???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16384
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMurta, Agnes Maria Gomes-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4709201Z3por
dc.contributor.advisor1Aguiar, Wanda Maria Junqueira de-
dc.date.accessioned2016-04-28T20:57:27Z-
dc.date.available2008-07-07-
dc.date.issued2008-06-12-
dc.identifier.citationMurta, Agnes Maria Gomes. Da atividade prescrita ao real da atividade: análise da atividade docente em uma escola regular, sob a perspectiva da psicologia sócio-histórica e da clínica da atividade. 2008. 233 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/16384-
dc.description.resumoA presente tese constitui-se em uma pesquisa qualitativa. Tem como objetivo compreender e desvelar o que se passa, como se passa e como é constituída a atividade docente de uma professora que atua numa escola regular e tem em sua sala alunos com deficiência. Buscou-se verificar e analisar os sentidos e significados atribuídos pela professora a sua atividade docente e à inclusão escolar. Procurou-se verificar se e como as autoconfrontações simples e cruzadas engendram movimentos produtores de novas significações (sentidos e significados) sobre a própria atividade docente e sobre a inclusão escolar. Teve como pressupostos epistemológicos orientadores, categorias da Psicologia Sócio-Histórica e da Clinica da Atividade. Para coleta das informações, utilizaram-se como documentos: entrevistas de narrativa de história de vida e entrevistas semi-dirigidas e centralizadas, ambas recorrentes. Foram utilizados também videogravaçoesobservação in lócus e autoconfrontações simples e cruzadas. O local escolhido foi uma escola pública municipal da cidade de Diamantina M.G. Teve como sujeito uma professora da fase introdutória que recebeu para inclusão escolar um aluno com Síndrome de Down. Para a análise, foram utilizadas as estratégias de Análise dos Núcleos de Significação e Análise das autoconfrontações. Como resultado, observou-se que elementos como amor, prazer e dedicação constituem os sentidos e significados atribuídos a atividade docente. Estes elementos, possivelmente, ajudam a professora a superar as adversidades encontradas na execução da atividade docente. Para a inclusão escolar, os sentidos atribuídos têm elementos tais como: angústia, medo, constrangimento o não saber e não fazer. A professora não acredita na inclusão escolar, tem idéias pré-concebidas acerca da deficiência e sua prática pedagógica pouco contribui para a efetivação da inclusão escolar de seu aluno deficiente. Observou-se que as autoconfrontações engendram movimentos produtores de novas significações (sentidos e significados) sobre a própria atividade docente e sobre a inclusão escolar. Entretanto, estes movimentos não ocorrem de forma linear. As reflexões finais dessa pesquisa apontam para a necessidade de maior cuidado com a formação de professores e com a carreira docente a fim de que estes profissionais recuperem seu poder de agir e aumentem as possibilidades de utilização de estratégias criativas e viáveis para lidar com o real da atividade docentepor
dc.description.abstractThe present thesis consists in a qualitative research and its aim is to comprehend and reveal how is the activity of a teacher in a regular school that has students with disabilities in its classrooms. The verification and analysis of the senses and meanings attributed by the teacher to her school activity and to social inclusion as well as the verification of how the simple and cross self-confrontations can generate movements which produce new significations (senses and meanings) about the own school activity and about social inclusion were proposed. The categories of the Social-Historical Psychology and of the Clinic of Activity were the epistemological proposals that oriented the present study. The instruments utilized to collect the informations were: life stories, semi-directed and centralized interviews; videotapes; simple and cross self-confrontations. The place chosen was a public school of Diamantina city in Minas Gerais, Brazil. The subject was a teacher of the introductory phase that had received a student with Down syndrome for school inclusion. The analyses were realized using the strategies of Signification Nucleus Analysis and Self-confrontations Analysis. As a result it was observed that elements such as love, pleasure and dedication constitute the senses and meanings attributed to school activity. This possibly helps the teacher to support the adversities encountered in its execution. In respect to social inclusion the senses attributed have elements such as: anguish, fear, constraint, the not knowing and not doing. The teacher does not believe in social inclusion and has pre-conceived ideas about disabilities and her pedagogic practice contributes very little to the social inclusion of her pupil. The final reflections of this research point to the necessity of a better care in respect to teachers formation, so these professionals could recover their power of acting and increase their possibilities of using creative and feasible strategies to deal with the real school activityeng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-28T20:57:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Agnes Maria Gomes Murta.pdf: 834042 bytes, checksum: c43b0170e18701ff4a51971b189942e7 (MD5) Previous issue date: 2008-06-12eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/32616/Agnes%20Maria%20Gomes%20Murta.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentPsicologiapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educaçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPsicologia sócio-históricapor
dc.subjectClínica da atividadepor
dc.subjectAtividade docentepor
dc.subjectSocial-historical psychologyeng
dc.subjectClinic of activityeng
dc.subjectSchool inclusioneng
dc.subjectSchool activityeng
dc.subjectCriancas deficientes -- Educacaopor
dc.subjectEducacao inclusivapor
dc.subjectInclusao escolarpor
dc.subjectPratica de ensinopor
dc.subjectPsicologia da aprendizagempor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONALpor
dc.titleDa atividade prescrita ao real da atividade: análise da atividade docente em uma escola regular, sob a perspectiva da psicologia sócio-histórica e da clínica da atividadepor
dc.typeTesepor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Agnes Maria Gomes Murta.pdf814,49 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.