade da composição, e pelo próprio ato do fazer literário de caráter, eminentemente, metalingüístico. O corpus deste trabalho, totalmente centrado em Exercícios de Ser Criança, de Manoel de Barros e A Maior Flor do Mundo, de José Saramago constitui o estímulo propulsor para a exploração textual e analítica, nessa perspectiva. A tônica de todo trabalho é a dominante estética discursiva. As duas obras são expressões de narrativas infantis contemporâneas que se sustentam muito mais pela perspectiva estética que envolvem do que por qualquer outro enfoque marcadamente expressivo na literatura moralista do passado. Nessa abordagem, analisamos, ainda, a ilustração do livro infantil destacando sua qualidade plástica uma vez que não se apresenta mais como simples complementação do texto verbal, mas adquire significados e expressão estética
Palavras-chave: Barros, Manoel de, 1916- - Exercícios de ser criança - Crítica e interpretação
Saramago, José, 1922- - A maior flor do mundo - Crítica e interpretação
Literatura infanto-juvenil
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Jesus, Ana Paula da Costa Carvalho de. Exercícios de ser poeta: Manuel de Barros e José Saramago na literatura infantil. 2005. 112 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14863
Data de defesa: 24-May-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao ana paula.pdf2,14 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.