Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15690
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aprendendo a fazer psicanálise: dificuldades e conflitos de uma psicoterapeuta no início de suas atividades clínicas
Autor: Mezzomo, Letícia
Primeiro orientador: Naffah Neto, Alfredo
Resumo: O presente trabalho procura identificar e analisar algumas dificuldades e conflitos vivenciados pela autora ao longo do processo de aprendizagem da prática psicanalítica. Apresentam-se a narrativa do percurso pessoal de formação em psicanálise e a problematização das relações entre os aparatos teórico-técnicos norteadores do ofício da clínica e as experiências vividas nesse processo de aprendizagem. A construção da narrativa tem como suportes relatos de sessões, relatos de supervisões, memórias e impressões evocadas por esses registros e o referencial teórico da psicanálise freudiana e pós-freudiana. O trabalho de análises e descobertas acerca das dificuldades e conflitos presentes na caminhada de aprendizagem da prática psicanalítica engendrou um processo de desidealização, tanto da prática, quanto do valor de verdade das formulações teóricas e técnicas dos pioneiros no ofício da clínica. Desvela-se o encaminhamento do exercício da clínica pautado em um referencial ético, no sentido do acolhimento da alteridade e do outro em sofrimento
Abstract: This study aims at identifying and analyzing some of the difficulties and conflicts felt by the authoress in the learning processes of psychoanalytic practice. It comprises both the account of her personal path in psychoanalytic formation and the problematization of the relations between theoretical and technical devices and experience in this learning process. The account is based on session records, supervision records, recollections and impressions brought about by these records and the theoretical referential of Freudian and post Freudian psychoanalysis. The analyses and discoveries about the difficulties and conflicts present on the learning path of psychoanalytic practice engendered a process of de-idealization of both the practice itself and the value of truth of the theoretical and technical formulations of the pioneers of this métier. The conduction of clinical practice is revealed to be based on an ethical referential, in the sense of sheltering both the afflicted alterity and the afflicted other
Palavras-chave: Formação em psicanálise
Psicologia e ética
Aprendizagem e prática clínica
Training in psychoanalysis
Psychology and ethics
Learning and clinical practice
Psicoterapeutas -- Pratica profsissional
Etica profissional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica
Citação: Mezzomo, Letícia. Aprendendo a fazer psicanálise: dificuldades e conflitos de uma psicoterapeuta no início de suas atividades clínicas. 2008. 105 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/15690
Data de defesa: 25-Abr-2008
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Clínica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Leticia Mezzomo.pdf435,89 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.