???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16109
Tipo do documento: Tese
Título: A análise da pedagogia de Makarenko por Lukács e a relação entre o processo educativo e o de desenvolvimento histórico-social do ser humano: contribuições à psicologia sócio-histórica
Autor: Alfredo, Raquel Antonio 
Primeiro orientador: Aguiar, Wanda Maria Junqueira de
Resumo: Esta pesquisa tem como origem o texto A Construção Socialista e o Nascimento do Novo Homem Makarenko: O Caminho para a Vida , escrito em 1951 e tomado de uma compilação alemã das obras de G. Lukács (1971), especificamente, do volume II de um subconjunto de três volumes, que se encontra sob o título Problemas do Realismo . Nesta pesquisa, este texto de Lukács é defendido como referencial para análise de questões educacionais, por se considerar que, nele, à semelhança do modo como em sua Ontologia do Ser Social (2004, p.75), o filósofo húngaro oferece a possibilidade de que se depreenda a proposição da ferramenta, como a chave mais importante para conhecer aquelas etapas da evolução humana sobre as quais não possuímos outros documentos . Dito de um modo mais específico: defende-se que, da análise sobre a Pedagogia de Makarenko realizada por Lukács, pode-se depreender a proposição do Poema Pedagógico , como objetivação, isto é, ferramenta que contém muito mais sobre a vida dos homens que a manejaram, do que imediatamente parece haver nelas ; e que, o Poema Pedagógico , não só pode revelar a própria história evolutiva, senão que abre perspectivas amplas sobre os modos de vida inclusive a visão de mundo, etc, daqueles [Gorki Colonistas]. Deste modo, com auxílio dos pressupostos fundamentais do Materialismo Histórico Dialético, objetivou-se tornar explícitos os elementos teórico-metodológicos que mediaram a referida análise de Lukács, consolidando-a como fonte de teorização sobre a dialética relação entre o processo de desenvolvimento histórico-social do ser humano e o processo educativo, como uma chave ao entendimento das possibilidades que dormitam na pedagogia socialista. Por tudo isso, submeteu-se à análise, a tese pela qual Lukács sustenta o Poema Pedagógico de Makarenko, como obra que contém elementos teórico-metodológicos suficientes à sua afirmação como obra referente à pré-história da Pedagogia Socialista, como Acumulação Originária dessa perspectiva educacional. Além disso, considerando-se o fato de que o materialismo histórico dialético tenha se constituído como núcleo teórico comum na produção dos autores fundamentais à produção desta pesquisa, analisou-se possíveis aproximações teóricas entre as produções de Makarenko (1989), de Lukács (1971) e Vigotski (1996). Inicialmente, comunica-se a tradução e a delimitação do referido texto analítico de Lukács como fonte bibliográfica principal, a partir da qual se consolidou a análise teórico-metodológica sobre a relação entre o processo educativo e o de desenvolvimento histórico-social do ser humano, por meio da articulação da análise da pedagogia de Makarenko, por Lukács, com as proposições teórico-metodológicas da psicologia sócio-histórica, cuja principal referência se constitui do legado de L. S. Vigotski (1896-1934) e A. N. Leontiev (1903-1978) e A. R. Luria (1902-1977). E, com o fito de ampliar e aprofundar o debate teórico recorreu-se, principalmente, à contribuição de Jovine (1977), de Heller (1972) e de Frederico (2005), Bock (1999) e Duarte (1993). Concluiu-se, por meio desta pesquisa, que o estudo do texto de G. Lukács sobre a experiência de Makarenko contempla a ampliação do campo de pesquisa em Psicologia da Educação, também, por meio da análise de possíveis proximidades teóricas entre o método de análise objetivado na obra do filósofo húngaro e aquele defendido pela chamada escola de Vigotski, portanto, com os fundamentos teóricos defendidos pela psicologia sóciohistórica
Abstract: This research has its origin in the text "The Socialist Construction and the Birth of the New Man - Makarenko: The path to Life" written in 1951 and taken from a German compilation of the work of G. Lukacs (1971), especifically, volume II of a subset of three volumes, which is entitled "Problems of Realism." In this research, this text of Lukács is proposed as a reference in the analysis of educational problems, considering that in it like in his "The Ontology of Social Being" (2004, p.75), the Hungarian philosopher offers the possibility to conclude that the proposition that the tool as the most important key in understanding those steps in the human evolution over which we detain no other documents. Saying it in a more specific way: it is argued that from the analysis of the Pedagogy of Makarenko made by Lukács, we can deduce the proposition of "The Pedagogical Poem" as objectification, meaning the tools that tell us much more about the life of the men who handled them, than that it appears to be in them at first sight, and that the The Pedagogical Poem not only reveals the evolutionary history in itself, but also opens broad perspectives on lifestyles including a vision of the world, etc., from the [Gorki colonists]. Thus, with the help of the fundamental assumptions of historical dialetical materialism, the aim being to make the theoretical methodological elements explicit, that mediated the referred analysis of Lukács, consolidating it as a source of theorizing about the dialectical relationship between the process of the social-historic development of the human being and the educational process, like a key for understanding of the possibilities wich slumber in socialist pedagogy. For this reason, we submit the thesis by which Lukacs argues "The Pedagogical Poem" by Makarenko for analysis, as an elaboration which contains sufficient theoretical methodological elements for its assertion that work relates to the pre-history of the socialist pedagogy like "Primitive Accumulation" does to this educational perspective. Beyond this, considering the fact that the historical-dialectical materialism was constituted as a common theoretical essential part of the production of the principal authors of this study, we analysed possible theoretical approaches between the production of Makarenko (1934, 1989), Lukacs (1951, 1971) and Vygotsky (1996). Initially we established the translation and definition of this analytical text of Lukacs as the main bibliographic source, based on which we consolidated the theoretical-methodological analysis of the relationship between the educational process and the socio-historical development of the human being, by means of a joint analysis of the pedagogy of Makarenko by Lukacs with the theoretical-methodological assertions of socio-historical psychology, whose main reference constitute the legacy of L.S.Vygotsky (1896-1934), and A.N.Leontiev (1903-1978) and A.R.Luria (1902-1977). With the aim of broadening and deepening the theoretical debate, we mainly used the contribution of Jovine (1977), Heller (1972) and Frederico (2005), Bock (1999) and Duarte (1993). By means of this research we came the concclusion that the study of text G. Lukács on Makarenko s experience provides an enlargement of the field of research in Educational Psychology and also in the analysis of possible theoretical approaches between the method of materialized analysis in the work of the Hungarian philosopher and that one defended by the so-called School of Vygotsky and consequently with the theoretical fundamentals defended by the socio-historical psychology
Palavras-chave: G. Lukacs
A. S. Makarenko
L. S. Vigotski
Psicologia sócio-histórica
Socio-historical psychology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Alfredo, Raquel Antonio. A análise da pedagogia de Makarenko por Lukács e a relação entre o processo educativo e o de desenvolvimento histórico-social do ser humano: contribuições à psicologia sócio-histórica. 2013. 344 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16109
Data de defesa: 23-Oct-2013
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Raquel Antonio Alfredo.pdf1,99 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.