???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17360
Tipo do documento: Tese
Título: A dimensão subjetiva da vivência de jovens em um programa social: contribuições à análise das políticas públicas para a juventude
Título(s) alternativo(s): The subjective dimension of young people s experience at a social program: contributions to the analysis of youth public policies
Autor: Kafrouni, Roberta 
Primeiro orientador: Aguiar, Wanda Maria Junqueira de
Resumo: Este trabalho tem por objetivo apresentar a análise da dimensão subjetiva da vivência de adolescentes em um programa social e, com isso, refletir sobre as políticas públicas sobre a juventude. Na perspectiva da Psicologia Sócio-histórica a subjetividade é configurada pelas condições sociais internalizadas pelo sujeito que ao se apropriar delas cria modos particulares de relacionar-se com o mundo. Conhecer a dimensão subjetiva de uma dada realidade permite conhecer não apenas os modos do sujeito constituir-se num dado contexto, mas também conhecer as condições de produção de sua subjetividade. Neste caso, as condições de produção da subjetividade envolvem um programa de atendimento a jovens pobres mantido pelo governo do Estado do Paraná e a política pública que o rege. Para analisar a dimensão subjetiva da vivência de jovens no programa, investigou-se inicialmente a trajetória dos significados de juventude em nossa sociedade e os significados de juventude presentes nas políticas sociais. Em seguida, pesquisou-se um programa social que atende jovens pobres oferecendo cursos de capacitação profissional e encaminhando-os ao primeiro emprego. A pesquisa englobou a leitura de fontes escritas sobre o projeto e entrevistas com os técnicos. Realizaram-se entrevistas com quatro jovens atendidos pelo programa abordando sua experiência no programa, suas perspectivas de futuro e sua visão dos jovens. As entrevistas foram analisadas por meio dos núcleos de significação do discurso. A análise indicou que os adolescentes internalizaram os valores e idéias associados à juventude e suas expectativas futuras e à própria sociedade de modo geral. São os valores da sociedade liberal individualizantes, que responsabilizam o próprio sujeito por seu sucesso ou fracasso desconsiderando a estrutura social que determina em grande parte a trajetória dos indivíduos. Por fim, esta análise possibilitou refletir sobre as políticas públicas de juventude levando em consideração os significados transmitidos nelas e que subjetividade ela contribui por constituir
Abstract: This paper aims to present the analysis of the subjective dimension of teenagers experience at a social program and, with that, to reflect about youth public policies. To the social-historical psychology perspective, subjectivity is shaped according to the social conditions internalized by the individual who, assuming them creates particular ways of connecting to the world. To understand the subjective dimension of a certain reality doesn t mean to know only the way the individual grows in a specific context, it also means to know under which circumstances the subjectivity is produced. In this case, these circumstances involve a service care program for poor young people, which is sustained by Paraná s State government and is ruled by a specific public policy. To analyze the subjective dimension of young people s experience at the program it was done, at first, a research about the development of the meaning of youth in our society and about the meaning of youth to social policies. After that, a research was done involving a social program that attends poor young people by offering them professional qualification courses and guiding them to their first job. The research gathered the reading of written sources about the project and interviews with the technicians. There were also interviews with four of the young people attended by the program, asking them about their experience at the program, their perspectives for the future and their vision of young people. The interviews were analyzed through the speech s meaning core. The analysis indicated that the teenagers internalized the values and ideas associated to youth and their future expectations and even society, in general. The individualizing liberal society values impute responsibilities to the individual for his/hers success or failure, disregarding the social structure that determinates, in most parts, the individual path. At last, the analysis allowed the reflection about youth public policies
Palavras-chave: Políticas públicas sobre a juventude
Youth
Subjectivity
Public policies
Juventude -- Aspectos sociais
Politicas publicas
Subjetividade
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Psicologia
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Serviço Social
Citação: Kafrouni, Roberta. The subjective dimension of young people s experience at a social program: contributions to the analysis of youth public policies. 2009. 141 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/17360
Data de defesa: 23-Jun-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia: Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Roberta Kafrouni.pdf684,99 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.