???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15625
Tipo do documento: Tese
Título: Delicadas coreografias: instantâneos de uma terapia ocupacional
Autor: Liberman, Flavia 
Primeiro orientador: Rolnik, Suely Belinha
Resumo: Tomando a cartografia como percurso metodológico, esta tese procura descrever, discutir e, sobretudo, articular uma série de experiências realizadas em diferentes contextos clínica da terapia ocupacional, docência em cursos de graduação e grupos de estudo em que se utiliza abordagens corporais para promover o encontro entre corpos/sujeitos. Os registros aqui delineados não têm como objetivo apenas apresentar os procedimentos que pautam a clínica, mas identificar e problematizar algumas de suas linhas através da análise de cenas, falas e depoimentos. Tal registro se faz por meio de uma composição entretexto e fotos, nas quais se procuracaptar instantâneos de expressividade. Estudos teóricos em torno do corpo e da subjetividade não só no campo da terapia ocupacional, mas também na filosofia, arte e educação contribuem para conceituar aquilo que se efetuou nos corpos como efeito dos encontros entre os participantes e as proposições sugeridas. Ao longo de sete séries de procedimentos aquecer, fotografar, olhar, tocar, moverepausar,improvisar,conversaresilenciar alguns conceitos são discutidos a partir do vivido e transitam por aspectos objetivos e subjetivos, visíveis e invisíveis, individuais e coletivos. Os verbos no infinitivo utilizados durante toda a tese, tanto na nomeação das séries de procedimentos quanto nos contornos que finalizam este trabalho, procuram expressar o dinamismo dos processos. Inspirada por Espinosa, Stern, G. Deleuze e F. Guattari, entre outros, a discussão aqui realizada está pautada pela idéia de que a capacidade de afetar e ser afetado constitui um motor para o sujeito aproximar-se do próprio corpo, do corpo do outro, dos/nos ambientes. Em tais aproximações criam-se por vezes acontecimentos, em diferentes modulações de intensidade, capazes de mobilizar afetos, pensamentos, imagens, memórias que podem ser reconhecidas e compartilhadas pelo grupo. Neste trabalho adoto como referência a concepção de corpo proposta por S. Keleman, construída por vários vetores. É a noção de corpo como pulso, aberto e conectivo, que dá sustentação a esta clínica que desenvolvo, pois é nos encontros que aproximações se fazem, turbulências acontecem, produções de outros repertórios existenciais se solidificam e podem ser expressos. Pequenos eventos podem reverberar em outros modos de funcionar, viver e se apresentar frente ao outro, criando realidades. Assim, este trabalho diz respeito a uma possível produção de sensibillidades: mais atentas ao próprio pulso vital, aos contatos com o outro e com os mundos, permitindo leituras aprofundadas do vivo, do corpo e das possibilidades de construção de outros modos de existir, mais singulares, resistentes aos ataques e modelos sociais que restringem as potências e a produção de realidades criativas e pulsantes de vida
Abstract: Taking cartography as its methodological trajectory, this paper aims at describing, discussing and, above all, articulating a series of experiences carried through in different clinic contexts occupational therapy clinic, graduation teaching and groups of study using body approaches to promote the meeting between bodies/ individuals. The records outlined here are meant not only to present the procedures that guide the clinic, but also to identify and question some of their conducts through the analysis of scenes, lines and statements. The referred records were reached through the assemblage of text and photographs that seek to catch snapshots of body expression. Theoretical studies on body and subjectivity not only related to occupational therapy but also to philosophy, art and education contribute to reach the concept on what was effected in the bodies as a result of the meetings between the participants and the suggested proposals. Throughout seven series of procedures warmingup,photographing, looking, touching,moving and pausing,improvising,talkingandstop talking some concepts are discussed from the experiences and wander around objective and subjective, visible and invisible, individual and collective aspects. The verbs in the infinitive used throughout the thesis, on both the naming of the series of procedures and the contours that close this paper, aim to express the dynamism of the processes. Inspired by Espinosa, Stern, G. Deleuze and F. Guattari among others, the investigations carried through here are guided by the idea that the capacity to affect and to be affected constitutes an engine for the individual to get closer to their own and other s body, to/in environments. When getting closer takes place, it sometimes creates events in different modulations of intensity, capable of mobilizing affection, thoughts, images and memories likely to be recognized and shared by the group. In this thesis I adopt as reference S. Keleman s conception of the body constructed by several vectors. It is the notion of body as pulse, open and connective, one that supports my practice, because it is in such meetings that getting closer takes place, turbulences occur, production of other existential repertoires solidify and can be expressed. Small events may resonate in other ways of functioning, living and presenting before the other, creating realities. Thus, this paper concerns a possible production of sensitivities: more closely related to the vital pulse itself, to the contacts with the individual and with other worlds, enabling deeper readings of the living, of the body and of the possibilities to construct other ways to exist, particular ones, resistant to the attacks and to the social models that restrict the power and the production of creative and vibrant realities of life
Palavras-chave: Procedimentos em terapia ocupacional
Corpo
Dança
Subjetividade
Grupo
Procedures in occupational therapy
Body
Dancing
Subjectivity
Group
Terapia ocupacional
Subjetividade
Terapia pela danca
Corpo humano
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Liberman, Flavia. Delicadas coreografias: instantâneos de uma terapia ocupacional. 2007. 304 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15625
Data de defesa: 3-Oct-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flavia Liberman.pdf14,31 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.