???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14924
Tipo do documento: Dissertação
Título: Faces da duplicidade em Machado de Assis e em Milton Hatoum
Título(s) alternativo(s): Faces of duplicity in Machado de Assis and in Milton Hatoum
Autor: Becker, Nilza de Campos 
Primeiro orientador: Bastazin, Vera Lúcia
Resumo: A dissertação Faces da Duplicidade em Machado de Assis e em Milton Hatoum estabelece um diálogo entre os romances Esaú e Jacó, de Machado de Assis, e Dois irmãos, de Milton Hatoum, objetivando colocar em destaque a questão do duplo como recurso temático e estrutural para a construção da narrativa e composição das personagens. Ambos os romances têm como referencial comum as idéias de Platão acerca da cisão do uno, expostas em O Banquete. Para fundamentar nosso trabalho, recorremos à conceituação de paródia, desenvolvida por Linda Hutcheon (1985), para quem esse termo, na acepção moderna, ganha maior amplitude e designa uma forma de imitação caracterizada pela inversão irônica. Nesse percurso, fazemos duas abordagens sincrônicas do emprego do duplo: a primeira em Machado de Assis, no início do século XX e a outra em Hatoum, na contemporaneidade. Nesses momentos sincrônicos, detectamos as metamorfoses concernentes à duplicidade, ocorridas em Dois irmãos, tendo como ponto de referência o romance Esaú e Jacó e a história bíblica dos dois irmãos gêmeos, - que emprestam o nome ao romance machadiano. Ao se proceder à análise das personagens, é levantada a questão da fragmentação do eu, da alteridade e possíveis problemas de identidade, decorrentes do duplo. Verificamos, na trajetória das personagens, a transformação do duplo de um século para outro, em virtude de uma série de fatores, tais como a relação tempo/espaço que, ao se modificar, no romance contemporâneo, abole frequentemente a linearidade, inverte as leis de causalidade e evidencia a ambiguidade, que perpassa os textos dos dois romances
Abstract: The dissertation Faces of Duplicity in Machado de Assis and in Milton Hatoum establishes a dialogue between the novels Esaú and Jacó, by Machado de Assis and Two brothers, by Milton Hatoum, aiming at putting in relief the question of the double as a thematic and a structural resource of narrative construction and character composition. Both novels have as a common reference Plato s ideas about the division of oneness, presented in The banquet. In our work, we use the concept of parody, developed by Linda Hutcheon (1985), for whom the term, in the modern sense, gains breadth and designates a form of imitation characterized by ironic inversion. Subsequently, we do two synchronous approaches of the use of double; the first in Machado de Assis in the early twentieth century and the second in Hatoum, in the present day. In these synchronous moments, we detect transformations concerning the duplicity occurred in Two brothers, taking as reference the novel Esaú e Jacó and the biblical story of twin brothers -- which lends its name to Machado s novel. Proceeding to the characters analysis, questions of the fragmentation of the self, otherness and possible identity problems due to the double, are raised. We verify, in the trajectory of the characters, the transformation of the double, from one century to another, on account of a number of factors such as the relationship between time/space, which, by suffering modifications in the contemporary novel, often abolishes the linearity, reverses the causality laws, evincing the ambiguity that pervades the texts of both novels
Palavras-chave: Romance
Identidade
Novel
Identity
Assis, Machado de -- 1839-1908 -- Esau e Jaco -- Critica e interpretacao
Hatoum, Milton -- 1952- -- Dois irmaos -- Critica e interpretacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LITERATURA COMPARADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Literatura
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária
Citação: Becker, Nilza de Campos. Faces da duplicidade em Machado de Assis e em Milton Hatoum. 2009. 133 f. Dissertação (Mestrado em Literatura) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/14924
Data de defesa: 9-Dec-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Literatura e Crítica Literária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Nilza de Campos Becker.pdf800,05 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.