???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15484
Tipo do documento: Dissertação
Título: Clínica barroca: exercícios de simpatia e feitiçaria
Título(s) alternativo(s): Baroque clinic: exercices of sympathy and sorcery
Autor: Inforsato, Erika Alvarez
Primeiro orientador: Rolnik, Suely Belinha
Resumo: Esta dissertação procura promover um encontro da clínica com o barroco, como um dispositivo da arte e da filosofia que pode contribuir para o seu exercício crítico. A perspectiva do barroco que predomina no trabalho se dá a partir da leitura da obra de Leibniz feita por Gilles Deleuze e do importante conceito de dobra que vai ao infinito, intensificado nesta leitura. O procedimento escolhido na pesquisa foi o de atravessar com este dispositivo algumas situações clínicas, relatadas a partir de experiências com pacientes graves numa companhia de teatro, num serviço de terapia ocupacional e em suas parcerias com projetos na fronteira entre arte e clínica, e num trabalho de acompanhamento terapêutico. Por meio da apresentação dos casos, foram problematizadas algumas relações da clínica com inclusão, adaptações, caridade, crueldade, segredo e monstros. A simpatia e a feitiçaria aparecem como intercessores nestas relações para apontar saídas para uma experimentação da clínica desinvestida das suas configurações convencionadas. No decorrer do trabalho, faz-se uso de alguns estudos do barroco no campo das artes, mas, principalmente, percorre-se alguns conceitos da obra de Deleuze e Guattari para operar uma crítica. A proposta do trabalho é compor um território que se denomina clínica barroca com algumas das condições necessárias para reativar na clínica o compromisso com a criação. O barroco, desde o início da pesquisa, é direcionado ao neobarroco. Por isso, o pensamento da clínica foi movido não a partir de clausuras, mas por meio de capturas: dentro como dobra temporária do fora. Para esta clínica, a proliferação de princípios do barroco é desertada, em favor de uma multiplicidade de agenciamentos, a partir de um único princípio: a afirmação diferencial da vida.
Abstract: This dissertation aims to promote an encounter of the clinic with the baroque, as an art and philosophy´s device that may contribute to your critic exercise. The baroque´s perspective that predominates in the work is done from the reading of Leibniz work by Gilles Deleuze and from the important concept of plica that goes to infinite, intensified in this reading. The procedure chosen in the research was to cross with this device some clinic situations which were reported from experiences with severe patients in a theater company, in an occupational therapy service and in your partnerships with projects at the line between art and clinic, and in a therapeutic accompanying work. Through case´s presentations some relations between clinic and inclusion, adaptation, charity, cruelty, secret and monters were questioned. The sympathy and sorcery appear as mediators in these relations to indicate exits to an experimentation of the clinic disclosed from your conventional configurations. In the development of this work some baroque´s studies in the art´s field were used, but mainly some concepts from Deleuze and Guattari to operate a critic. The works proposition is to compose a territory denominated baroque clinic with some of the necessary conditions to reactivate the clinic engagement with creation. Baroque, since the research beginning, is directed to neobaroque. For this the clinic thought was not moved based on closures, but it was moved based on captures: inside as temporary plica of outside. For this clinic, the proliferation of baroque principles is deserted in behalf of a multiplicity of agenciments, based on a single principle: the differencial life affirmation.
Palavras-chave: Clínica
Terapia ocupacional
Barroco (dispositivo)
Subjetividade
Arte e clínica
Casos clínicos
Clinic
Occupational therapy
Baroque (device)
Subjectivity
Art and clinic
Clinic cases
Terapias
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Inforsato, Erika Alvarez. Clínica barroca: exercícios de simpatia e feitiçaria. 2005. 174 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15484
Data de defesa: 18-Mar-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
clinica.pdf755,12 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.