???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16028
Tipo do documento: Tese
Título: A autoconfrontação como possibilidade de reflexão e movimento nas atividades de docência: um estudo sobre os estágios
Autor: Retz, Raquel de Godoy 
Primeiro orientador: Aguiar, Wanda Maria Junqueira de
Resumo: O objetivo principal desta pesquisa é compreender a autoconfrontação como possibilidade de reflexão e movimento, na atividade executada - o estágio. Considerando as categorias teóricas e de análise do Materialismo Histórico Dialético, e estudos sobre a atividade , conforme a teoria da Clinica da Atividade de Yves Clot, a proposta de estudo está focada na técnica da autoconfrontação com as alterações propostas pela pesquisadora. Duas alunas de pedagogia- estagiárias - são filmadas dando aulas, depois, passam pela etapa da autoconfrontação, e assistem trechos de suas aulas. A pesquisadora questiona-as sobre suas atividades na sala de aula e intervém com propostas, opiniões e questionamentos. O enfoque na técnica da autoconfrontação, como possível ferramenta na formação inicial de docentes, apoia-se em teóricos que consideram a reflexão como principal quesito no processo de formação profissional. Na análise das autoconfrontações, o centro de observações é as reflexões expressadas pelas estagiárias, os movimentos, mudanças de atividades, na comparação entre as autoconfrontações
Abstract: The main goal of this study is to understand the self-confrontation as a possibility of reflection and movement in the performed activity the practice during the trainee period. Considering the theoretical and analytical categories of Dialectical Historical Materialism, and studies about the activity , according to the theory of Clinical Activity by Yves Clot, the study proposition is focused on the self-confrontation technique, with some changes proposed by this researcher. Two pedagogy students (trainees) are recorded while teaching and, then, go through the self-confrontation stage, in which they watch their own practices during the recorded classes. The researcher questions about the classes, makes propositions and gives suggestions about those practices. The focus on the self-confrontation technique as an appropriate tool for the formal education of teachers is based in theories which consider reflection as the main part of the professional education process. During the analysis of the self-confrontations, the points of observation are the reflections expressed by the trainees and their movements, the variations of activities, and the comparison between self-confrontations
Palavras-chave: Atividade docente
Autoconfrontação
Clínica da atividade
Formação de professor
Psicologia sócio histórica
Teaching activity
Self-confrontation
Clinical activity
Formal education of teachers
Socio-historic psychology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Retz, Raquel de Godoy. A autoconfrontação como possibilidade de reflexão e movimento nas atividades de docência: um estudo sobre os estágios. 2012. 199 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16028
Data de defesa: 14-May-2012
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Raquel de Godoy Retz.pdf798,34 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.