Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15080
Tipo do documento: Tese
Título: A linguagem dos arquétipos: um diálogo entre a psicologia junguiana e a linguística cognitiva
Título(s) alternativo(s): The language of archetypes: a dialogue between Jungian psychology and cognitive linguistics
Autor: Schmitt, Alexandre 
Primeiro orientador: Wahba, Liliana Liviano
Resumo: Este estudo tem como objetivo fazer uma releitura de alguns dos principais conceitos da Psicologia Junguiana à luz da Linguística Cognitiva, em especial, da teoria dos esquemas imagéticos, da metáfora conceitual, da metonímia conceitual e da mesclagem conceitual e apresentar a Linguística Cognitiva como um campo de estudo que pode fornecer importantes contribuições teóricas e práticas à Psicologia Junguiana. Organizado em dez capítulos, o estudo começa com uma breve introdução em que é apresentada uma revisão das bibliografias junguiana e psicanalítica que fazem uso de conceitos da Linguística Cognitiva, seguindo-se a ela um capítulo com uma concisa introdução histórica acerca da Linguística Cognitiva em que alguns pressupostos desse campo de investigação são expostos e comparados com outras abordagens teóricas da Linguística. No capítulo terceiro, são introduzidos os conceitos de Realismo Corporificado, de mente corporificada e de Inconsciente Cognitivo, que sustentam a visão de mundo e a epistemologia da Semântica Cognitiva. No capítulo quarto, é exposta a Teoria dos Esquemas Imagéticos dando-se uma ênfase na sua inspiração kantiana. No quinto capítulo, são apresentados de forma sucinta a Teoria da Metáfora Conceitual, já na sua versão de Teoria Integrada da Metáfora Primária, e aspectos introdutórios da Teoria da Metonímia Conceitual. No capítulo seguinte, são introduzidas a Teoria dos Espaços Mentais e da Mesclagem Conceitual. No capítulo sétimo, faz-se uma comparação entre a ontologia e a epistemologia da Semântica Cognitiva e as suas contrapartes junguianas. No capítulo oitavo, é analisada a equiparação feita por Jean Knox entre o conceito junguiano de arquétipo e o conceito da Linguística Cognitiva de esquema imagético. No nono capítulo, os conceitos junguianos de signo, alegoria, símbolo, pensamento, razão e fantasia são analisados à luz das teorias apresentadas nos capítulos anteriores. Algumas das conclusões advindas dessa análise, apresentadas no último capítulo da tese, são: (1) a oposição entre consciente e inconsciente preconizada por Jung em boa parte de sua obra não é tão radical, havendo sempre uma dimensão inconsciente e subliminar em todos os conceitos; (2) a divisão entre pensamento dirigido e pensamento não dirigido tal como estipulada por Jung em 1911, quando da publicação do seu Psicologia do Inconsciente, não se sustenta face às pesquisas e formulações da Linguística Cognitiva; (3) a Linguística Cognitiva pode oferecer à Psicologia Junguiana uma base teórica para a formulação de uma teoria corporificada do símbolo
Abstract: The objective of this study is to review some of the main concepts of Jungian Psychology from the perspective of Cognitive Linguistics, using, specially, the image schemas theory, the conceptual metaphor theory, the conceptual metonymy theory and the conceptual blending theory, and to introduce Cognitive Linguistics as a field of study that can render important theoretical and practical contributions to Jungian Psychology. Organized in ten chapters, the study begins with a brief introduction where a revision of the Jungian and the psychoanalytic literatures that make reference to concepts from Cognitive Linguistics is made, followed by a chapter that contains a concise historical introduction to Cognitive Linguistics where some of the assumptions of this field of research are exposed and compared to other theoretical approaches to linguistics. The third chapter introduces the concepts of Embodied Realism, embodied mind and Cognitive Unconscious, which support Cognitive Semantics ontology and epistemology and, in the fourth chapter, the Image Schemas Theory is exposed with an emphasis on its Kantian inspiration. The fifth chapter succinctly presents the Conceptual Metaphor Theory, including its integrated primary metaphor version, and some introductory aspects of the Conceptual Metonymy Theory. The following chapter introduces the Mental Spaces and the Conceptual Blending Theory. In the seventh chapter, a comparison between the Cognitive Semantics ontology and epistemology and its Jungian counterparts is made. In the eigth chapter, the equiparation made by Jean Knox (2005) between the Jungian concept of archetype and the Cognitive Linguistics concept of image schemas is analyzed. In the ninth chapter, the following Jungian concepts sign, allegory, symbol, thought, reason and phantasy are analyzed based on the theories presented in the previous chapters. Some of the conclusions of this analysis, presented in the last chapter of this thesis, are: (1) the opposition between consciousness and unconscious advocated by Jung in most of his works is not so radical: there is always an unconscious and subliminal dimension in all concepts; (2) the division between directed thinking and undirected thinking as stipulated by Jung in 1911, when his Psychology of the Unconscious was published, cannot be sustained in the face of the researches and formulations of Cognitive Linguistics; (3) Cognitive Linguistics can offer to Jungian Psychology a theoretical basis for the formulation of an embodied theory of the symbol
Palavras-chave: Psicologia junguiana
Linguística cognitiva
Arquétipo
Símbolo
Metáfora conceitual
Jungian psychology
Cognitive linguistics
Archetype
Symbol
Conceptual metaphor
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15080
Data de defesa: 4-Nov-2011
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Alexandre Schmitt.pdf3,57 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.