???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16308
Tipo do documento: Tese
Título: O professor e a educação: entre o prazer, o sofrimento e o adoecimento
Autor: Silva, Flávia Gonçalves da 
Primeiro orientador: Aguiar, Wanda Maria Junqueira de
Resumo: O objetivo desse estudo foi investigar a atividade ocupacional geradora de sofrimento e adoecimento a partir de quatro professores da rede pública do município de São Paulo, atuantes no nível dois da educação fundamental. O estudo da atividade profissional, especificamente a sua estrutura, as condições encontradas pelos docentes para executá-la, a relação desta com o desenvolvimento psicológico dos professores (se esta era a principal forma desses profissionais se relacionarem com a realidade a atividade principal) e os tipos e mecanismos de alienação existentes no e para o indivíduo, nortearam essa pesquisa, orientada pelos fundamentados teórico-metodológicos do marxismo e da psicologia sócio-histórica. A investigação revelou que as condições inadequadas e alienadoras encontradas pelos professores para executar sua atividade estavam ocasionando adoecimentos relacionados, principalmente, com as emoções e sentimentos desses profissionais (stress, labirintite, depressão) gerando também outras doenças, como foi o caso de dois professores. Houve também o agravamento de doenças pré-existentes (enxaqueca e problemas respiratórios) devido ao exercício profissional em um dos professores investigados, e em outro, o surgimento de uma doença tipicamente ocupacional, a LER (Lesões por Esforços Repetitivos), que causava sofrimento psicológico. O tipo de relação que esses profissionais tinham com a realidade, mediada pela alienação, irradiou por várias esferas da vida. Isso porque a atividade ocupacional era para eles, a principal forma de se relacionarem com a realidade. Percebeu-se também distanciamentos entre os significados da educação (facilitador do conhecimento) e os sentidos (constituído principalmente por aspectos afetivo-volitivos) que esta tinha para os professores estudados (transmitir conhecimento), e esse fato propiciava a eles intenso sofrimento psíquico, que, em alguns casos, se manifestava fisicamente, como em dores estomacais e desgaste físico e mental
Abstract: The aim of this study was investigate the occupational activity as creating of suffering and illness of four teachers that work in the second level of elementary education of governmental school in São Paulo city. The study of professional activity, specifically its structure, the conditions find by the teachers to executed the activity the relation of this activity with the teachers psychological development (if this was the main way which this professionals related with the reality the leading activity) and the types and mechanisms of alienation existents in and for individual directed this research, oriented by the Marxist theorical-methodological fundaments and Socio-historical psychology. The investigation reveal that the inadequacy and alienated conditions find by the teacher to executed your activity were causing illness related, mainly, with the professionals emotions and sentiments (stress, labyrinthitis, depression) also producing other ill, as was the case of two teachers. There were too the aggravation of pre-existents ills (migraine and respiratory problems) due to professional exercise in one of investigated teacher, and in another, the appearance of a ill typically occupational, knowledge by the abbreviature in Portuguese LER (lesion by repetitive effort), which provoke psychological suffering. The kind of relationship which these professionals had with the reality, mediated by alienation, were irradiated by various spheres of life. This occurs because the occupational activity was for them the main way of relationship with the reality. Its also realized detachment between the meanings of education (knowledge facilitator) and the senses (constituted mainly by affective-volitive aspects) that this education had to the investigated teachers. This fact propitiated [give?] to them intensive psychic suffering, that, in some cases, had physical manifestation, like stomachaches and physical and mental wearing
Palavras-chave: Atividade ocupacional
Occupational activity
Educacao -- Filosofia
Professores de ensino fundamental -- Aspectos psicologicos
Doencas profissionais
Stress ocupacional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Silva, Flávia Gonçalves da. O professor e a educação: entre o prazer, o sofrimento e o adoecimento. 2007. 419 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16308
Data de defesa: 1-Jun-2007
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Flavia.pdf2,37 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.