???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16458
Tipo do documento: Tese
Título: Formação continuada para coordenadores pedagógicos: e a escola, como fica?
Autor: Garcia, Marilene
Primeiro orientador: Almeida, Laurinda Ramalho de
Resumo: Este estudo discute a formação continuada, especificamente, na compreensão da prática pedagógica do coordenador pedagógico na escola. Para tanto, o objetivo foi conhecer se os conhecimentos veiculados em cursos de formação continuada no período de 2001 a 2004, assistidos por coordenadores pedagógicos da rede municipal da São Paulo, chegavam à escola; entender razões para chegarem ou não, e compreender como se dá a socialização desses conhecimentos. Registra-se como fundamental para o desenvolvimento do trabalho, a participação de quatro profissionais ocupantes de cargos de coordenadoras pedagógicas em escolas públicas de ensino fundamental do município de São Paulo. A escolha das participantes obedeceu as seguintes características: duas profissionais que trabalham em escolas com indicações de bom desempenho , duas profissionais que trabalham em escolas com indicações de baixo desempenho . Como procedimento de coleta de dados, utilizou-se a entrevista individual e entrevista recorrente. Os dados obtidos foram agrupados tomando como referência a função do coordenador pedagógico, os cursos de formação continuada e as formas diferentes de socializar conhecimentos com os professores. Cada um desses agrupamentos deu origem às categorias de análise, inspiradas em alguns conceitos e princípios das teorias de desenvolvimento de Henri Wallon e Lev. S. Vygotsky. Os resultados da pesquisa levaram, nos relatos das coordenadoras pedagógicas, às seguintes conclusões: os conhecimentos adquiridos em cursos de formação continuada, entre 2001 a 2004, foram parcialmente compartilhados na escola pelas coordenadoras pedagógicas, portanto não houve impacto específico das ações desse período na prática escolar. As razões pelas quais esses conhecimentos não se efetivaram foram principalmente as seguintes: falta de acompanhamento pela administração, ausência de operacionalização das ações, muitas ações de formação ao mesmo tempo, formações que não levaram em conta as necessidades das profissionais
Abstract: This study talks over the continuing formation program specifically on the understanding of the pedagogical practice of the pedagogic coordinator in the school. The objective was to know if the knowledge distributed in the continuing formation program from 2001 to 2004 attended by pedagogic coordinators of the local government schools got to the schools, to understand the reasons the knowledge got or did not get there, and to understand how the socialization of the knowledge happens. It has been recorded as being fundamental for the development of the work, the participation of four professionals working as pedagogic coordinators in elementary education public schools of São Paulo City. The participants were chosen as follows: two professionals who work at schools with recommendation of good performance , two professionals who work at schools with indication of low performance . Individual and recurrent interviews were used as the procedure to data collection. The obtained data were grouped taking as reference the pedagogic coordinator duty, the continuing formation courses and the different ways of socializing knowledge with the teachers. Each of these groupings gave rise to the categories of analysis based on some concepts and principles of the developmental theories of Henri Wallon and Lev. S. Vygotsky. According to the pedagogic coordinators reports, the results had the following conclusions: the knowledge acquired from the continuing formation courses, between 2001 and 2004, was partly shared in the school by the pedagogic coordinators, and therefore there was not specific impact of the actions during this period in the school practice. The reasons why the knowledge was not brought into effect were mainly lack of follow-up by the administration, lack of running the actions, a lot of formation actions at the same time, formation actions that did not take into consideration the professionals needs
Palavras-chave: Formação continuada
Coordenador pedagógico
Teorias psicogenéticas
Continuing formation
Pedagogic coordinator
Psychogenetic theories
Escolas -- Organizacao e administracao
Educacao continuada
Professores -- Formacao profissional
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::PSICOLOGIA EDUCACIONAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação
Citação: Garcia, Marilene. Formação continuada para coordenadores pedagógicos: e a escola, como fica?. 2008. 198 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/16458
Data de defesa: 16-Oct-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Marilene Garcia.pdf1,28 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.