???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15655
Tipo do documento: Tese
Título: Uma clínica no coletivo: experimentações no programa de saúde da família
Autor: Mendes, Vera Lúcia Ferreira 
Primeiro orientador: Rolnik, Suely Belinha
Resumo: A tese trata da clínica no coletivo, por meio da incidência do plano clínico no campo da saúde pública, nomeadamente na atenção básica integral. O coletivo é pensado aqui como composição multifacetada de elementos e fluxos heterogêneos: pessoais, institucionais, etc. Neste sentido, a incidência do plano clínico - não de uma ou outra disciplina clínica -, diz respeito ao acionamento da potência de tratar os problemas de saúde em função das variáveis e dos processos que os constituem. O problema de pesquisa consistiu em investigar a viabilidade e a pertinência desta posição clínica no âmbito de uma política pública de atenção básica integral à saúde. Trata-se de um estudo de caso sobre as experiências clínicas (entre 1998 e 2003) das equipes de saúde da família no Qualis II - Programa da Saúde da Família realizado na cidade de São Paulo por meio de parceria inicialmente entre a Secretaria Estadual de Saúde e a Fundação Zerbini, e atualmente desta última com a Secretaria Municipal de Saúde. Foi possível concluir pelo caráter produtivo da assunção de perspectivas clínicas no campo da atenção básica e, por meio delas, em outros níveis de assistência e gestão. No entanto, fica bastante claro também que não se trata de substituição de estratégias de intervenção e/ou de modelos de assistência. Ao contrário, a clínica se revela potente para produzir aberturas prospectivas e de (re)singularização individual e/ou coletiva no âmbito das práticas de saúde, porque dispõe ao imprevisível e ao intempestivo dos processos de adoecimento e de cura. Daí não se prestar à condição de modelo ou à formulações macropolíticas Descritores: Clínica; Subjetividade; Fonoaudiologia; Saúde Pública; Saúde Coletiva; Atenção Básica à Saúde; Programa de Saúde da Família
Abstract: This thesis deals with collective clinical health care through the phenomenon of clinical availability in the area of public health, namely full basic health care. "Collective" is understood here as a multifaceted composition of heterogeneous elements and tendencies: personal, institutional, etc. In this sense, the phenomenon of clinical availability - rather than specific clinical disciplines - is about activating the potential to treat health problems according to the variables and processes that give rise to them. This study investigated the viability and pertinence of this positioning within the scope of a public policy of full basic health care. It was a case study of the clinical experiences (1998 - 2003) of the family health teams in the Qualis II - Family Health Program in the city of São Paulo, initially run by a partnership between the State Health Department and the Zerbini Foundation, now by the latter in conjunction with the Municipal Health Department. We concluded that the acquisition of clinical perspectives in the field of basic health care and, through such perspectives, at other levels of care and administration, was productive. It was also, however, very clear that this is not about substituting strategies for intervention and/or care models. On the contrary, clinical health care proves to be a powerful means of fostering openings and individual and/or collective (re)signification within health practices, because it provides for the unpredictability and untimeliness of the processes involved in illness and recovery, and thus does not serve as a model nor lend itself to macropolitical formulas. Key words: Clínical Health Gare; Subjectivity; Speech therapy; Public Health; Collective Health Gare; Basic Health Gare; Family Health Program
Palavras-chave: Clinica
Subjetividade
Saude publica
Fonoaudiologia
Saude coletiva
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Mendes, Vera Lúcia Ferreira. Uma clínica no coletivo: experimentações no programa de saúde da família. 2004. 177 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2004.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15655
Data de defesa: 30-Dec-2004
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
vera lucia.pdf5,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.